Netflix: compartilhamento de senha pode chegar ao fim em 2023

A gigante do streaming já vem ensaiando pôr um fim no compartilhamento de senha deste 2019. Mas agora parece que a medida será de fato implementada.

Para você que acessa a Netflix com a senha de um amigo ou familiar, há uma notícia não muito boa. É que a partir do ano que vem o compartilhamento de senha em contas da Netflix poderá chegar ao fim. A informação foi divulgada recentemente pelo jornal americano The Wall Street Journal, após ouvir fontes internas da gigante do streaming. No entanto, até o momento, a plataforma ainda não confirmou a informação.

De início, o compartilhamento de senhas chegará ao fim no início do ano que vem nos Estados Unidos. Posteriormente, de forma gradativa, isso deverá chegar a outras regiões. No Brasil, ainda não há uma data específica para isso ocorrer.

O motivo pelo qual a Netflix deseja colocar um fim no compartilhamento de senhas é que esse comportamento é um dos grandes entraves para ampliar o número de pagantes da gigante do streaming. Segundo dados, a prática é realizada por mais de 100 milhões de espectadores da plataforma.

Com o fim da possibilidade de compartilhar senhas, o objetivo da Netflix é começar a cobrar pela partilha de dados de acesso a usuários não assinantes.

O fim do compartilhamento de senha é novidade?

A resposta é não. Desde o ano de 2019, a Netflix tem tentado colocar um fim no compartilhamento de senha. Mas foi adiado em virtude do aumento no número de assinaturas da plataforma nos anos de 2020 e 2021, época em que o mundo vivia sob o isolamento social, em virtude da pandemia de COVID-19.

No entanto, o número de assinantes começou a cair ainda no primeiro semestre de 2021. Em janeiro deste ano, a Netflix informou a perda de cerca de 1,3 milhão de assinantes só no Canadá e Estados Unidos. No restante do mundo, a perda foi de 1 milhão. Essa é a primeira queda de assinantes da gigante do streaming em 10 anos.

Ações para aumentar o número de assinantes

O fim do compartilhamento de senha em contas da Netflix é uma das ações da plataforma para aumentar o número de assinantes e, portanto, para incrementar a sua receita.

Mas outras ações com esse objetivo já estão em prática. Em março deste ano, por exemplo, a Netflix implantou o chamado “Membro Extra”, por meio da qual cobra dos assinantes que dividem a conta com pessoas que não residem na mesma casa.

De início, a ação foi implantada no Peru, Chile e Costa Rica. Logo, ela deve chegar a outros países como o Brasil, por exemplo. A taxa extra a ser cobrada depende de cada país.

Posteriormente, a Netflix atualizou a transferência de perfil entre assinaturas. Tal atualização permite que o usuário que utiliza senhas de terceiros ao abrir a sua própria conta, possa levar seu perfil com todo o seu histórico, listas de títulos salvos, últimos episódios assistidos de séries, entre outras informações para essa nova conta.

Já em novembro deste ano, a gigante do streaming disponibilizou um novo plano de assinatura com um valor mais barato do que o convencional, porém, esse plano contém publicidade antes e durante a exibição de filmes e séries. Além disso, ele possui um número menor de conteúdos.

A mensalidade desse plano de assinatura custa R$ 18,90, ou seja, R$ 7 mais barato do que o plano básico atual que custa R$ 25,90.

Leia também

você pode gostar também

Novo golpe: erro no pagamento por aproximação é sinal de alerta

Agora os criminosos conseguem bloquear o pagamento via aproximação e, assim, clonar o cartão usado pelas vítimas; conheça o golpe e veja como se proteger.

Concursos importantes no DF: veja quais vagas estão abertas

Concursos importantes estão abertos no Distrito Federal (DF). Confira quais as oportunidades e como solicitar participação.

Litígio Zero: contribuintes já podem aderir ao programa de renegociação de dívidas

Anunciada no início de janeiro pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, essa é uma das medidas para diminuir o rombo no caixa do governo em 2023.

Tem feriado em fevereiro? Veja qual é o dia da folga para trabalhadores

Quer planejar com antecedência os seus dias de folga? Então veja como será o mês de fevereiro em relação a feriados e pontos facultativos.

Concurso Correios será realizado em 2023?

Concurso Correios pode ter um edital publicado em breve. Último grande certame do órgão foi realizado em 2011.

Nota de R$ 50 rara pode valer uma BOLADA; saiba por que

Confira quais são as cédulas de R$ 50 que podem valer até 80 vezes. Elas são muito procuradas por colecionadores, possuindo alto valor no mercado nacional.