Concurso TCU recebe nova autorização; 20 vagas para Auditor

Concurso TCU (Tribunal de Contas da União) poderá ter edital publicado em breve. Presidente do órgão já autorizou certame, com 20 vagas para Auditor. Confira.

O concurso TCU (Tribunal de Contas da União) recebeu mais movimentações em 2021 e, por isso, o edital poderá ser liberado em breve. No dia 26 de maio de 2021, foi divulgada uma nova autorização para o certame, com a oferta de 20 vagas efetivas em Brasília/DF.

As oportunidades serão preenchidas para o cargo de Auditor Federal de Controle Externo (AUFC). Também haverá disponibilidade para cadastro de reserva, no sentido de garantir, se for necessário, “vagas decorrentes de eventuais vacâncias ocorridas durante o prazo de validade do concurso”.

A autorização anterior havia sido publicada no Diário Oficial da União (DOU), em sua edição de 02 de março de 2020. Entretanto, o TCU decidiu revogar os efeitos do documento e publicou a nova autorização no mês de maio de 2021.

Outra novidade diz respeito à comissão organizadora do concurso TCU. Isso porque, no dia 26 de maio de 2021, nove servidores foram designados para a equipe. Eles vão ficar responsáveis pelos procedimentos iniciais de operacionalização.

O próximo passo será o de contratar a banca organizadora do concurso TCU e publicar o edital de abertura. Quer saber como funciona o certame, bem como quais geralmente são os cargos pleiteados? Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de todos os detalhes.

Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Concurso TCU: situação atual

A expectativa é sejam concedidas vagas efetivas para técnicos e auditores do TCU, cargos esses que exigem níveis médio e superior, respectivamente. No PLOA 2021, constava a previsão de 30 novos postos por meio de um concurso TCU. O valor total de receita da União estimado para 2021 é da ordem de R$ 4.291.872.437.622. 

Até o momento, o presidente do TCU apenas autorizou 20 vagas para Auditor Federal de Controle Externo (AUFC), além de formação de cadastro reserva. O concurso público anterior já teve validade expirada e, por isso, o novo edital poderá ser liberado em breve.

Confira a nova autorização para o concurso TCU, divulgada no dia 26 de maio de 2021:

A comissão organizadora foi escolhida pelo TCU no mesmo dia em que a nova autorização foi publicada. Cerca de nove servidores vão providenciar os estágios iniciais do certame, com vagas para Auditor.

Feito isso, será aberta uma licitação para contratar a banca do concurso público, que ficará responsável pelo edital de abertura e as fases do certame do TCU. Trata-se de um concurso bastante aguardado devido ao déficit atual no quadro de servidores.

As tabelas demonstrativas*, que foram elaboradas pela Secretaria de Gestão de Pessoas do TCU, denotam 457 postos vagos nas três carreiras principais. Desse total, há o déficit de 208 profissionais para o cargo de Auditor Federal de Controle Externo do TCU.

*As tabelas demonstrativas podem ser encontradas no portal da transparência do TCU, publicadas no dia 29 de abril de 2020. É possível que os números sofram alterações com o passar do tempo e conforme a necessidade do órgão.

Concurso TCU: cargos do órgão

De uma maneira geral, o Tribunal de Contas da União (TCU) contempla as três seguintes carreiras em níveis médio e superior:

  • Auditor Federal de Controle Externo (nível superior, com 20 vagas previstas);
  • Técnico Federal de Controle Externo (nível médio, sem previsão de novo concurso público);
  • Auxiliar de Controle Externo (nível médio, sem previsão de novo concurso público).

Concurso TCU: requisitos e atribuições dos cargos

Confira, abaixo, como geralmente é a rotina dos servidores contratados por meio do concurso TCU:

Auditor Federal de Controle Externo

  • Especialidade: Controle Externo;
  • Orientação: Auditoria Governamental;
  • Requisitos para concorrer no concurso TCU: diploma de conclusão de curso de nível superior ou habilitação legal equivalente em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Atribuições: desenvolver atividades de planejamento, de coordenação e de execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos da União, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a efetividade em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, dos atos daqueles jurisdicionados ao Tribunal de Contas da União.

Auditor Federal de Controle Externo

  • Especialidade: Controle Externo;
  • Orientação: Auditoria de Tecnologia da Informação;
  • Requisitos para concorrer no concurso TCU: diploma de conclusão de curso de nível superior ou habilitação legal equivalente em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Atribuições: desenvolver atividades de planejamento, de coordenação e de execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos da União, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a efetividade em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil patrimonial e operacional, dos atos daqueles jurisdicionados ao Tribunal de Contas da União, bem como apoiar o desenvolvimento e suporte a soluções de Tecnologia da Informação necessárias ao TCU.

