Concurso TSE Unificado abre 389 vagas; até R$ 13,9 mil

Concurso TSE Unificado abre vagas destinadas a profissionais com nível superior de escolaridade. Veja como realizar sua inscrição.

Foi publicado o edital nº 1/2024 do concurso TSE Unificado, que visa o preenchimento de 389 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva. As oportunidades possuem lotação por quase todos os estados do Brasil. Os cargos disponíveis são de Técnico e Analista Judiciário, ambos de nível superior de escolaridade.

continua depois da publicidade

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é a banca organizadora do certame. A validade se esgotará após dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado, podendo ser prorrogado uma única vez e por igual período.

Concurso TSE Unificado: conheça as vagas

O Tribunal Superior Eleitoral – TSE e Tribunais Regionais Eleitorais – TREs, por meio do concurso unificado, abrem vagas nos seguintes cargos:

Leia também
  • Analista Judiciário – Área Administrativa: nível superior em qualquer área do conhecimento;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Contabilidade: requer curso superior em Ciências Contábeis e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquitetura: exige nível superior em Arquitetura e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquivologia: requer curso superior em Arquivologia e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Biblioteconomia: oportunidade para profissional com curso superior em Biblioteconomia e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem: requer curso superior em Enfermagem e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Civil: requer curso superior em Engenharia Civil e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Elétrica: exige curso superior em Engenharia Elétrica e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia Mecânica: requer curso superior em Engenharia Mecânica e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Estatística: requer nível superior em Estatística e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina Clínica Médica: requer curso superior em Medicina e registro de qualificação de Especialidade (RQE) no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina Psiquiatria: requer nível superior em Medicina e registro de qualificação de Especialidade (RQE) no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina do Trabalho: requer nível superior em Medicina e registro de qualificação de Especialidade (RQE) no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Odontologia: requer curso superior em Odontologia e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Psicologia: requer curso superior em Psicologia e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Serviço Social: exige curso superior em Serviço Social e registro no órgão de classe;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação: curso superior na área de Tecnologia da Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Engenharia de Software, Engenharia de Redes, Segurança das Informações, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação ou outras correlatas;
  • Analista Judiciário – Área Judiciária: exige ensino superior em Direito;
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: requer curso de ensino superior em qualquer área de formação;
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Agente da Polícia Judicial: requer curso de ensino superior em qualquer área de formação;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Programação de Sistemas: exige curso de ensino superior em qualquer área de formação, certificado de conclusão com aproveitamento de curso de programação ou desenvolvimento de sistemas de, no mínimo, 180 horas ou cuja soma seja de, no mínimo, 180 horas.

Aqueles que forem contratados vão receber remuneração inicial que varia de R$ 8.529,65 a R$ 13.994,78 para trabalhar em jornadas semanais de 40 horas.

continua depois da publicidade

Além das vagas destinadas à ampla concorrência, haverá reserva para candidatos com deficiência e pessoas negras ou indígenas.

Lotação dos cargos concurso TSE Unificado

As vagas deste concurso público estarão distribuídas entre os seguintes órgãos:

  • Tribunal Superior Eleitoral;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Acre;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Amapá;
  • Tribunal Regional Eleitoral da Bahia;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Ceará;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Goiás;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Pará;
  • Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Paraná;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Piauí;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Roraima;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe;
  • Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Etapas do concurso TSE Unificado

Todos os candidatos inscritos no concurso TSE Unificado serão avaliados por meio de provas objetivas, fase com caráter eliminatório e classificatório, previstas para serem aplicadas no dia 22 de setembro de 2024.

continua depois da publicidade

Além disso, haverá aplicação de etapas adicionais, que variam conforme a vaga em disputa, confira:

  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, somente para os cargos de Analista Judiciário;
  • Teste de aptidão física, de caráter eliminatório, somente para os inscritos no cargo de Técnico Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Agente da Polícia Judicial;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório, somente para os inscritos nos cargos de Analista Judiciário.

Todas as fases do concurso, para todos os candidatos, serão realizadas nas capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal.

continua depois da publicidade

Inscrições no concurso TSE Unificado

Os interessados em participar do concurso TSE Unificado devem realizar suas inscrições, exclusivamente via internet, a partir das 10h de 4 de junho até as 18h de 18 de julho de 2024.

As inscrições devem ser realizadas no site da banca organizadora Cebraspe, bastando localizar o edital de interesse e preencher o formulário de solicitação para a vaga que deseja concorrer. O valor cobrado como taxa de inscrição é de:

  • R$ 130,00 para disputar o cargo de Analista Judiciário;
  • R$ 85,00 para disputar o cargo de Técnico Judiciário.

Edital e outros detalhes

Concurso TSE Unificado, Edital Concurso TSE Unificado, seleção TSE Unificado, Concurso TSE, Concurso TRE.

Concurso TSE Unificado: leia com atenção o edital de abertura. Foto: montagem / Pexels – CanvaPRO

O edital do concurso TSE Unificado está publicado no site do Diário Oficial da União, edição de 29 de maio de 2024. Em breve, o documento estará publicado também no site da banca organizadora Cebraspe.

Se houver dúvidas ou reclamações contate a banca organizadora pelo telefone (61) 3448-0100, ou endereço de e-mail sac@cebraspe.org.br.

Você também pode
gostar

Concursos em sua
cidade