Concurso TSE Unificado 2023: previsão de mais de 500 vagas

Concurso TSE Unificado: a Justiça Eleitoral, que engloba tanto o TSE quanto os TRE’s, pode realizar novos concursos públicos a partir de 2023.

Com o ano que se inicia, a esperança de que novos concursos públicos para a Justiça Eleitoral Brasileira sejam autorizados é grande. Se liberadas, as novas vagas do concurso TSE Unificado 2023 serviriam para contemplar os quadros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos diversos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE’s).

A expectativa é de que a maioria dos Tribunais Regionais possa realizar concurso público, entre eles, os TRE’s de Tocantins, Sergipe, São Paulo, Santa Catarina, Roraima, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Piauí, Paraná, Goiás, Espírito Santo, Mato Grosso, Maranhão e Ceará.

Concurso TSE Unificado 2023: previsão de vagas

Em agosto do ano passado, quando foi definido o Projeto de Lei Orçamentária Anual para o ano de 2023, houve previsão de criação de cargos e de vagas no TSE. De acordo com o PLOA, seria necessário criar 10 novos postos de trabalho, além de prover 505 cargos no órgão, totalizando, pelo menos, 515 vagas.

Apesar disso não ser certeza, apenas possibilidade, é fato que essa previsão orçamentária sinaliza claramente para a necessidade de se reforçar os quadros da Justiça Eleitoral no decorrer dos próximos anos. Porém, infelizmente, o TSE, consultado pela equipe do Concursos no Brasil em 17 de janeiro de 2023, não tem novidades sobre o concurso até o momento:

Concurso TSE Unificado, Concurso TRE Unificado, Edital TRE, Edital TSE
Informações da Assessoria do TSE sobre o concurso.

Conforme já noticiamos desde julho de 2022, a realização de concurso público de forma unificada no TSE vem para facilitar todos os trâmites administrativos. A instituição solicitou, desde então, a todos os Tribunais Regionais Eleitorais um levantamento sobre as demandas existentes (cargos vagos) e esse processo está relativamente adiantado.

Vagas do último concurso TSE Unificado

O primeiro concurso público unificado promovido pelo TSE foi lançado em 2006 e realizado em 2007, contemplando um número bem pequeno de Tribunais Regionais. Sob os cuidados do então Cespe/UnB, o concurso ofertou 801 vagas distribuídas para quatro órgãos filiados e o próprio órgão-sede. Confira abaixo a divisão daquelas vagas:

  • Tribunal Superior Eleitoral – 280 vagas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Acre – seis vagas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro – 435 vagas;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia – 56 vagas;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Roraima – 24 vagas.

Cargos e remunerações do último concurso TSE Unificado

Os cargos públicos em disputa naquela época, de acordo com o edital nº 1/2006, tiveram remunerações iniciais de R$ 4.034,63 (para Analistas) e R$ 2.415,66 (para Técnicos), considerando uma jornada semanal de 40 horas. As especialidades com oferta de vagas foram:

Nível superior

  • Analista Judiciário – Área Judiciária;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Contabilidade;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Pedagogia;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquivologia;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Biblioteconomia;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: História;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Relações Públicas;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Estatística;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Médica);
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia.

Nível médio/técnico

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Higiene Dental;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Edificações;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Operação de Computadores;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem;
  • Técnico Judiciário – Área Serviços Gerais – Especialidade: Segurança Judiciária;
  • Técnico Judiciário – Área Serviços Gerais – Especialidade: Transporte.

Etapas do último edital TSE Unificado

Os candidatos do concurso TSE Unificado 2006/2007 participaram das etapas avaliativas de:

  • Prova objetiva de Conhecimentos Básicos e Específicos – para todos os inscritos;
  • Prova escrita discursiva – para os cargos de nível superior com lotação no TSE e nos TRE’s;
  • Prova de títulos – para os cargos de nível superior com lotação no TSE; e
  • Prova de capacidade física – para o cargo de Técnico Judiciário – Área Serviços Gerais – Especialidade: Segurança Judiciária.

Último concurso TSE

Falando do último concurso estritamente voltado para o Tribunal Superior Eleitoral (ou seja, não unificado), precisamos retornar até o ano de 2011. Nessa época foi lançado o edital nº 1/2011, com previsão de formação de cadastro de reserva para Analistas e Técnicos.

A remuneração inicial foi de R$ 6.611,39 para Analista Judiciário e de R$ 4.052,96 para Técnico Judiciário, cumprindo-se jornada semanal de 40 horas semanais. Esse valor considerava a soma do vencimento básico, da GAJ – Gratificação de Atividade Judiciária e da VPI – Vantagem Pecuniária Individual.

Cargos do último concurso TSE

Nível superior

  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Contabilidade;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Pedagogia;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquivologia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Biblioteconomia;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Estatística;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia;
  • Analista Judiciário – Área Judiciária.

Nível médio/técnico

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas.

Como foram as provas do concurso TSE 2011/2011

A seleção dos candidatos inscritos foi composta por provas objetivas para todos os cargos (80 questões para Analista e 120 questões para Técnico), e por prova discursiva, esta somente para o cargo de Analista Judiciário. Houve ainda a avaliação de títulos, somente para o cargo de Analista Judiciário.

A prova discursiva constituiu na elaboração de um texto de 30 a, no máximo, 35 linhas, versando sobre tema da atualidade ou conhecimentos específicos, dependendo da especialidade de Analista Judiciário.

Já os títulos considerados para pontuação foram: doutorado, mestrado e especialização, desde que na área da especialidade a que se concorresse.

Leia também

você pode gostar também

Concurso Aeronáutica – EA EAGS 2024: edital e inscrição

Concurso Aeronáutica: abertas 168 vagas para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica, com ingresso em 2024.

Concurso Banco do Brasil 2023: Edital e inscrição

Concurso Banco do Brasil oferece oportunidades para todos os estados do país. Remuneração inicial será de R$ 3.622,23, acrescida de benefícios.

Concurso Marinha Fuzileiros Navais CPesFN 2023: edital com 1080 vagas

Concurso Marinha Fuzileiros Navais CPesFN 2023 contará com oportunidades de nível médio. Inscrições custarão R$ 40,00.

Concurso AGU já tem banca organizadora; edital em breve

Concurso AGU pode ter edital lançado nos próximos meses, uma vez que a contratação da banca organizadora já foi firmada. Veja o que se sabe.

Concurso Receita Federal: cronograma retificado; mais de 600 vagas

Concurso Receita Federal prorrogou as inscrições do certame. O edital conta com oportunidades que podem pagar até R$ 21 mil. Confira o novo período a seguir.

Gabarito INSS: veja quando sai e como consultar

Gabarito concurso INSS 2022: confira tudo sobre o gabarito preliminar do concurso INSS. Provas foram aplicadas neste domingo, 27 de novembro de 2022.