Conta de luz mais barata: 6 dicas para economizar energia

A economia da eletricidade nas residências exige algumas mudanças de comportamento que não sacrificam o estilo de vida e conforto das famílias, mas geram mais consciência.

O orçamento familiar doméstico torna-se cada vez mais desafiador de se administrar diante da alta dos preços e da crise econômica no Brasil. Neste sentido, mudanças de comportamento de consumo e medidas paliativas são fundamentais para passar por esse período sem grandes sacrifícios.

No geral, economizar na conta de energia elétrica diante de tantas bandeiras e tarifas extras permite utilizar o dinheiro em outros sentidos, como na compra de bens de consumo e em outras contas familiares. Sendo assim, confira 6 dicas para economizar energia a seguir:

Como economizar energia elétrica?

1) Aproveite a luz natural

Evite ligar as luzes dos cômodos durante o dia, e opte por deixar as janelas abertas nesse período. Assim, você evita o consumo prolongado, garantindo melhor desempenho dos equipamentos enquanto economiza com consciência.

Se precisar, aposte em cortinas translúcidas para manter a privacidade, mas aposte no uso de vidros e espelhos para aumentar a luminosidade dos cômodos. Outra ferramenta interessante é a instalação de claraboias no teto, no caso dos corredores e escadas.

2) Compre aparelhos com melhor desempenho

No geral, os aparelhos mais antigos tendem a consumir mais energia, oferecendo menor desempenho. Neste sentido, é interessante apostar em eletrodomésticos mais modernos, que oferecem um aproveitamento maior e são otimizados.

3) Opte por lâmpadas fluorescentes ou de LED

As lâmpadas de LED podem ser mais caras no mercado, mas oferecem maior durabilidade e desempenho, garantindo uma boa luminosidade para a sua residência. De acordo com dados da Associação Brasileira de Importadores de Produtos de Iluminação, as lâmpadas fluorescentes e de LED reduzem os gastos com energia elétrica em até três vezes.

Além disso, ambas tendem a durar o dobro do tempo enquanto consomem metade da energia das lâmpadas tradicionais. Portanto, são um investimento inteligente e sustentável.

4) Remova os eletrônicos da tomada

Evite deixar carregadores e fontes de computador ligados na tomada sem uso, pois isso gera um desperdício de energia. Mesmo aqueles monitores que ficam suspensos ou não são utilizados com frequência tendem a consumir eletricidade.

5) Faça manutenções no sistema elétrico de sua casa

Em alguns casos, pode estar havendo uma fuga de energia, onde há um escape de energia elétrica na rede da residência. Desse modo, o valor na conta de luz não reflete o consumo, pois há um desvio em alguma parte da casa. Sendo assim, é interessante contratar os serviços de um eletricista para revisar essa estrutura.

6) Evite banhos longos

Os aparelhos eletrodomésticos que utilizam energia para gerar calor, como é o caso dos chuveiros elétricos, tendem a consumir mais eletricidade do que outros dispositivos. Neste sentido, banhos longos são inimigos da economia, pois demandam mais potência a longo prazo.

Sendo assim, invista em banhos curtos e aproveite para economizar água da casa. Assim você garante a economia em duas contas e ainda ajuda o meio ambiente.

Leia também

você pode gostar também

WhatsApp: saiba como recuperar conversas apagadas no aplicativo

Mensagens apagadas podem ser recuperadas por meio da ferramenta de backup dos aparelhos, mas ela deve ser ativada antes da tentativa.

Redação nota mil: 5 hábitos simples que te ajudam a escrever melhor

Conheça cinco dicas sobre como fazer uma redação nota mil e deixe a sua aprovação no concurso público bem mais perto.

Cronograma de estudos: o que levar em conta na hora de montar o seu?

Descubra o que não pode faltar no seu cronograma de estudos e aumente as chances de ser aprovado em qualquer concurso público.

Cartão do Auxílio Brasil: entenda como validar e cadastrar a senha

A validação da senha pode ser feita pelo aplicativo Caixa Tem, em unidades lotéricas ou agências da Caixa.

Concurso INSS: saiba estudar mais rápido e MELHOR antes do Edital

Concurso INSS: 1.000 vagas serão formalizadas por meio da publicação do edital até dezembro deste ano, mas já é possível se preparar.

5 erros comuns de Matemática para não cometer novamente; veja lista

Fique por dentro dos cinco erros comuns de Matemática para não cometê-los novamente e aumente suas chances de passar no concurso.