Técnico Federal de Controle Externo

  • Área: Apoio Técnico e Administrativo;
  • Especialidade: Técnica-administrativa;
  • Requisitos para concorrer no concurso TCU: certificado de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Atribuições: executar atividades de apoio técnico e administrativo necessárias ao desempenho das atividades inerentes ao funcionamento do TCU, bem como as demais atribuições previstas na Resolução–TCU nº 154, de 4 de dezembro de 2002, e alterações posteriores.

Concurso TCU: remunerações para Auditor, Técnico e Auxiliar

Conforme tabela atualizada no portal da transparência, o Auditor Federal de Controle Externo recebe:

  • Vencimento básico inicial: R$ 6.635,29;
  • Gratificação de desempenho: R$ 8.475,69;
  • Gratificação de Controle Externo: R$ 6.767,99;
  • Abono: R$ 68,85;
  • Remuneração total para Auditor do TCU: R$ 21.947,82.

Aqueles que classificam no cargo de Técnico Federal de Controle Externo, por sua vez, recebem:

  • Vencimento básico inicial: R$ 4.778,15;
  • Gratificação de desempenho: R$ 5.509,23;
  • Gratificação de Controle Externo: R$2.231,30;
  • Abono: R$ 68,85;
  • Remuneração total para Técnico do TCU: R$ 12.697,54.

Por fim, o cargo de Auxiliar Federal de Controle Externo conta com:

  • Vencimento básico inicial: R$ 3.106,80;
  • Gratificação de desempenho: R$ 3.581,01;
  • Gratificação de Controle Externo: R$ R$ 745,63;
  • Abono: R$ 68,85;
  • Remuneração total para Auxiliar do TCU: R$ 7.502,30.

Concurso TCU: benefícios aos servidores contratados

Conforme a Secretaria de Gestão de Pessoas (Segep TCU), os servidores convocados no concurso TCU contam com os seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação: R$ 1.011,04;
  • Assistência pré-escolar: 791,58;
  • Exames periódicos: R$ 134,13;
  • Assistência médica e odontológica: R$ 397,03;
  • Total dos benefícios: R$ 2.333,78.

Concurso TCU: cargos de confiança

Além das convocações regulares, o TCU também pode selecionar profissionais para atuarem em funções de confiança. Ao menos 119 vagas estavam disponíveis em 2020, levando em consideração o total de 913 postos (ocupados e vagos).

Confira o demonstrativo de ocupação de funções de confiança, atualizado no dia 30 de abril de 2020:

Sem contar com a gratificação de desempenho e de controle externo, os servidores recebem os seguintes valores básicos de pagamento:

Último concurso TCU (editais nº 5 e 6/2015)

Em 2015, o concurso TCU ofertou 66 vagas para Auditor de Controle Externo e mais 42 para Técnico Federal de Controle Externo. Ambos os concursos públicos foram realizados pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

As etapas classificatórias foram realizadas nas cidades de Rio Branco – AC, Macapá – AP, Manaus – AM, Brasília – DF, Cuiabá – MT, Belém – PA e Boa Vista – RR. Na época, os profissionais classificados estiveram submetidos a jornadas de 40 horas semanais. Confira as remunerações de ambos os cargos do TCU:

  • Remuneração para Auditor Federal de Controle Externo: R$ 14.078,66;
  • Remuneração para Técnico Federal de Controle Externo: R$ 7.938,36.

Inscrições no último concurso TCU e isenção do pagamento

Os interessados em prestar o concurso TCU de 2015 puderam entrar na disputa entre os dias 15 e 29 de junho de 2015. As taxas de inscrição foram calculadas conforme o nível de escolaridade exigido:

NívelTaxa de inscrição em R$
Médio90,00
Superior160,00

De acordo com os editais de abertura do concurso TCU, foram isentos aqueles que:

Etapas do último concurso TCU

Para Técnico Federal de Controle Externo

  • Primeira etapa – Prova objetiva de conhecimentos básicos (P1): 50 itens para julgar como certo ou errado;
  • Primeira etapa – Prova objetiva de conhecimentos específicos (P2): 50 itens para julgar como certo ou errado;
  • Primeira etapa – Prova discursiva de conhecimentos básicos e específicos (P3): duas questões;
  • Primeira etapa – Prova discursiva de conhecimentos específicos (P4): uma questão de natureza técnica;
  • Segunda etapa: Programa de Formação, de caráter eliminatório.

A prova objetiva (P1) e a prova discursiva (P3) do concurso TCU tiveram duração de três horas e foram aplicadas no dia 9 de agosto de 2015, no turno da manhã. Por sua vez, a prova objetiva (P2) e a prova discursiva (P4) foram realizadas no turno da tarde do mesmo dia.

