Multa maior para quem usa o celular ao volante é proposta no Senado

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, atualmente o motorista que for flagrado usando o celular enquanto dirige perde sete pontos na carteira e deve pagar quase R$ 300.

De acordo com as normativas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista precisa estar atento enquanto conduz qualquer tipo de veículo, a fim de preservar a própria integridade física e a dos demais, sejam passageiros ou pedestres.

Entre os fatores que reduzem a atenção ao volante está, sem dúvidas, o uso do celular. Ainda que o manuseio do aparelho durante o ato de dirigir não seja considerado crime, é importante saber que o ato é classificado como uma infração administrativa gravíssima.

O uso do celular é proibido mesmo quando o veículo está parado, como em semáforos ou congestionamentos, e a multa prevista para esse tipo de infração é de R$ 292,47.

Além do pagamento da multa, usar o celular enquanto dirige pode resultar em uma penalidade de sete pontos no registro da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor.

Proposta aumenta a multa por uso de celular ao volante

No Brasil, a cada hora são flagrados 28 motoristas usando o celular enquanto dirigem, mas esse número possivelmente é muito maior.

Pensando em aumentar as consequências para os motoristas que descumprirem a Lei, a senadora Maria do Carmo Alves (PP-SE) elaborou um Projeto de Lei que visa dobrar o valor da multa por uso de telefone celular ao volante.
De acordo com a senadora, o aumento da multa pode gerar uma melhora significativa no trânsito em todo o território brasileiro.

“O uso do celular já é a terceira causa de morte no trânsito. Acredito que o agravamento da pena tende a diminuir o uso do celular ao volante e, consequentemente, o número de acidentes nas ruas e nas estradas brasileiras”, declarou a parlamentar.

O PL 2699/2022 está, atualmente, em tramitação no Senado. A ideia é alterar a Lei 9.503/1997, relativa ao CTB.

Riscos do uso do celular ao volante

Quando o condutor usa o telefone celular enquanto dirige para ler mensagens de texto, os riscos de se envolver em algum tipo de sinistro aumentam em até 400%. Esse perigo fica 23 vezes maior quando o motorista usa o celular para digitar mensagens enquanto dirige.

Ainda que a infração represente um perigo real à sociedade, ela é uma das mais comuns, especialmente devido aos acessórios eletrônicos que hoje permitem fixar o celular ao painel dos veículos.

O uso do celular ao volante, atualmente, é a terceira principal causa de mortes em decorrência de acidentes de trânsito em todo o Brasil, perdendo apenas para o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante.

Leia também

você pode gostar também

Novidades do MEI 2023: veja o que muda para os empreendedores

Os microempreendedores individuais (MEIs) precisam ficar de olho no reajuste dos valores de contribuição e outras mudanças que ocorrerão neste ano de 2023.

Projeto regulamenta NOVA profissão no setor de turismo

O Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal pretende regulamentar uma nova profissão no setor de turismo, a fim de promover mais segurança aos trabalhadores e viajantes.

Brasil criou 2 milhões de postos de trabalho em 2022, segundo o Caged

De acordo com dados divulgados pelo governo federal, houve saldo positivo de postos de trabalho com carteira assinada em 2022.

Valores a Receber: Banco Central alerta para golpe do dinheiro esquecido

Criminosos estão divulgando uma oferta falsa a respeito de montantes supostamente esquecidos no BC; veja como se proteger.

Reforma Tributária deve ser votada sem aumento nos impostos

De acordo com declaração do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a reforma tributária deve ser neutra, sem aumento nos impostos.

Guia mensal do MEI 2023 já pode ser emitida com os valores atualizados

Reajuste do pagamento mensal está vigente. Taxas para microempreendedores individuais variam de R$ 66 a R$ 162.