Saiba como regularizar e pagar o seu IPVA atrasado em 2021

Para não ter contratempos ao passar por alguma fiscalização de trânsito, é essencial manter impostos como o IPVA em dias.

Os condutores de todos os estados da federação têm, atualmente, na palma da mão, pela tela do celular, todos os dados necessários para quitar dívidas de veículos.

Além da Carteira Nacional de Habilitação, é possível acessar pelo celular o Certificado do Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) digital. Mais recentemente, o antigo “DUT” (Comprovante de Transferência de Propriedade) também foi disponibilizado digitalmente.

Dessa forma, além de ter acesso a dívidas atrasadas do seu veículo, o condutor ainda consegue receber alertas importantes de recall e até de multas cometidas. Da mesma forma, é possível ainda utilizar os aplicativos de alguns bancos, já credenciados com os governos estaduais, para quitar IPVA e outros impostos.

Como regularizar IPVA atrasado em 2021

Aliado ao que dissemos acima, vale lembrar que, com a pandemia, que eclodiu em abril de 2020, todos os estados brasileiros criaram formas de os condutores se manterem em dia com o IPVA, por meio do acesso às informações pela internet.

Até porque, se for pego numa “blitz” sem o IPVA pago, o condutor será multado com o valor equivalente a uma infração grave. O valor é de R$ 195,23 e, claro, ele acumulará 5 pontos na Carteira de Habilitação.

Cada estado tem uma modalidade de cobrança de IPVA, podendo, inclusive, ser parcelado. O que importa mesmo é não atrasar o pagamento, porque, nesses casos, incidirão multas diárias.

Confira o passo a passo para regularizar IPVA atrasado:

  • Acesse o site do Detran do estado em que seu veículo estiver registrado. Insira o número da placa ou do RENAVAM, dependendo do sistema;
  • Outra opção é acessar o aplicativo do banco que estiver credenciado para receber esse imposto. Por exemplo, na Bahia, o Banco do Brasil está credenciado e basta possuir uma conta corrente nesse banco para conseguir pagar. Quem não tem conta no banco credenciado, pode pedir a um amigo que possua. O sistema pede apenas que informe o número do RENAVAM;
  • Ao entrar no site do Detran, emita um documento de arrecadação, ou seja, uma guia de pagamento;
  • Se o IPVA atrasado se referir a anos anteriores, o melhor é entrar em contato, de preferência presencial, com o órgão de trânsito estadual (Detran, Ciretran, Secretaria de Fazenda ou órgão equivalente em sua cidade). Busque saber os valores e as formas de negociação.

Leia também

você pode gostar também