Concurso Caixa: presidente do banco ressalta falta de empregados

Concurso Caixa Econômica Federal: presidente da estatal afirma que falta empregados, e que novas agências serão abertas.

A nova presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Rita Serrano, tomou posse em seu cargo na última quinta-feira, 12 de janeiro de 2023, na cidade de Brasília. Durante seu discurso, ela reconheceu a falta de empregados na estatal e apontou para necessidade de abertura de novas unidades pelo país. Com isso, existe a possibilidade de que um novo concurso da Caixa seja realizado em breve.

De acordo com estudo recente realizado pela Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), o banco tem um déficit em cerca de 20 mil funcionários.

Além disso, entre os anos de 2015 a 2020, 14.866 postos de trabalho no banco foram reduzidos. Esses dados são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Segundo o levantamento, desde 2018 até o primeiro semestre de 2020, houve um aumento de 65% no número dos clientes da Caixa Econômica Federal, ampliando a necessidade de atendimento.

Concurso Caixa: novas agências podem ser abertas

Durante o discurso na cerimônia de posse, a presidente da Caixa Econômica Federal citou quais serão as primeiras medidas de sua gestão, apontando a intenção de realizar novas contratações para suprir a demanda provocada pela abertura de novas agências.

“Eu sei que faltam empregados, eu sei que faltam equipamentos, e essa, com certeza, será a nossa grande batalha. Mas é fundamental que a Caixa abra agências. Vamos batalhar para dar estrutura adequada e atender a essa população”, afirmou.

Essas contratações devem ser realizadas pela instituição por meio de um novo concurso da Caixa Econômica Federal. Contudo, a seleção só poderá ser realizada após o encerramento da validade do último edital para ampla concorrência, que foi realizado no ano de 2014.

O certame teria validade até o ano de 2016, mas o banco acabou não nomeando os candidatos aprovados na seleção. Assim, uma Ação Civil Pública (ACP) foi protocolada junto ao Ministério Público do Trabalho, exigindo que as referidas contratações fossem realizadas.

Por isso, o edital seguirá válido até a decisão final judicial, e o novo concurso da Caixa Econômica Federal continua sem previsão de quando poderá ser divulgado.

Concurso Caixa Econômica Federal: último edital

O último concurso público da Caixa Econômica Federal, para vagas de ampla concorrência, foi realizado no ano de 2014. A responsável pela organização e execução do certame foi a banca Cespe (hoje, Cebraspe). Ao todo, o certame teve mais de 1 milhão de inscritos.

O concurso Caixa tinha objetivo de formar cadastro reserva para o cargo de Técnico Bancário. Este concurso público teve mais de 32 mil candidatos aprovados, mas apenas cerca de 6 mil foram nomeados para tomar posse.

Os profissionais contratados teriam direito a remuneração inicial de R$ 2.025,00 para atuação em jornadas de seis horas diárias, além de diferentes benefícios. O requisito para investir no cargo era ter nível médio completo.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, prova discursiva e, por fim, exames médicos admissionais. A validade inicial do concurso era de um ano, podendo ser prorrogada por mais um ano.

Além disso, mais recentemente, houve uma seleção realizada pela Caixa Econômica Federal, voltada exclusivamente para pessoas com deficiência (PcDs). O certame foi organizado pela banca Cesgranrio, com abertura de 1.000 vagas espalhadas por todo o país para o cargo de Técnico Bancário. O edital foi lançado no ano de 2021.

Leia também

você pode gostar também

Estágio Caixa tem 6,8 mil vagas abertas; saiba como se inscrever

Estágio Caixa Econômica Federal é destinado a estudantes do ensino médio, técnico e superior. Veja como participar.

Pagamento em cheque cai em desuso e Pix pode ter influenciado

Pagamento por meio de cheque especial segue caindo. Redução chega a 94% em comparação com o ano de 1995.

Venda de férias está prevista na CLT; veja as regras e como funciona

Comum entre os trabalhadores, prática acontece em empresas, entretanto existem algumas regras e limites previstos na lei para a venda de férias.

IPTU atrasado gera multa para o contribuinte

A multa para o contribuinte que não paga o IPTU no prazo correto é acumulativa, e varia de acordo com o período de inadimplência do cidadão.

NASA: viagem para Marte pode acontecer ainda em 2023

Uma equipe de cientistas explica que a propulsão térmica a laser pode reduzir o tempo de viagem, que atualmente é de cerca de seis meses.

5G: Mais de 75 cidades brasileiras têm sinal autorizado pela Anatel

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou o sinal de 58 em mais de 75 cidades brasileiras, localizadas próximos de capitais. A expectativa é continuar ampliando o acesso à tecnologia.