Restituição do IPVA deve ser liberada para novo grupo; veja quem recebe

A restituição do IPVA é uma medida em tramitação no Tribunal de Justiça de São Paulo, e prevê o atendimento de pessoas com deficiência que pagaram o tributo ainda em 2021.

Na última quinta-feira (25), Rodrigo Garcia, governador de São Paulo pelo PSDB, anunciou que irá restituir o Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) de 2021 para pessoas com deficiência. Com a medida, mais de 250 mil condutores serão beneficiados no estado.

Leia também

O calendário oficial dessas restituições será divulgado somente após aprovação da Procuradoria-Geral do Estado, por meio de notificação do Tribunal de Justiça de São Paulo. No geral, a decisão faz parte de um histórico de conflitos políticos envolvendo a gestão do antigo governador, João Dória.

Em 2020, o Governo de São Paulo enrijeceu as regras do tributo ao restringir o alcance do benefício para veículos que não estavam adaptados para pessoas com deficiência. Nesse mesmo período, o estado passava por uma série de ajustes fiscais previstos em um pacote de medidas lançado por Dória.

Como vai funcionar a restituição do IPVA em São Paulo?

Em primeiro lugar, a restituição irá acontecer somente em São Paulo, atendendo os cidadãos com deficiência que pagaram o tributo referente a 2021. Neste ano, a regra foi reajustada, levando a uma nova ampliação do benefício.

Com as alterações, os motoristas com deficiência terão direito à isenção do IPVA, mas será mandatório a apresentação de um laudo pericial que ateste a deficiência. Em linhas gerais, considera-se uma pessoa com deficiência aquelas que possuem impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial.

Essa definição e suas especificidades constam na Constituição Federal, mas também em documentos como o Estatuto da Pessoa com Deficiência.

A decisão anula a retirada da isenção do imposto para mais de 95% dos brasileiros com deficiência no estado paulista. Porém, a devolução depende oficialmente do trânsito julgado, período em que o governo pode tentar recorrer à ação.

Como a decisão da isenção se trata de uma ação judicial contra o governo estadual, é necessário aguardar o embargo do prazo de recorrência, válido desde o dia 27 de julho deste ano. Apesar disso, a norma prevê a revogação completa da isenção tributária, submetida à anterioridade anual e nonagesimal.

Como funciona o IPVA?

O IPVA é calculado de modo que 40% do valor fique com o estado, mais 40% fique com o município e somente 20% sejam encaminhados para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Sendo assim, o imposto não é utilizado integralmente na construção e manutenção das vias, como se pensa no senso comum.

Apesar disso, essa divisão de valores inclui algumas distribuições importantes. De acordo com a Constituição Federal, 6% da quantia arrecadada que fica com o governo municipal deve ser investido na saúde.

Cada região possui alíquotas específicas que se aplicam aos modelos de automóveis, caminhonetes, motocicletas e veículos utilitários. Comumente, essa divisão é organizada por região, com valores comuns para os estados do Sudeste e Centro-Oeste, por exemplo.

Em todos os casos, o governo estadual é responsável pela arrecadação e gestão desses pagamentos. Portanto, as decisões sobre isenção, revogação ou aplicação dos tributos em situações específicas é uma questão interna, mas precisa tramitar corretamente nos órgãos competentes.

Leia também


você pode gostar também

Inscrições para o concurso INSS são prorrogadas; prazo acaba nesta terça (04)

Concurso INSS teve inscrições prorrogadas após instabilidades no site da banca organizadora. Confira o novo prazo.

Quem não tem multa na CNH poderá receber benefícios NESTE mês

Motoristas que não cometerão infrações nos últimos 12 meses, ou seja, não têm nenhuma multa na CNH, poderão receber vários benefícios.

IBGE, Detran, INSS e MAIS: 33,4 MIL vagas estão abertas nesta semana

Concurseiros podem pleitear diferentes vagas oferecidas em concursos e seletivos que estão com as inscrições abertas.

Eleições 2022: segundo turno será feriado nacional no país? Veja regras

O segundo turno das Eleições 2022 para escolher o próximo presidente da República deve acontecer ainda no final de outubro.

Comece a se planejar: veja calendário com os feriados previstos para 2023

Calendário previsto de feriados para 2023 tem boa expectativa para aqueles que gostam de prolongar a folga. Saiba os detalhes.

Conta de luz será mais cara neste mês de outubro? Veja decisão da Aneel

Consumidores de todo o Brasil precisam estar atentos às mudanças na conta de luz para poderem se organizar.