14 palavras que, de início, parecem erradas mas estão certas

Existem algumas palavras que, de início, parecem erradas, mas estão certas. Confira quais são estes casos.

A língua portuguesa é tão vasta que, por vezes, parece pregar peças naqueles que a utilizam. É comum ficar em dúvida quando se trata de palavras que, de início, parecem erradas, mas na verdade estão certas; este costuma ser o caso daquelas que se falam de um jeito, mas são escritas de outro.

Nestes casos, a confusão é esperada. Mesmo assim, dominar a gramática é algo importante, principalmente quando se trata de evitar cometer erros no trabalho, nas aulas ou apenas no dia a dia. Deste modo, é possível passar credibilidade e impedir certos constrangimentos.

Para entender mais sobre o assunto, confira abaixo algumas palavras que parecem erradas, mas na verdade estão certas, para nunca mais se confundir.

Palavras parecem erradas, mas na verdade estão certas

1. Cabeleireira

Não, a escrita correta não é “Cabelelera”, mas sim Cabeleireira. Este é um dos casos mais comuns de confusão na Língua Portuguesa, visto que muitas pessoas costumam emendar sílabas e comer os “is”, fazendo com que a pronúncia fique diferente da forma como realmente é escrita a palavra.

2. Espírito

Certamente alguém já ouviu esta palavra de um jeito diferente: “Esprito”. Esta é uma das pronúncias mais populares de Espírito. Esta perda do primeiro “i” é normal, visto que pessoas que falam mais rápido evitam enunciar a palavra por inteiro.

3. Rubrica

Neste caso, a sílaba tônica é colocada no começo da palavra de forma equivocada, fazendo com que se torne “Rúbrica”. O correto, porém, é pronunciar a sílaba tônica no meio da palavra, com o som mais forte em “bri”, tornando-a “Rubrica”.

4. Mortadela

Este é um dos erros mais clássicos de todos. A pronúncia de muitos faz a palavra “Mortadela” se tornar “Mortandela”, com a colocação desnecessária do “n”.

5. Mendigo

Quem nunca ouviu alguém falar “Mindingo”? Este equívoco cômico é outro caso da inserção da letra “n” onde não se deve, bem como a troca do “e” pelo “i”. A forma correta é “Mendigo”.

6. Idiota

Para evitar fazer papel de idiota, é importante não escorregar na pronúncia e acabar falando “indiota” ao invés da versão adequada.

7. Filgo

Este equívoco já não é tão famoso, visto que era feito alguns anos atrás, ainda no tempo dos avós de muitos. O famoso doce de “filgo” é, na verdade, doce de “figo”.

8. Gratuito

Assim como “rubrica”, não existe acento na palavra “gratuito”. Outro erro extremamente comum, muitas pessoas costumam colocar ênfase no “i”, como se a letra fosse uma sílaba, tornando-a “gratuíto”.

9. Sobrancelha

Para aqueles que achavam que a pronúncia correta era “sombrancelha”, estão bem enganados. Este “n” é um som extra, inexistente, e a forma adequada do termo é “sobrancelha”.

10. Salsicha

De forma que seja possível evitar falar “salchicha”, é preciso lembrar que, nesta palavra, só existe um único som de “x”, ocasionado pelo “ch”. O correto é “salsicha”, por mais que muitos queiram que seja o contrário.

11. Ratificar

Neste caso, é comum utilizar “retificar” quando o correto seria “ratificar”. Estas duas palavras são parônimas, o que significa que possuem grafia e pronúncia parecidas, mas significados diferentes. Enquanto ratificar significa confirmar ou comprovar, retificar possui outros sentidos, dependendo do contexto.

12. Senão

Apesar de “se não” também não estar incorreto, este termo é frequentemente utilizado em um contexto inadequado. O termo “senão” é utilizado para contrariar algo que foi dito por alguém. Já “se não” serve para orações subordinadas condicionadas, substituindo “caso não”, por exemplo.

13. Debaixo

Nada está “de baixo” do cobertor: está “debaixo”. Outro parônimo, “debaixo” é um advérbio de lugar, utilizado para indicar algo que está abaixo de alguma coisa. Já “de baixo” separado é utilizado como função de adjetivo, normalmente em contraposição a algo que está “em cima“.

14. Iogurte

Para finalizar esta lista, este caso clássico de palavra que é pronunciada de forma incorreta e acaba sendo escrita igualmente: o certo é “iogurte”, e não “iorgute”. Apesar de parecer enrolar a língua, é preciso tomar cuidado.

Leia também

você pode gostar também

7 sinais de que você deveria mudar de profissão

Está insatisfeito com o seu atual emprego? Então conheça os sete sinais de que você deveria mudar de profissão e cogite uma transição de carreira.

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.