Aprovação no radar: 7 qualidades que definem um bom concurseiro

Concurseiros que são aprovados em certames costumam ter algumas qualidades em comum. Confira cada uma delas.

A aprovação em concurso público é o desejo de milhões de brasileiros. No entanto, existem alguns detalhes que separam quem passa e quem fica pelo caminho. Veja 7 qualidades que definem um bom concurseiro e como atingi-las.

Ter um objetivo

A primeira coisa que deve ser feita pelo concurseiro é ter um objetivo em mente. Dezenas de concursos e seletivos são abertos todos os dias no país. A grande oferta faz com que muitas pessoas fiquem perdidas e não saibam exatamente o que quer fazer.

Por isso, defina sua prioridade: se deseja um cargo específico ou se seu objetivo é fazer parte de algum órgão. Leve em consideração a sua aptidão. Se você não é bom em exatas, mas adora português, procure por algo que se encaixe com o seu perfil.

Também determine um tempo para que seu objetivo seja cumprido, afinal apesar da grande oferta, alguns certames importantes ocorrem em grandes intervalos de anos.

Com essa premissa, comece a procurar informações sobre aquilo que deseja, chegando ao nosso próximo tópico.

Preparação

Depois que o objetivo foi traçado, é preciso que o concurseiro comece a se preparar. Estudar para um concurso é fácil. O difícil é fazer de forma apropriada, com tempo e dedicação.

Por isso, é necessário que a pessoa se programa, tendo uma agenda de estudos ao longo da semana e que procure bons materiais de apoio. Além disso, é fundamental ler o edital do certame anterior para saber como funciona o órgão e como foram os concursos anteriores.

Evite começar a estudar somente quando sair o edital do concurso que deseja fazer. Geralmente, há um prazo curto entre a divulgação do documento e as provas. Inicie seus estudos com antecedência.

Entender a banca

Apesar de fazer parte da preparação, entender o perfil da banca organizadora é tão importante que decidimos dar um tópico somente para esse tema. Cada concurso ou processo seletivo tem sua própria característica.

Bancas organizadoras como o Cebraspe e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) costumam ter seus próprios métodos de avaliação. Caso o candidato não tenha lido sobre isso e não tenha feito provas semelhantes das bancas, pode ter surpresas desagradáveis na hora de fazer o concurso.

Local de estudos

O local é algo que pode beneficiar ou prejudicar o andamento dos estudos. Portanto, prefira por lugares que tenham um ambiente mais calmo, com pouco ou nenhum barulho. A temperatura é outro fator importante, não deve ser muito frio ou muito quente. Também fique de olho se a iluminação é suficiente.

Por fim, lembre-se do conforto. Uma mesa e uma cadeira que se adequem ao seu corpo são fundamentais, pois o concurseiro costuma passar muitas horas estudando ao longo da semana.

Rotina de exercícios, prova e revisões

Uma rotina de estudos bem equilibrada deve ser observada. Dentro dela, o concurseiro deve saber como dividir o momento de ler, fazer exercícios e também as provas anteriores da banca organizadora ou do órgão do certame.

Além disso, revisões costumam fixar o conhecimento obtido ao longo do tempo.

Administrar o tempo corretamente

O tempo é um aspecto que deve ser administrado com muito cuidado e inteligência. Saber como utilizá-lo é imprescindível, afinal, é algo que se esgota e que não tem volta.

Então, saiba como organizar o momento de estudar, de procurar informações e de descansar.

Manter o foco

Passar muito tempo estudando é algo difícil e que demanda muito tempo dos concurseiros. Por isso, é muito fácil perder o foco durante uma sessão de estudos ou mesmo perder a rotina. Sendo assim, manter o foco é fundamental para que um bom resultado seja obtido no final.

Então, sempre que possível, tente se dar recompensas após um período de estudos e tenha um tempo de descanso para que o momento de aprendizado não se torne maçante.

Com isso, o foco na aprovação continua vivo em sua mente.

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.