7 truques para organizar seus estudos e melhorar o desempenho

Está pensando em tentar um concurso público? Conheça sete valiosas dicas para organizar os estudos e melhorar o desempenho.

Imagine você trabalhando em um prestigiado órgão público e desfrutando de um alto salário, mordomias exclusivas e da tão sonhada estabilidade financeira. Um sonho distante? Não. Basta ser aprovado em um concurso. Para te ajudar nessa missão, selecionamos sete dicas bacanas sobre como organizar os estudos e melhorar o desempenho. Bora lá conferir essa parada?

Veja como melhorar o desempenho nos estudos

1) Estabeleça uma rotina de estudos

Para aumentar as chances de passar nas provas de qualquer concurso público, é fundamental que o candidato estipule uma rotina de estudos que seja condizente com sua realidade. Verifique o edital e inclua em seu cronograma diário todas as disciplinas que estão sendo cobradas. Não deixe de considerar eventuais imprevistos.

Dê prioridade para as matérias que você não domina tão bem ou que não tenha tanta afinidade. Mas não se esqueça de estudar também os assuntos nos quais tenha mais conhecimento. Intercale áreas diferentes no mesmo dia e reserve um tempinho na agenda para fazer duas redações por semana, combinado?

2) Não deixe acumular matérias

Para organizar os estudos e melhorar o desempenho para encarar as provas, é importantíssimo que o concurseiro não deixe matéria acumulada. Mesmo que alguma eventualidade te pegue de surpresa, faça o máximo possível para que isso não aconteça. Tirar o atraso depois pode ser desgastante e pouco produtivo.

Mas se porventura alguns assuntos ficarem acumulados, você precisa colocar todo o cronograma em ordem e, inevitavelmente, vai ter que sacrificar os seus dias de folga para estudar as disciplinas atrasadas. Mas o ideal mesmo é que o candidato siga à risca o seu plano de estudos para não correr o risco de se “enrolar” no final.

3) Escolha uma técnica de estudos

Todo concurseiro que deseja ser aprovado em um certame precisa escolher uma técnica de estudos que seja adequada ao seu ritmo. Dessa forma, ele pode organizar os estudos e melhorar o desempenho para arrasar nas provas.

Existem diversos métodos de estudo, por isso, cabe a você testar uns dois ou três e escolher aquele que achar mais interessante. O que não vale é usar uma técnica de estudo diferente a cada dia, pois isso pode deixar o seu cérebro com dificuldade de assimilar as informações.

4) Estipule metas progressivas

Quando falamos em metas progressivas, significa que o concurseiro deve estipular metas menores no início e, como o passar do tempo, ir deixando essas metas um pouco mais desafiadoras. Essa tática pode ser interessante, pois evita que você fique frustrado com a quantidade de assuntos que tem para estudar até a data das provas.

Por exemplo, suponha que você tenha escolhido a técnica Pomodoro. Que tal começar cumprindo três ciclos seguidos e ir aumentando esse número gradativamente até que a sua carga horária de estudo estipulada para o mês esteja completa? Pode vale muito a pena.

5) Se dê pequenas recompensas

Para organizar os estudos e melhorar o desempenho, também é importante que o concurseiro se dê pequenas recompensas no dia a dia, quando cumprir fielmente suas metas diárias de estudo, sem desvios. Isso pode ser um baita incentivo.

Cumpriu a meta semanal? Que tal se dar alguns mimos de presente? Não precisa ser nada estapafúrdio. Um passeio no final de semana, um lanche diferente, assistir sua série favorita ou até pegar um cineminha. Só não vale se esbaldar, combinado?

6) Revisão é necessária

Outra dica essencial para organizar os estudos e melhorar o desempenho é a famosa (e negligenciada) revisão de conteúdo. Milhares de concurseiros por aí insistem em ignorar a revisão dos assuntos estudados e são acometidos pela curva do esquecimento, que não perdoa.

Fazer revisões periódicas pode fazer a sua mente reter as informações com mais eficiência e evitar que você se esqueça daquilo que aprendeu. Não tem como aprender direito se você não fizer uma boa revisão diária. Sendo assim, reserve um espaço em sua agenda para ela, fechado?

7) Atenção especial ao seu ambiente de estudos

Uma outra forma de organizar os estudos e melhorar o desempenho para arrasar nas provas do certame é contar com um ambiente que seja propício ao aprendizado. Ou seja, o concurseiro precisa estudar em um local que seja bem arejado, com boa iluminação, silencioso, limpo e (por favor) sem nenhum tipo de poluição visual.

Além disso, é importante contar com móveis confortáveis e que ofereçam uma boa ergonomia na hora de estudar. Lembre-se de que pode ser impossível aprender em um ambiente insalubre, que faça vocês sentir dores nas costas ou algum tipo de desconforto.

Leia também


você pode gostar também

Concurso INSS: veja 5 dicas infalíveis para aplicar durante os estudos

As dicas infalíveis para aplicar durante os estudos do concurso INSS permitem que o concurseiro tenha mais organização nas etapas de aprendizagem e revisão do conteúdo.

Veja 5 coisas que você não pode colocar no seu currículo em 2022

Está procurando emprego? Saiba o que não colocar no currículo em 2022 e aumente as chances de ser convocado para uma entrevista.

5 profissões que pagam bem aos que desejam ter jornada de 20 horas semanais

Se você sempre sonhou em ter um alto salário mas sem trabalhar demais, conheça cinco profissões que pagam bem e trabalham pouco.

Profissões de Humanas: veja os 5 cargos mais bem pagos do Brasil

Sonha em começar uma carreira que paga um alto salário? Conheça cinco profissões de Humanas que podem transformar isso em realidade.

Este cargo de TI pode obter salário de R$ 17 MIL no país; veja qual é

Está pensando em se tornar um profissional da área da tecnologia? Confira o cargo de TI que pode ter salário de R$ 17 mil por mês.

7 profissões mais bem pagas para quem quer trabalhar no exterior

Sonha em uma carreira profissional fora do Brasil? Conheça sete profissões para quem quer trabalhar no exterior e que pagam altos salários.