Somente seriam aprovados nas provas objetivas do concurso TCU aqueles que alcançassem:

  • Nota superior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos (P1);
  • Nota superior a 15,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos (P2);
  • Nota superior a 30,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Para Auditor Federal de Controle Externo

  • Primeira etapa – Prova objetiva de conhecimentos gerais (P1): 100 itens para julgar como certo ou errado;
  • Primeira etapa – Prova objetiva de conhecimentos específicos (P2): 100 itens para julgar como certo ou errado;
  • Primeira etapa – Prova discursiva de conhecimentos gerais (P3): duas questões;
  • Primeira etapa – Prova discursiva de conhecimentos específicos (P4): uma questão e uma peça de natureza técnica;
  • Segunda etapa: Programa de Formação, de caráter eliminatório.

A prova objetiva (P1) e a prova discursiva (P3) do concurso TCU tiveram duração de cinco horas e foram aplicadas no dia 16 de agosto de 2015, no turno da manhã. Por sua vez, a prova objetiva (P2) e a prova discursiva (P4) foram realizadas no turno da tarde do mesmo dia.

Somente seriam aprovados nas provas objetivas do concurso TCU aqueles que alcançassem:

  • Nota superior a 20,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos gerais (P1);
  • Nota superior a 30,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos (P2);
  • Nota superior a 60,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Segunda etapa: Programa de Formação no último concurso TCU

Em caráter eliminatório, o Programa de Formação foi realizado pelo Instituto Serzedello Corrêa, com duração mínima de:

  • 120 horas para Auditor Federal de Controle Externo;
  • 60 horas para Técnico Federal de Controle Externo.

Somente foram convocadas para essa etapa aqueles que se classificaram em todas as provas objetivas do concurso TCU. O Programa de Formação aconteceu na cidade de Brasília – DF.

O que estudar para o concurso TCU?

Conhecimento Básicos (Técnico do TCU)

  • Língua Portuguesa;
  • Direito Constitucional;
  • Noções de Informática;
  • Atualidades;
  • Conhecimentos Específicos;
  • Direito Administrativo;
  • Execução Orçamentária e Financeira;
  • Controle Externo;
  • Noções de Administração;
  • Auditor Federal de Controle Externo (para todas as especialidades).

Conhecimentos Gerais (Auditor do TCU – todas as especialidades)

  • Língua Portuguesa;
  • Língua Inglesa;
  • Raciocínio Analítico;
  • Matemática Financeira;
  • Noções de Estatística;
  • Controle Externo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Auditoria Governamental;
  • Análise de Informações.

Conhecimentos específicos (Auditor do TCU – Auditoria Governamental)

  • Noções de Economia do Setor Público e da Regulação;
  • Contabilidade;
  • Administração Financeira e Orçamentária;
  • Administração Pública.

Conhecimentos específicos (Auditor do TCU – Tecnologia da Informação)

  • Gestão, Governança de TI e Engenharia de Software;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Infraestrutura de TI;
  • Segurança da Informação;
  • Fiscalização de contratos de tecnologia da informação.

Sobre o TCU

YouTube video

O TCU é o órgão de controle externo do governo federal. Ele auxilia o Congresso Nacional no acompanhamento para a execução orçamentária e financeira do país, contribuindo com o aperfeiçoamento da Administração Pública.

Em termos gerais, o TCU é responsável pela fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial dos órgãos e entidades públicas do país. O tribunal busca colocar em prática os princípios da legalidade, legitimidade e economicidade.

Leia também


você pode gostar também

Concurso TSE Unificado prevê abertura de 205 vagas para 2023

Concurso TSE Unificado tem objetivo de abranger os Tribunais Regionais Eleitorais em um único certame. Edital segue previsto para o ano que vem.

Concurso Senado: banca organizadora foi escolhida; ganhos de até R$ 33,4 mil

Concurso Senado Federal escolhe a FGV como banca organizadora. Certame terá 19 vagas imediatas e 989 para cadastro reserva.

Concurso Receita Federal: edital com 699 vagas é autorizado; entenda

Concurso Receita Federal foi autorizado pelo Ministério da Economia. Novo edital é aguardado para o segundo semestre de 2022.

Concurso Marinha do Brasil: editais publicados; confira as vagas disponíveis

Concurso Marinha do Brasil abre oportunidades em diversas áreas. Confira os detalhes do certame e saiba como realizar a sua inscrição.

️Concurso Exército ESFCEx Saúde: editais e inscrição; 167 vagas

️Concurso Exército ESFCEx Saúde abre vagas para profissionais de nível superior em diferentes áreas. Veja como participar do certame.

Concurso ANVISA: solicitação de edital será enviada ao Ministério da Economia; 107 vagas

Concurso ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vai solicitar a abertura de edital para cargos de níveis médio e superior.