Preço da CNH deverá ficar mais barato NESTE estado; entenda

O preço da CNH poderá ficar mais barato caso seja aprovada a medida que estabelece a desobrigação do uso de simuladores para a formação de condutores na categoria B.

O preço da CNH deverá ficar mais barato no estado do Rio Grande do Sul, especificamente aos condutores que estão em processo de obtenção da habilitação na categoria B. Neste sentido, a mudança poderá acontecer se a decisão do Tribunal Regional Federal em desobrigar o uso de simuladores durante o processo de formação for mantida.

Leia também

Em números específicos, os preços serão reduzidos em 12,91% para os cidadãos desse estado, que é o único que exige a utilização do equipamento no país atualmente.

De acordo com o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS), a medida será válida somente a partir da definição da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

Como funciona a decisão que vai modificar o preço da CNH?

CNH regra, CNH suspensa, suspensão da CNH, suspensão da carteira de motorista
Foto: Reprodução / Pexels

Basicamente, as cinco aulas no simulador custam R$ 377,60 no Rio Grande do Sul. Contudo, o processo inteiro para obtenção da habilitação do tipo B no estado custa R$ 2,7 mil, considerando o valor para uso do simulado.

Desse modo, caso a decisão seja acatada pelo Senatran e aplicada pelo Detran-RS, o processo passará a custar R$ 2.336,56. Entretanto, a mudança não será aplicada imediatamente, porque ainda cabe um recurso sobre a deliberação da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª região.

Em resumo, a ação refere-se especificamente à decisão do Sindicato dos Centros de Habilitação de Condutores de Auto e Moto Escolas (SindiCFC-RS), que deseja manter o aparelho como algo não opcional no processo de formação. Sendo assim, a proposta do sindicato anula a resolução 778 de 2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A resolução 778/2019 é responsável por tornar opcional o uso dos simuladores de direção dentro da formação de condutores nas autoescolas do país. Porém, o sindicato defende que esse equipamento é fundamental para a aprendizagem dos motoristas, assim como a garantia de maior segurança no trânsito.

Entenda o embate entre o sindicato e o Contran

Desde abril de 2020, o SindCFC do Rio Grande do Sul está recorrendo à decisão da Vara Federal de Porto Alegre em negar a medida que torna o uso dos simuladores opcional. Na ocasião, o sindicato defendeu que a decisão foi tomada pelo Contran de maneira unilateral, sem participação dos órgãos profissionais.

Contudo, em maio de 2021, a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª região negou a apelação do sindicato, mantendo o uso opcional dos simuladores nos centros de formação do estado.

Atualmente, a 3ª Turma é responsável pela medida que desobriga a utilização do equipamento para a formação dos condutores de carros, na categoria B da habilitação.

Sobretudo, o argumento dos órgãos que negaram os recursos do sindicato defendem que o uso do simulador torna o processo de formação no Rio Grande do Sul um dos mais caros da região, e também do país.

Portanto, os usuários acabam lidando com um gasto superior a R$ 88 milhões em aulas ao longo do ano, dificultando o acesso dos gaúchos de baixa renda no estado.

Leia também


você pode gostar também

Projeto de Lei pretende aumentar limite de pontos na CNH de profissionais

O PL está em discussão no Senado Federal. Confira neste texto qual é o novo limite de pontos na CNH que está sendo proposto e quais profissionais serão beneficiados com o aumento desse limite.

Tarifa de embarque deve ficar menor em 6 aeroportos a partir de 2023

A redução das tarifas de embarque, feita pela ANAC, segue determinação da Lei do Voo Simples. Veja quais aeroportos foram contemplados com a nova medida.

 Dicionário inglês elege “Gaslighting” como palavra do ano; veja o que significa

O dicionário inglês Merriam-Webster escolheu, no dia 28 de novembro de 2022, Gaslighting como a palavra mais procurada neste ano. Leia e descubra o seu significado.

Subsidiômetro: ferramenta da Aneel traz detalhes sobre tarifa de energia

O subsidiômetro é uma nova ferramenta da Aneel que busca simplificar e explicar aos consumidores detalhes sobre a tarifa de energia.

Cobrança do seguro DPVAT voltará a ser obrigatória no próximo ano?

Durante dois anos consecutivos, condutores ficaram isentos de pagar o DPVAT. A Caixa é a responsável por administrar o dinheiro.

525 milhões de anos: cientistas estudam o cérebro fossilizado mais antigo do mundo

O cérebro mais antigo conhecido pertence a uma criatura marinha de aproximadamente 1,5 cm de comprimento, que apresenta um sistema nervoso delicadamente preservado.