Concurso GCM SP: saiu autorização para novo edital com 1.000 vagas

O concurso GCM SP foi autorizado e deve abrir 1.000 vagas para Guarda Civil Metropolitano.

Foi publicada nesta quarta-feira, 20 de outubro de 2021, no Diário Oficial do Município de São Paulo, a autorização para realização do concurso GCM SP. De acordo com o documento, as vagas serão para a terceira classe da Guarda Municipal.

A autorização do prefeito Ricardo Nunes tem um quantitativo abaixo do solicitado pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana, que havia previsto 1.700 vagas.

Concurso GCM SP: situação atual

A Prefeitura de São Paulo já havia instituído a comissão responsável em planejar, organizar e coordenar o concurso GCM SP.

Com a autorização do certame, que pode ser conferida neste link, a expectativa é para os próximos passos, que devem incluir:

  • Elaboração do projeto básico do concurso público;
  • Contratação da banca organizadora responsável pelo certame;
  • Publicação do edital de abertura.

Concurso GCM SP: requisitos

De acordo com o último edital de concurso público para o cargo, era preciso atender alguns requisitos para assumir a vaga, confira:

  • Conclusão no nível médio;
  • Ter entre 18 a 35 anos;
  • Altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres
  • Carteira de habilitação a partir da categoria “B”.

Concurso GCM SP: último edital

O certame foi organizado sob responsabilidade da Fundação para o Vestibular da
Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP.

O último edital foi publicado em 2013 e abriu 2.000 vagas distribuídas da seguinte maneira:

  • Guarda Civil Metropolitano – 3ª Classe, QGC-1A (sexo feminino): 600 vagas;
  • Guarda Civil Metropolitano – 3ª Classe, QGC-1A (sexo masculino): 1.400 vagas.

A remuneração do cargo é de R$ 1.377,72 , tendo como referência o mês de julho de 2013, sendo composta:

  • Vencimento do padrão, no valor de R$ 652,31;
  • Gratificação de 80%, correspondendo a R$ 516,57, referente à gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP;
  • Abono suplementar de R$ 205,84.

Os profissionais inscritos foram avaliados por meio de três etapas, que consistiam em provas objetivas; prova de aferição de altura e aptidão física; e avaliação psicológica.

Leia também

você pode gostar também