Saiba o que é mindfulness e como aplicar na sua rotina

Mindfulness ou Atenção Plena, é uma ferramenta muito útil que nas últimas décadas tem sido aplicada a diferentes tipos de finalidades.

Mindfulness é uma técnica que pode ser entendida como atenção plena e consciência, como uma presença atenta e reflexiva ao que está acontecendo no momento presente.

Ao longo do tempo, muitas tradições filosóficas e religiosas desenvolveram práticas como ioga, oração, tai chi ou meditação que ajudam as pessoas a acalmar a mente e focar a atenção no presente, alcançando um estado de bem-estar.

Nesse sentido, as origens do mindfulness são encontradas na meditação budista que busca desenvolver a atenção consciente, com uma atitude de abertura e aceitação da realidade como ela é. O oposto é operar no piloto automático, ou seja, quando não temos consciência do que estamos fazendo enquanto o fazemos.

Saiba mais a seguir sobre o mindfulness e como aplicá-lo em seu dia a dia.

Como funciona o mindfulness?

Como mostram vários estudos, a meditação aguça a mente e causa impactos significativos em áreas associadas ao bem-estar e à felicidade.

Assim como exercitamos nossos músculos para ter um corpo tonificado, se quisermos alcançar uma mente sã, teremos que trabalhar o músculo cerebral com a meditação e a prática do mindfulness.

É importante exercitar a atenção, pois a mesma regula todas as outras funções superiores, sem ela não há memória nem processamento de informações. Devemos tentar fazer apenas uma coisa de cada vez e estar plenamente conscientes disso.

Quais os benefícios da prática?

O mindfulness ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade que você sente todos os dias, por isso é importante fazê-lo diariamente para que seu efeito seja poderoso com o passar do tempo.

Além disso, a atenção plena ajuda a encontrar o equilíbrio interno da mente e do corpo de cada pessoa. Ainda, aumenta a autoconsciência do praticante para que possa viver plenamente sem preocupações com o passado ou futuro, e possa concentrar-se no presente.

Outros benefícios incluem:

  • Desenvolve uma mente mais calma, mais estável e focada;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Auxilia na redução de estresse e tensão;
  • Promove autoconhecimento;
  • Promove aumento dos sentimentos de amor, gratidão e compaixão;
  • Diminui os níveis de ansiedade, depressão e dores crônicas;
  • Promove estabilidade emocional;
  • Aumenta a confiança e motivação;
  • Auxilia na redução da pressão arterial;
  • Melhora a saúde imunológica
  • Reduz a inflamação.

Como aplicar a atenção plena em sua rotina?

Podemos praticá-lo em nossa vida diária, não sendo necessário estar em nenhuma posição específica. Ainda assim, também pode ser feito com os olhos fechados e sentados, com as mãos relaxadas no colo.

Mindfulness no dia-a-dia

Ao longo do dia temos a oportunidade de estar presentes em todas as atividades que desenvolvemos. Prestar atenção em nós mesmos quando estamos lavando a louça, perceber como a água cai em nossas mãos, perceber o sabor da comida, prestar atenção no contato do volante durante a condução e muitas outras coisas.

Atenção total à respiração

Esta é uma das formas mais poderosas e eficazes de relaxar e focar em nós mesmos. O trabalho de cuidar de nós mesmos acontece aqui e agora através da nossa respiração. A respiração nos ensina que nosso corpo, nossas emoções e nossos pensamentos estão em constante mudança.

Atenção plena aos sons

Estamos rodeados de sons, portanto, é uma prática que pode ser feita em qualquer lugar e em qualquer situação. Deixar que os sons cheguem até nós sem julgá-los ou querer mudá-los.

Atenção plena às sensações corporais

Praticar a atenção plena às nossas sensações físicas nos ajuda a ouvir as mensagens do nosso corpo sem tentar mudar ou modificar as sensações.

Atenção plena às emoções

Depois de praticar com o nosso corpo, por trás de cada sensação física existe uma emoção que podemos aprender a reconhecer gradualmente.

Qual é a melhor maneira de se preparar para a meditação?

Primeiramente, reduza ao máximo as distrações: coloque o telefone no modo “Não perturbe”, certifique-se de que a TV esteja desligada e use iluminação suave em seu espaço de meditação.

Além disso, evite comer refeições pesadas ou consumir cafeína ou álcool antes de praticar. E permita-se primeiro encontrar uma posição confortável e um momento para fechar os olhos.

E se eu não tiver um lugar tranquilo para meditar?

Uma das melhores coisas sobre a meditação é que é uma prática flexível. Se não for possível meditar em casa, você também pode praticá-la em outros momentos diários em que tenha tempo para estar consigo mesmo.

Por exemplo, enquanto você está esperando na fila em algum lugar, no ônibus ou no trabalho. Você também pode meditar com os olhos abertos se achar mais fácil se ancorar no espaço em que está.

Leia também

você pode gostar também

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.

11 profissões que você nem sabia que já existiram

Conheça um pouco mais sobre as profissões que você nem sabia que já existiram e que só são relembradas em documentários da TV ou nos livros escolares.