CNH: se você cometer ESTA infração, poderá receber multa de quase R$ 20 MIL

A multa mais cara do país é uma infração gravíssima multiplicada 60 vezes e pode gerar outras penalidades na CNH.

Quem tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) precisa ficar atento às infrações e suas respectivas penalidades. Além das comuns, como ultrapassar o limite de velocidade e furar o farol vermelho, existem algumas que podem gerar altas punições. Existe uma multa que pode chegar a quase R$ 20 mil e colocar a CNH em risco.

Leia também

Antes de saber mais sobre essa infração, é preciso entender que existem níveis de multas e cada uma delas conta com uma pontuação diferente. Esses pontos são contabilizados na carteira de motorista e, ao atingir o limite estabelecido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o condutor pode perder sua permissão.

As infrações na CNH são categorizadas da seguinte maneira:

  • Leve: 3 pontos mais R$ 88,38;
  • Média: 4 pontos mais R$ 130,16;
  • Grave: 5 pontos mais R$ 195,23;
  • Gravíssima: 7 pontos mais R$ 293,47.

Qual é a multa na CNH mais cara do país?

A infração que pode gerar a penalidade de maior valor financeiro está prevista no Artigo 253 do CTB. De acordo com a norma, quem interromper a circulação de uma via sem autorização, para uma manifestação, por exemplo, deverá pagar multa de R$ 17.608,20.

O valor é bastante alto porque existe um indicador chamado de “fator multiplicador”. Esse indicador é colocado sobre infrações gravíssimas em que o condutor coloca a vida de outras pessoas em risco. Uma infração gravíssima normal gera multa de R$ 2,93,47, mas a infração citada anteriormente é multiplicada 60 vezes.

Então o valor da cobrança aumenta. Além disso, o motorista ainda sofre outras punições:

  • Suspensão da CNH por 12 meses;
  • Apreensão do automóvel.

Outras multas com fator multiplicador

multas de trânsito, infrações de trânsito
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

A interrupção da circulação sem autorização não é a única infração que gera multa com fator multiplicador na CNH. São cerca de outras 59 infrações mais caras que são consideradas autossuspensivas. Ou seja, aquelas que não precisam atingir o limite de pontos para retirarem a permissão de direção. As principais são:

  • Interromper circulação da via com um veículo: multa de R$ 4.869;
  • Dirigir sob o efeito de álcool ou de substância que determine dependência: multa de R$ 2.934,70;
  • Disputar corrida: multa de R$ 2.934,70;
  • Utilizar o veículo para realizar manobra perigosa: multa de R$ 2.934,70;
  • Dirigir com a CNH suspensa ou cassada: multa de R$ 1.467,35;
  • Ultrapassar pelo acostamento: multa de R$ 1.467,35;
  • Ultrapassar pela contramão em curvas sem visibilidade: multa de R$ 1.467,35;
  • Ultrapassar pela contramão em pontes, viadutos ou túneis: multa de R$ 1.467,35.

Limite de pontos para a suspensão da CNH

Em 2021, foram realizadas mudanças no CTB e uma delas foi na pontuação da CNH. De acordo com a nova regra, o limite subiu de 20 para 40 pontos. No entanto, esse fator é variável, considerando o tipo de multa cometida:

  • Nenhuma infração gravíssima: limite de 40 pontos;
  • Uma infração gravíssima: limite de 30 pontos;
  • Duas ou mais infrações gravíssimas: limite de 20 pontos.

Apesar das alterações no código de trânsito, foi mantida a regra de zerar a pontuação a cada 12 meses. Ou seja, se tiver 39 pontos na CNH e, ao virar o período de um ano, o condutor cometer uma nova infração, a pontuação anterior não vai mais contar. Quem não tiver nenhuma multa pode receber benefícios.

Leia também


você pode gostar também

Projeto de Lei pretende aumentar limite de pontos na CNH de profissionais

O PL está em discussão no Senado Federal. Confira neste texto qual é o novo limite de pontos na CNH que está sendo proposto e quais profissionais serão beneficiados com o aumento desse limite.

Tarifa de embarque deve ficar menor em 6 aeroportos a partir de 2023

A redução das tarifas de embarque, feita pela ANAC, segue determinação da Lei do Voo Simples. Veja quais aeroportos foram contemplados com a nova medida.

 Dicionário inglês elege “Gaslighting” como palavra do ano; veja o que significa

O dicionário inglês Merriam-Webster escolheu, no dia 28 de novembro de 2022, Gaslighting como a palavra mais procurada neste ano. Leia e descubra o seu significado.

Subsidiômetro: ferramenta da Aneel traz detalhes sobre tarifa de energia

O subsidiômetro é uma nova ferramenta da Aneel que busca simplificar e explicar aos consumidores detalhes sobre a tarifa de energia.

Cobrança do seguro DPVAT voltará a ser obrigatória no próximo ano?

Durante dois anos consecutivos, condutores ficaram isentos de pagar o DPVAT. A Caixa é a responsável por administrar o dinheiro.

525 milhões de anos: cientistas estudam o cérebro fossilizado mais antigo do mundo

O cérebro mais antigo conhecido pertence a uma criatura marinha de aproximadamente 1,5 cm de comprimento, que apresenta um sistema nervoso delicadamente preservado.