Registrato, do Banco Central, será alterado em 2023; veja as mudanças

O Registrato, sistema do Banco Central para consulta dos dados financeiros dos brasileiros, será alterado em 2023. As mudanças foram publicadas recentemente.

Na última quarta-feira (14), o Banco Central divulgou uma nota sobre as mudanças previstas para o Registrado. A expectativa é que o sistema seja alterado a partir do dia 1º de fevereiro de 2023.

Leia também

Neste sentido, as modificações afetam principalmente o acesso, mas também o cadastro para acessar as informações. Atualmente, o Registrato permite que os usuários consultem dados financeiros diversos, desde informações sobre empréstimos contratados até o registro das chaves Pix. Saiba mais a seguir:

Quais são as mudanças no Registrato do Banco Central?

Em primeiro lugar, a principal mudança no Registrato do Banco Central é que o acesso será feito exclusivamente pela conta vinculada à plataforma gov.br. Neste sentido, outros sistemas do Banco Central também adotarão esse mecanismo, utilizado em diversos serviços eletrônicos vinculados ao governo.

De acordo com a nota oficial, espera-se que a mudança unifique os métodos de acesso para todos os serviços do Governo Federal. Além disso, a decisão foi baseada em uma pesquisa realizada com os dados de acesso do Registrato, mas também do Sistema Valores a Receber.

Portanto, as informações levantadas pelo Banco Central mostraram que a maioria dos usuários opta pelo gov.br no momento de acessar os serviços no portal da instituição. Mais especificamente, o login único foi usado em 97% dos acessos para o Fale Conosco, e 94% para acessar o Protocolo Digital.

Sendo assim, até fevereiro de 2023, será possível que os usuários que não possuem conta na plataforma do Governo Federal acessem o Registrato com o login próprio. Entretanto, a instituição estará incentivando que as pessoas físicas e jurídicas criem o seu cadastro no sistema para evitar a perda do acesso com a aplicação da mudança.

Como fazer a conta no gov.br?

A conta no gov.br está disponível gratuitamente a todos os cidadãos brasileiros. Atualmente, é o principal método de acesso a serviços essenciais, como o ConecteSUS, inscrição no Enem e no Enade, CNH Digital, Carteira de Trabalho Digital e também ao Meu INSS. Acima de tudo, faz parte da proposta de digitalização e redução da burocracia no atendimento dos brasileiros.

Além desses serviços, os cidadãos podem acessar documentos digitais, desde o Certificado de Alistamento Militar, emitido pelo Exército Brasileiro, como a carteira de vacinação. Os usuários podem acessar os serviços por meio do login e senha, cadastrados na plataforma, mas também por meio do QRCode, com autenticação através da leitura de um código específico. Para fazer a sua conta no gov.br, siga os passos:

  1. Acesse o site, ou o aplicativo, disponível para Android e iOS;
  2. Digite o seu CPF e clique em “Continuar”;
  3. Leia os Termos de Uso e aceite-os, depois, clique em “Continuar”:
  4. Informe os seus dados bancários, ou então clique em “Tentar de outra forma” caso não queira informar ou não tenha vínculos com uma instituição financeira;
  5. Complete as informações com seus dados, como data de nascimento e o nome da sua mãe, depois clique em “Confirmar”;
  6. Informe o código enviado para o e-mail ou para o celular para confirmar os seus dados e inscrição;
  7. Crie uma senha forte, mas fique atento aos critérios específicos;
  8. Confirme a sua identidade e pronto, utilize os serviços do gov.br com as suas informações de login.

Lembre-se: a plataforma gov.br sempre usa o número de CPF, com pontuação inserida automaticamente, como informação de login. Depois, basta colocar a senha para acessar o portal de serviços.

Leia também


você pode gostar também

Multi+: rival da Netflix chega ao Brasil com assinatura acessível; veja valores

Você já conhece a Multi+? Ela é o novo serviço de streaming que chegou ao mercado brasileiro com preços bastante atrativos. Leia e descubra como funciona seus planos de assinatura.

Como será o tempo no mês de dezembro? INMET divulga a previsão

Semelhante ao que aconteceu nos últimos meses, a chuva deve se intensificar em alguns estados e aplacar em outros por causa do fenômeno natural La Niña.

Escavação no Coliseu encontra vestígios alimentares de 2 mil anos atrás

A construção do Coliseu começou sob o governo de Vespasiano, em 72 d.C., e foi concluída oito anos depois, durante o império de Tito.

Cadastro Positivo oferece benefícios a bons motoristas; saiba participar

O Registro Nacional Positivo de Condutores oferece benefícios aos bons motoristas, como descontos e incentivos pela conduta no trânsito. Porém, existem regras específicas para participar.

Projeto prevê limite de juros em consignado para famílias de baixa renda

O projeto em tramitação no Senado Federal possui como principal objetivo controlar o endividamento das famílias brasileiras de baixa renda, por conta dos juros acumulados através dos empréstimos consignados no país.

INMET alerta: risco de tempestade e chuvas intensas em mais de 1,6 mil cidades

Avisos de chuvas intensas e tempestade são válidos até às 10h deste sábado (03/12), segundo o órgão. Veja áreas que podem ser afetadas.