Auxílio-inclusão do INSS tem novo valor confirmado; veja qual

INSS paga o auxílio-inclusão para determinado grupo de segurados com baixa renda. Confira qual é o novo valor das parcelas mensais do benefício em 2024.

O auxílio-inclusão é um benefício assistencial do INSS que tem o objetivo de amparar pessoas com deficiência de baixa renda, mas é necessário cumprir alguns critérios elencados pelo instituto. Em 2024, o valor das parcelas, inclusive, foi reajustado conforme o piso.

continua depois da publicidade

Como assim? Mesmo que a quantia não seja equivalente ao salário mínimo em vigor, o aumento ocorre de maneira propocional pelo fato de o piso ser usado como uma referência. Vamos explicar mais detalhes sobre o assunto para que não haja confusão - leia até o final e confira.

Aproveite que está aqui e não deixe de conferir outros conteúdos que a nossa equipe já publicou. Temos a principal missão de te deixar constantemente atualizado. Portanto, você encontra por aqui pautas com dicas de estudo, economia, notícias de concursos abertos e mais.

Para começo de conversa, quem tem direito ao auxílio-inclusão do INSS?

Leia também

O benefício foi implementado com o objetivo de incentivar a entrada de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Mas, para se tornar elegível a fim de solicitar o auxílio-inclusão, é necessário cumprir algumas exigências determinadas por lei. Veja quais são as principais:

continua depois da publicidade
  • Estar na lista de contemplados do BPC, Benefício de Prestação Continuada, e ter conseguido um emprego com ganhos de até dois salários mínimos; ou, no caso, ter sido suspenso do BPC nos últimos cinco anos por ter entrado no mercado de trabalho, sendo que o limite da remuneração também é de dois salários mínimos;
  • Manter os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico), como endereço residencial, renda da família e outros aspectos;
  • Inscrição do CPF precisa estar em situação regular;
  • Para receber o auxílio-inclusão, a pessoa também deve ter grau de deficiência moderado ou leve;
  • É importante, inclusive, continuar cumprindo todos os critérios do próprio BPC, como a renda per capita mensal, ou seja, limite de 1/4 do salário mínimo vigente no país.

Também é necessário “estar enquadrado como segurado obrigatório do regime geral de previdência social ou como filiado ao regime próprio de previdência social da União, dos estados, do DF ou dos municípios”, informa o INSS.

Qual é o valor atualizado do benefício em 2024?

Aqueles que cumprem todos os critérios do auxílio-inclusão podem solicitar as parcelas mensais por meio do portal ou aplicativo "Meu INSS". Basta seguir as instruções ao clicar em "Novo Pedido" ou, no caso, buscar na lupinha pela palavra "Inclusão", conforme o instituto.

Os dados informados no cadastro precisam estar sempre atualizados, sendo que a consulta do andamento pode ser feita na mesma plataforma, especificamente por meio da opção "Consultar Pedidos". Outros detalhes podem ser obtidos no telefone 135 do INSS.

continua depois da publicidade

Caso você se torne elegível ao benefício, os valores são pagos mensalmente. Em 2024, houve um reajuste com base no piso nacional. O que aconteceu? Geralmente, o auxílio-inclusão tem pagamentos de meio salário-mínimo mensal por beneficiário.

E sabemos que o valor do piso foi reajuste a partir da nova política de valorização. Veja como era a parcela em 2023 e como ficou agora:

  • Antes: com o salário mínimo de 2023 no valor de R$ 1.320,00, o benefício era de R$ 660,00;
  • Depois: como o piso passou a ser R$ 1.412,00 em 2024, o auxílio-inclusão foi atualizado para R$ 706,00.

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade