Como saber se estou inscrito no CadÚnico? Saiba fazer consulta pelo CPF

Se você está interessado em fazer parte de algum programa social do governo federal e não sabe se está inscrito no CadÚnico, saiba que com uma simples consulta pelo CPF é possível descobrir a resposta.

Se você está querendo se tornar um beneficiário de algum programa social do governo federal, deve ter em mente acerca da necessidade de estar inscrito no CadÚnico. Caso não saiba se está registrado nesse cadastro, não tem problema. É que a partir de uma simples consulta pelo seu CPF, você consegue descobrir – em poucos segundos - se está inscrito ou não (veja abaixo como).

continua depois da publicidade

O CadÚnico, ou o Cadastro Único para Programas Sociais, é um conjunto de informações que permite identificar e caracterizar as famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza. Criado em 2001, o CadÚnico é considerado hoje a principal porta de entrada para programas sociais do governo federal. Afinal, a inscrição nesse cadastro é requisito comum de acesso a esses programas.

A quais benefícios o CadÚnico dá acesso?

Com a inscrição no CadÚnico, famílias brasileiras podem ter acesso a diversos programas sociais e benefícios do governo federal. Conheça alguns deles abaixo:

Leia também
  • Bolsa Família;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE);
  • ID Jovem;
  • Isenção de taxas em concursos públicos;
  • Carteira do Idoso;
  • Telefone popular;
  • Programa Minha Casa, Minha Vida;
  • Auxílio Gás;
  • Facultativo Baixa Renda; entre outros.

Vale destacar que a inscrição no CadÚnico por si só não garante a entrada automática nesses programas, já que cada um deles possui requisitos de acesso específicos.

continua depois da publicidade

Outro ponto de destaque é que para continuar tendo acesso aos benefícios do governo federal, é preciso manter atualizados os dados constantes no CadÚnico. A atualização deve ser feita a dois anos ou sempre que dados do grupo familiar sejam alterados.

Como saber se estou inscrito no CadÚnico pelo CPF?

Para saber se está inscrito no CadÚnico pelo CPF, basta seguir as instruções abaixo:

  • Acesse o site ou aplicativo do CadÚnico (Android e iOS);
  • Selecione a opção “Consulta pelo CPF”;
  • Preencha os campos com seu CPF e, em seguida, com sua data de nascimento;
  • Agora, clique em “Consultar”;
  • Ao fazer isso, aparecerá na mesma tela a informação se você está ou não inscrito no CadÚnico.

Caso esteja inscrito no Cadastro Único e queira saber outras informações acerca de seu cadastro, basta voltar à página inicial do site ou do aplicativo do CadÚnico e clicar em “Consulta Completa”.

continua depois da publicidade

Nessa opção, você terá acesso a sua situação cadastral, ao Número de Identificação Social (NIS) e código familiar, a data da última atualização, aos dados da família e de seus membros, entre outras informações.

Para fazer essa consulta, é necessário ter conta em Gov.Br, uma vez que após clicar em “Consulta Completa”, o cidadão deverá informar seus dados de login daquela plataforma.

Caso não tenha cadastro em Gov.Br, o cidadão pode criar uma conta na mesma hora ou então pode optar por fazer uma consulta mais simples no site ou aplicativo do CadÚnico. Porém, ele terá acesso a menos informações.

continua depois da publicidade

Para fazer tal consulta, basta clicar em “Consulta simples” e informar dados de identificação, como nome completo, data de nascimento, nome da mãe e município/UF onde está cadastrado.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Para se inscreverem no CadÚnico, as famílias devem preencher os requisitos exigidos pelo governo federal para fazer parte do cadastro. São eles:

  • Famílias com renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 651 atuais);
  • Famílias que possuem renda superior a anterior, mas que estejam vinculadas ou desejam ser beneficiárias de algum programa ou benefício que utilize o CadÚnico em suas concessões.

Vale destacar que a inscrição no CadÚnico deve ser feita pelo Responsável Familiar, o integrante da família que irá prestar as informações dos demais componentes. De preferência, o RP deve ser mulher.

Leia também

Concursos em sua
cidade