Técnico Bancário: o que faz, quais os requisitos e quanto ganha

O Técnico Bancário é o profissional responsável pelas atividades técnico-administrativas das instituições financeiras, cobrindo desde a parte burocrática até o atendimento.

O Técnico Bancário é responsável por desenvolver as atividades voltadas aos processos internos da instituição financeira, principalmente os de natureza técnica-administrativa. Neste sentido, trabalham tanto com atividades do serviço bancário como desenvolvimento de documentos e relatórios específicos.

Leia também

No campo das atividades do serviço bancário, o Técnico Bancário também trabalha com atendimento ao público, é responsável pelos empréstimos, concessão de crédito, captação de recursos e também controles estatísticos das operações financeiras. Sendo assim, atende diferentes campos da instituição, atuando como responsável pelo funcionamento burocrático dos bancos.

Quais são as atribuições do Técnico Bancário?

Como um profissional que trabalha em diferentes etapas dentro do banco, as atividades rotineiras do Técnico Bancário incluem:

  1. Utilizar equipamentos e softwares para efetuar atividades administrativas;
  2. Gerenciar operações bancárias;
  3. Prospectar investimentos e clientes;
  4. Elaborar e conferir documentos diversos;
  5. Auxiliar na manutenção, atualização e aperfeiçoamento de sistemas operacionais, assim como bancos de dados;
  6. Verificar contratos, processos, notas fiscais de operações financeiras;
  7. Conferir a autenticidade de assinaturas, impressões digitais e documentos de identificação;
  8. Prestar atendimento ao público;
  9. Atuar na comercialização de produtos e serviços do banco;
  10. Desenvolvimento de programas de aperfeiçoamento dos serviços bancários;
  11. Participação nas agendas administrativas;
  12. Supervisionar serviços terceirizados à instituição financeira.

Qual o perfil de um Técnico Bancário?

No geral, o Técnico Bancário costuma ser um profissional formado no ensino médio que prestou concurso público para a função em alguma das instituições financeiras do país, como a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil.

No entanto, existem profissionais formados em Administração, Contabilidade e Economia que atuam nesse cargo, pois o ensino superior tende a aumentar a capacidade e competitividade desses profissionais no mercado.

Além disso, por conta da natureza multidisciplinar e ampla de suas funções, é fundamental que o Técnico Bancário tenha uma boa comunicação interpessoal, principalmente pelo contato com diferentes setores, profissionais e públicos. Pelo caráter técnico-administrativo da profissão, outras habilidades como disciplina, organização, responsabilidade e ética são importantes para a rotina produtiva.

Além da qualificação básica para prestar o concurso público e ser aprovado, é interessante que o Técnico Bancário desenvolva seus conhecimentos através de especializações ou cursos livres. Neste sentido, investir nas áreas de logística, administração de empresas e atendimento ao público são formas de aperfeiçoar a atuação.

Como é o mercado de trabalho?

Segundo o Glassdor, a média salarial de um Técnico Bancário é de R$ 3.336 para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. Desse modo, fica entre o piso de R$ 2.275 e R$ 4.010 de acordo com o nível de experiência do profissional.

No entanto, existem outros benefícios adicionados a esse valor, são eles:

  • Auxílio-refeição;
  • Auxílio-alimentação;
  • Auxílio cesta básica;
  • Auxílio-creche ou auxílio-babá;
  • Auxílio 13º para cesta de alimentação;
  • Participação no lucro do banco;
  • Participação em plano de saúde;
  • Participação no plano de previdência complementar;
  • Inclusão nos programas de prevenção da saúde e prevenção de acidentes.

Sobretudo, o Técnico Bancário tem o contrato regido pela Consolidação de Leis de Trabalho, estando apto ao saque do FGTS e outros benefícios, como o abono salarial. Ademais, existe ampla possibilidade de crescimento e ascensão na carreira, através de promoções internas na instituição financeira de atuação.

No geral, o Técnico Bancário é um profissional requisitado principalmente na cidade de São Paulo, mas também para funções administrativas em órgãos do Governo Federal em Brasília. Comumente, atua diretamente na matriz dos bancos, mas também pode ser um emissário nas unidades em diferentes estados do país.

Como é o concurso para Técnico Bancário?

No geral, as provas são compostas de questões discursivas e objetivas. Além disso, os editais são publicados sempre nos sites das instituições financeiras e no Diário Oficial da União, quando se trata de bancos oficiais do Governo, como a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil.

As provas costumam avaliar os candidatos a partir dos conhecimentos em língua portuguesa, matemática e ética. Ademais, há questões sobre atualidades e também desafios para testar o raciocínio lógico dos concurseiros.

No campo dos conhecimentos específicos é comum encontrar perguntas sobre atendimento, conhecimentos bancários, técnicas de vendas e também legislação específica para bancos.

Desse modo, há perguntas sobre o funcionamento dos programas e benefícios sociais, como o abono salarial ou FGTS, para cobrir diferentes demandas da atuação como Técnico Bancário.

Leia também


você pode gostar também

Engenheiro Eletricista: o que faz, quanto ganha e formação necessária

O engenheiro eletricista é uma das profissões do ramo da engenharia mais bem pagas do país atualmente. Confira o guia completo com informações sobre o profissional que atua na engenharia elétrica.

Analista de TI: o que faz, salário médio da profissão e requisitos

Fique por dentro das principais atividades do cargo de Analista de TI, saiba quanto ganha esse profissional, bem como as principais exigências para se tornar um.

Product Owner: o que faz, como se tornar um e quanto ganha no Brasil

Fique por dentro das principais atividades de um Product Owner, dos seus ganhos médios mensais e saiba o que fazer para exercer essa profissão.

Designer Gráfico: o que faz, formação e salário médio do cargo

Conheça um pouco mais sobre a carreira de Designer Gráfico, caso esteja pensando em investir nessa profissão, que tem muita demanda atualmente.

Corretor de Imóveis: o que faz, formação exigida e salário médio

Pelo fato de ser uma profissão com possibilidade de altos ganhos mensais, a carreira de Corretor de Imóveis costuma ser bastante promissora.

Arquiteto: o que geralmente faz, quanto ganha e formação

Ao longo de nossa matéria, vamos te mostrar tudo a respeito do cargo de Arquiteto. Além disso, entrevistamos uma profissional para entendermos os desafios da área.