4 coisas que você pensava que estavam na Bíblia — mas não estão

Devido ao costume, subentendemos alguns conceitos da Bíblia que, na verdade, não estão necessariamente descritos nos versículos. Saiba mais.

A partir de tradições religiosas passadas de geração a geração, subentendemos alguns conceitos da Bíblia que, na verdade, não estão necessariamente descritos nos versículos. É o caso da associação entre Satanás e a alcunha de Lúcifer, que vamos explicar na matéria.

continua depois da publicidade

É importante entender o que o livro mais popular do mundo realmente ensina, pois os escritos milenares também dizem muito sobre o contexto histórico da época. Muito do que é transferido em tradições religiosas infere de maneira direta ou indireta em nosso dia a dia.

É o caso, por exemplo, de expressões que foram incorporadas na Língua Portuguesa e vieram de costumes vinculados à religiosidade, especialmente ao cristianismo. Você provavelmente já deve ter usado jargões como "minha nossa", "misericórdia", "ave maria", entre outros.

O principal propósito da matéria é te informar sobre algumas informações que não constam na Bíblia, mas que foram disseminadas em contextos e épocas diferentes. Não temos a intenção de inferir nenhum juízo de valor. Encare como um texto de caráter informativo, de fato.

continua depois da publicidade
Leia também

Aproveite a visita e, claro, explore o universo das curiosidades e conhecimentos de mundo com textos que já publicamos. Temos de tudo um pouco para te manter constantemente informado, com destaque para dicas de estudo, pautas científicas e notícias de concursos abertos.

Coisas que não estão descritas na Bíblia - e você ainda não sabia disso

1. "O levantar é de Deus"

Em diversos momentos de nossa vida, já nos deparamos com a expressão popular: o cair é do homem, mas é levantar é de Deus. Acontece que, na verdade, essa passagem nunca esteve presente em versículos da Bíblia. Trata-se apenas isso: uma expressão da sociedade.

continua depois da publicidade

Como se fosse uma espécie de ditado popular mesmo, que vai sendo disseminado de avós para pais e, por sua vez, de pais para filhos. Mas é claro que existem passagens bíblica que incitam significados parecidos, como escritos misericordiosos e a resiliência dos que têm fé.

2. O nome "Lúcifer" para designar Satanás

O anjo expulso dos céus por incitar uma rebelião contra Deus é conhecido como "Lúcifer", mas e se eu te contar que essa designação nunca foi propriamente relacionada à criatura em si? A única associação na Bíblia é meramente figurativa e vem de outro contexto histórico.

Até porque, em Isaías 14:16, é explicado que o termo usado nos versículos anteriores vincula-se ao orgulho e maldade do rei da Babilônia. É uma metáfora para mostrar como atitudes mortais podem ser equiparadas a seres místicos e malignos, como os demônios.

continua depois da publicidade

Ou seja, não existe nenhuma passagem direta que relacione o nome "Lúcifer" como Satanás - ao menos não diretamente.

3. A maçã do Jardim do Éden

Em Gênesis, temos a menção de um fruto proibido que, caso fosse ingerido pelo primeiro casal de humanos de todos os tempos, ocasionaria em consequências. Mas não há qualquer referência à maçã em si; foi uma hipótese levantada há centenas de anos e reverbera até hoje.

Inclusive, rumores apontam que tudo começou com um problema de tradução dos escritos latinos. Até porque malus significa mal ou maldoso, ao passo que malum diz respeito à maçã propriamente dita. Ou seja, os tradutores erraram sem querer ou fizeram um trocadilho.

4. Aniversário de Jesus

Na Bíblia, não há qualquer referência ao dia em que Jesus nasceu. Os versículos também não trazem o número exato de reis que ofereceram presentes na manjedoura. Na verdade, a hipótese foi levantada pela lógica de alguns escritos do livro. Afinal, foram três presentes.

Ou seja, ouro. incenso e mirra. Seria, então, um correspondente a cada rei mago que compareceu ao grande momento em que Maria deu a luz? O fato é que não existe consenso entre os teólogos, mas a quantidade faz sentido dentro do contexto e acabou sendo disseminada.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade