Concurso PM CE: edital abre vagas para Soldados; cronograma foi alterado

Edital do concurso PM CE (Polícia Militar do Estado do Ceará) oferta 2.000 vagas para provimento do cargo de Soldado da PM CE.

As inscrições para o concurso PM CE (Polícia Militar do Estado do Ceará) foram prorrogadas! O edital nº 01/2021 contempla 2.000 vagas para o cargo de Soldado (Praça), sob a responsabilidade da FGV – Fundação Getúlio Vargas.

São oferecidas, por gênero, 1.360 vagas para o sexo masculino e 240 para o sexo feminino, isto na ampla concorrência. Quanto às vagas por cota racial, são 340 vagas para o sexo masculino e 60 para o sexo feminino.

Vale ressaltar que, antes do aprovado ser nomeado ao cargo de Soldado PM, será matriculado como Aluno-Soldado do Curso de Formação de Soldados. O vencimento inicial do Aluno Soldado PM CE será de R$ 2.126,93. Na categoria de Soldado PM, o valor passará a ser de R$ 4.192,72.

Continue acompanhando a matéria e saiba os detalhes.

O que é preciso para ingressar na PM CE?

Para Soldado da PM CE, alguns dos requisitos básicos são os seguintes: 

  • Ensino médio completo;
  • Idade igual ou superior a 18 anos e, na data de inscrição no concurso idade de até 29 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Ser brasileiro ou de nacionalidade portuguesa, desde que amparado pelo estatuto;
  • Estar em gozo dos direitos políticos e quite com as obrigações militares e eleitorais;
  • Ter aptidão física e mental;
  • Possuir CNH, categoria B, válida;
  • Possuir boa reputação social, sem processos criminais, entre outros.

Inscrições e isenção

As inscrições para o concurso PM CE foram prorrogadas, conforme comunicado, e ficarão abertas até as 16h do dia 22 de setembro de 2021, por meio do site da Fundação Getúlio Vargas. O valor a ser pago é de R$ 120,00.

O regulamento prevê que somente haverá isenção do pagamento dessa taxa para servidores públicos, hipossuficientes, doadores de sangue e para alunos que estudam ou concluíram seus estudos na rede pública ou cujas famílias tenham até dois salários mínimos.

Concurso PM CE: o que faz o Soldado

Independente da unidade da federação, a principal atividade do Soldado da Polícia Militar é executar o policiamento ostensivo, devidamente fardado, com ações planejadas pelas autoridades policiais competentes.

Nessa tarefa diária o servidor militar deve ter consciência plena dos princípios da legalidade, hierarquia e disciplina, pois, somente assim, cumprirá a lei de forma integral, primando pelo respeito à cidadania e a manutenção da ordem pública.

O Soldado, assim, atua inibindo os atos atentatórios contra pessoas, bens e meio ambiente, além de assegurar o exercício dos poderes constituídos.

No rol das condições gerais do cargo, o edital anterior do concurso PM CE informa que o Soldado trabalha “tendo contato cotidiano com o público, de forma individual ou em equipe”.

Menciona ainda que o trabalho pode ser em ambiente aberto ou fechado, “com sol ou chuva, a pé, montado, embarcado ou em veículos (bicicletas, carros, motos etc.), em horários diversos (diurno, noturno ou em rodízio de turnos), em datas de feriados e finais de semana”.

Além de tudo isso, deve estar preparado para “atuar em condições de pressão e de risco, com possibilidade de contágio de moléstias e de morte em sua rotina de trabalho”.

Etapas do concurso PM CE

As cinco etapas do concurso PM CE, de acordo com o novo edital, são as seguintes:

  • Prova objetiva (exame intelectual), elaborada e aplicada pela FGV;
  • Exame de saúde, sob os cuidados da FGV;
  • Avaliação psicológica, sob os cuidados da FGV;
  • Exame de capacidade física, sob os cuidados da FGV;
  • Investigação social, essa única etapa sob os cuidados da SSPDS.

Todas as provas serão realizadas na capital, Fortaleza, e na Região Metropolitana.

Prova objetiva

A prova objetiva tem previsão de ser aplicada no dia 7 de novembro de 2021, com duração de quatro horas (das 14h15 às 18h15). Como estamos ainda em plena pandemia da COVID-19, essa data prevista ainda necessitará ser confirmada pela FGV no momento oportuno.

Os candidatos responderão a 80 questões, distribuídas em dois módulos:

  • Primeiro módulo: Conhecimentos Básicos – Língua Portuguesa / Interpretação de Texto, Raciocínio Lógico, Atualidades / História do Ceará e Noções de administração pública / Ética no serviço público;
  • Segundo módulo: Conhecimentos Específicos – Noções de Direito Constitucional / Direitos Humanos, Noções de Direito Penal Militar / Processo Penal Militar, Noções de Direito Penal, Noções de Criminologia e Segurança Pública.

Para ser aprovado nessa primeira etapa, o candidato deverá obter, no mínimo, 20 acertos em cada módulo. Todas as convocações para as etapas seguintes dependerão desse resultado na primeira etapa.

Se houver empates, eles serão decididos por critérios de maior nota em determinadas matérias e de faixa etária, conforme os detalhamentos explicitados no edital.

Exames de capacidade física, psicológicos e de saúde

Na parte de avaliação da capacidade física, os candidatos serão submetidos aos seguintes testes:

  • Exercício abdominal (maior ou igual a 28 ou 36 repetições, conforme o gênero do candidato);
  • Exercício de corrida (2.400 ou 1.800 metros, conforme o gênero);
  • Exercício de flexão dinâmica de braço (masculino) ou exercício de flexão estática de braço (feminino);
  • Corrida de 50 metros.

A avaliação psicológica, segundo o edital, terá como objetivo testar os candidatos nas capacidades de:

  • Solucionar problemas;
  • Utilizar funções psicológicas necessárias ao desempenho do cargo;
  • Adaptação e adequação de características individuais às atividades inerentes ao cargo.

Os exames de saúde admissionais serão:

  • Hemograma completo com plaquetas;
  • Coagulograma completo com tempo de protombina e tempo parcial de tromboplastina;
  • Dosagens de glicose, uréia, creatinina, ácido úrico, AST e ALT;
  • Sumário de urina;
  • Raio-X de tórax em PA com laudo;
  • Eletrocardiograma com laudo;
  • Eletroencefalograma com laudo;
  • Audiometria;
  • Exame oftalmológico (acuidade visual, tonometria, senso cromático, fundo de olho, biomicroscopia);
  • Exame Toxicológico, entregue no momento do Exame de Saúde.

CFS, investigação social e validade do concurso PM CE

A etapa de investigação social cumprirá um rito longo e necessário para validar a aprovação dos candidatos. Ela envolverá o preenchimento do chamado “Formulário de Informações Confidenciais (FIC)”, as diligências, as entrevistas, os pedidos de informação e a solicitação de uma série extensa de documentos.

Isto é necessário, porque, segundo o edital, “a investigação social se destina a examinar o perfil social do candidato sobre a vida pregressa e atual, no âmbito social, funcional, civil e criminal e a eventual existência de incompatibilidade pessoal deste para o exercício das funções inerentes ao Soldado”.

Por fim, todos os que passarem com aprovação nas cinco etapas do concurso PM CE serão integrados à carreira militar, com matrícula efetivada no Curso de Formação de Soldados (CFS). Os sete meses do CFS serão administrados pela Academia Estadual de Segurança Pública do Estado do Ceará (AESP/CE).

O concurso público da Polícia Militar cearense terá uma validade de dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais