O que é Lei Seca, que geralmente cai em concursos? Advogada explica

A Lei Seca é um tópico recorrente nos concursos jurídicos, pois integra o conteúdo programático de conhecimentos específicos, afetando o desempenho dos concurseiros.

No geral, alguns concursos públicos cobram o que é a Lei Seca, principalmente quando se trata da temática jurídica no conteúdo programático. Entretanto, nem todos os concurseiros dominam esse tópico, que pode ser um diferencial para tirar notas melhores e demonstrar conhecimento da legislação.

Leia também

Para ajudar nessa questão, o Concursos no Brasil entrevistou Joyce Vasconcelos, graduada em Direito e profissional no ramo de assessoria jurídica criminal. Confira mais informações a seguir para aprender de uma vez o que é a Lei Seca.

O que é a Lei Seca?

O que é Lei Seca, que geralmente cai em concursos? Advogada explica
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO.

De acordo com a advogada Joyce Vasconcelos, a Lei Seca é uma norma que determina punições para os motoristas que forem flagrados conduzindo algum veículo após o consumo de bebida alcoólica, assim como qualquer outra substância psicoativa que cause dependência.

“Na prática, o condutor do veículo é colocado sob etilômetro (conhecido como bafômetro) para aferir quantidade de álcool ingerida. Em outra situação, o condutor que está dirigindo sob efeitos de substâncias que alterem sua capacidade psicológica”, explica a profissional.

Atualmente, o Código de Trânsito Brasileiro também prevê punições para esses casos. Previsto no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro, dirigir sob a influência de álcool ou qualquer outra substância psicoativa que determine dependência é uma infração gravíssima.

No geral, essas características são determinadas especificamente na redação da Lei Seca (Lei nº 11.705/2008), mas o CTB estabelece as punições em específico. Neste sentido, a penalidade envolve uma multa aplicada em dez vezes, o que equivale ao valor de R$ 2.934,70.

Além disso, está previsto a suspensão do direito de dirigir por um período de 12 meses, sendo que a medida administrativa determina o recolhimento da habilitação e retenção do veículo até que um condutor apto a dirigir apareça no local.

No caso de reincidência do crime dentro do período de até 12 meses, é aplicada em dobro a multa prevista na legislação.

Ademais, o artigo 165 prevê ainda uma penalidade gravíssima nos casos em que o indivíduo se recusa a fazer o teste, exame clínico ou procedimentos que meçam a influência de álcool ou substância psicoativa.

Como funcionava antes da Lei Seca?

Comumente, os concurseiros precisam entender a implementação da Lei Seca, mas também dominar o processo que antecedeu a criação dessa norma. Neste caso, a ingestão de álcool era permitida em até 6 decigramas por litro de sangue. Em específico, isso equivale a cerca de dois copos de cerveja.

No entanto, com a criação da Lei Seca, ficou estabelecida a tolerância de 0,05 mg/L. Nos casos em que a perícia solicitava exames de sangue do condutor, era permitido a identificação de até 2 decigramas de álcool, mas a Lei Seca proibiu completamente qualquer medição referente a essa substância.

Desde a implementação em 2008, a Lei Seca passou por modificações que a tornaram mais rígida com o passar do tempo.

Desse modo, as penalidades previstas, como o caso da multa, suspensão do direito de dirigir e apreensão do veículo, foram estabelecidas como forma de garantir que a legislação seria seguida.

Atualmente, se o condutor estiver com níveis de álcool acima de 0,03 mg/L, há possibilidade de ser preso por um período de 6 meses a 1 ano.

Em todos os casos, essa quantidade é aferida por meio do uso do bafômetro, que mede a concentração de álcool no sangue do motorista com uma margem de erro de apenas 1%.

Quais são os principais dados sobre a Lei Seca?

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de mortes por conta de acidentes de trânsito teve uma queda maior que 11% em todo o país desde a criação da Lei Seca e suas medidas punitivas.

No geral, o Governo Federal compreende que a implementação da lei provocou mudanças diretas no comportamento dos motoristas no trânsito.

Em específico, estima-se que a Lei Seca poupou 40 mil vidas no trânsito, além de 235 mil pessoas de invalidez permanente, como aponta uma pesquisa realizada pela Escola Nacional de Seguros.

Entretanto, o Brasil continua sendo o quarto país do mundo com maior número de mortes em acidentes de trânsito por ano, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A expectativa é que o Governo Federal cumpra a meta de redução em 50% do número de casos até 2025, seguindo a meta estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Leia também


você pode gostar também

“Subir para cima”: 11 exemplos de pleonasmo para evitar no dia a dia

"Subir para cima", "descer para baixo" ou "sair para fora": confira alguns exemplos de pleonasmo para evitar no dia a dia.

Estes 5 sinais mostram se o seu amigo está apaixonado por você

Tem percebido que a pessoa com a qual tem amizade quer algo mais sério contigo, concurseiro? Fique por dentro dos cinco sinais de que o seu amigo está apaixonado por você.

Confira 3 signos que, geralmente, preferem ficar sozinhos

Existem alguns signos que, geralmente, preferem ficar sozinhos e apreciam a solidão mais do que ninguém. Confira quais deles integram a lista.

11 carros incríveis para quem é apaixonado por tecnologia

Se você é fã de carteirinha do universo automotivo, conheça 11 carros incríveis e tecnológicos, com funções incríveis de motorização, conforto e segurança.

Entenda para que realmente serve o lado preto da raquete de ping pong

A raquete de ping pong é um dos principais instrumentos do tênis de mesa, mas nem todas as pessoas conhecem para que realmente serve o lado preto dessa ferramenta.

7 hábitos que realmente podem prejudicar a sua produtividade

Quer realmente ser aprovado em um concurso público e alcançar a tão sonhada estabilidade financeira? Conheça os sete hábitos que prejudicam a sua produtividade e deixam a sua aprovação mais longe.