É possível acumular duas aposentadorias ao mesmo tempo?

A aposentadoria pode ser uma quantia que traz segurança ao trabalhador. Veja se é possível acumular dois benefícios.

Quem trabalha com carteira assinada e contribui com a Previdência Social não vê a hora de ter direito à aposentadoria. Com esse dinheiro, é possível realizar diversos financiamentos com juros mais baixos. Além disso, o benefício é uma segurança ao cidadão. Contudo, muitas pessoas têm dúvidas sobre acumular aposentadorias. Ao longo da matéria, você verá se isso é possível.

É importante lembrar que um beneficiário poderá receber a sua aposentadoria mais a pensão por morte do cônjuge, por exemplo. No entanto, a concessão depende de quando os benefícios foram solicitados e não corresponde a duas aposentadorias.

É possível receber duas aposentadorias?

Primeiro, é importante entender que há regimes previdenciários diferentes. Em razão disso, o segurado pode acumular duas aposentadorias. Isso pode significar bons valores e uma qualidade de vida estável. No entanto, há alguns requisitos e restrições que precisam ser considerados.

Antes da Reforma da Previdência entrar em vigor no dia 13 de novembro de 2019, o Instituto Nacional do Seguro Social permitia o acumulo de alguns benefícios. Após vigência das novas regras, apenas o segurado que contribuiu para dois regimes diferentes (Regime Próprio e Regime Geral) poderá receber duas aposentadorias do INSS.

Trabalhadores que residiram no exterior

Os trabalhadores que moram, ou já residiram no exterior, também recolhem e estão vinculados ao regime de outro país. Dessa maneira, se cumprir com os requisitos para o benefício no estrangeiro e no Brasil, é possível acumular duas aposentadorias.

É preciso, no entanto, ter atenção. Nos países onde existe acordo com o Brasil, é possível solicitar os dois benefícios apenas cumprindo os requisitos para se aposentar em ambos os locais. Já em países que não há o acordo, ainda é possível ter as duas aposentadorias, mas o processo diferirá, pois não será considerado o tempo de contribuição de um país para o outro.

INSS e servidor público

Uma pessoa poderá acumular duas aposentadorias se for contribuinte do Regime Geral de Previdência Social e Regime Próprio de Previdência Social.

No caso de um servidor público federal, ele contribui mensalmente com o regime próprio. Assim, caso o servidor tenha outra atividade, e contribua como Regime Geral, estará apto a acumular as aposentadorias.

De maneira geral, a pessoa pode conseguir duas aposentadorias quando recolhe em regimes de Previdência diferentes, sendo servidor ou militar e contribuinte do INSS.

Acumular benefícios: veja quando não é possível

Há alguns casos onde o acúmulo de benefícios previdenciários estão proibidos, confira:

Aposentadoria INSS em 2023: quem tem direito?

Quem está próximo de solicitar a aposentadoria INSS deve ter atenção às novas regras que passaram a valer neste ano.

Conforme geral da aposentadoria, considerando o tempo de contribuição de 15 anos à Previdência, a idade mínima para se aposentar em 2023 ficou em 62 anos para mulheres e 65 anos aos homens.

Em outro caso, para dar entrada na aposentadoria do INSS, soma-se o tempo de contribuição mais idade mínima. Em 2023, o cálculo é realizado da seguinte maneira:

  • Mulheres devem ter 58 anos, desde que 30 anos de contribuição;
  • Homens devem ter 63 anos, desde que 35 anos de contribuição.

Por fim, a regra de pontos é mais alterada com o passar dos anos, pois o segurado precisa atingir uma avaliação mínima, somando idade com o tempo de contribuição. Para 2023, homens precisam somar 100 pontos e as mulheres precisam acumular 90 para ter direito à aposentadoria.

Vale salientar que essa regra de pontos será reajustada a cada novo ano, até atingir o limite de 100 pontos para mulheres e 105 para homens.

Leia também

você pode gostar também

Caixa libera saque FGTS de até R$ 6,2 mil para ESTAS pessoas

A modalidade especial do saque FGTS que prevê o pagamento de até R$ 6,2 mil atende a um grupo específico. Além disso, possui critérios de elegibilidade para liberação dos valores vinculados ao fundo.

Projeto prevê bolsas de estudo para crianças e adolescentes

O Projeto de Lei Complementar em tramitação na Câmara dos Deputados pretende distribuir bolsas de estudo para crianças e adolescentes, mas existem regras específicas para o acesso.

Acompanhantes de PcD têm direito a desconto em passagens aéreas

Por enquanto, as pessoas com deficiência que não podem viajar sem acompanhante ainda dependem das decisões das empresas aéreas para os descontos nas passagens; veja detalhes.

Seguro-desemprego tem valores atualizados em 2023; saiba como pedir

Com o novo salário mínimo, os valores do seguro-desemprego foram atualizados para 2023. Veja aqui quais são eles e como pedir o benefício.

Aposentados do INSS têm direito a adicional de 25%; saiba em qual caso

Determinado grupo de aposentados do INSS tem direito a receber mensalmente o adicional de 25%. Saiba aqui se você tem esse direito e como solicitar.

Pensão por morte tem valor diferente da aposentadoria; veja as regras

Pagamentos de pensão por morte são direito de dependentes do trabalhador ou aposentado com vínculos com INSS.