13º salário extra do INSS: 6 saques ainda serão liberados até o final do ano

O 13º salário extra do INSS começou a ser pago no dia 24/11. A partir de agora, restam 6 saques até o final do ano. Confira as datas.

O 13º salário extra do INSS está sendo liberado para aqueles que começaram a receber auxílios, aposentadorias ou pensões do instituto a partir do mês de maio de 2022. Durante o primeiro semestre, o pagamento do 13º salário foi antecipado aos demais segurados. O pagamento na época foi dividido em duas parcelas.

Com isso, ficaram pendentes os valores para beneficiários que começaram a receber suas parcelas a partir do mês de maio. Este grupo em específico tem direito à cota única do abono. É importante entender que o cálculo do 13º do INSS tem como base a quantidade de meses em que o beneficiário recebeu os valores do instituto.

13º salário extra do INSS: calendário

O 13º salário do INSS é uma garantia para todos os segurados que, neste ano, receberam auxílios, como aposentadoria, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, pensão por morte e incapacidade temporária.

Estes valores, no entanto, não são destinados aos beneficiários que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou da Renda Mensal Vitalícia.

O calendário do 13º salário extra foi dividido entre dois grupos: pessoas que recebem valores de até um salário mínimo e aqueles que recebem valores acima do piso nacional. As datas são organizadas com base no dígito final do cartão do Número de Identificação Social (NIS).

Até o momento, já foram liberados sete saques referentes aos valores de até um salário mínimo. Confira o calendário para este grupo:

  • NB de penúltimo dígito 1: 24 de novembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 2: 25 de novembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 3: 28 de novembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 4: 29 de novembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 5: 30 de novembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 6: 1 de dezembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 7: 2 de dezembro de 2022 (pago);
  • NB de penúltimo dígito 8: 5 de dezembro de 2022 (nesta segunda, 05/12);
  • NB de penúltimo dígito 9: 6 de dezembro de 2022;
  • NB de penúltimo dígito 0: 7 de dezembro de 2022.

No caso dos segurados que recebem aposentadorias e pensões acima de um salário mínimo, o calendário tem menos datas:

  • Final do NIS 1 ou 6: 1 de dezembro de 2022 (pago);
  • Final do NIS 2 ou 7: 2 de dezembro de 2022 (pago);
  • Final do NIS 3 ou 8: 5 de dezembro de 2022 (nesta segunda, 05/12);
  • Final do NIS 4 ou 9: 6 de dezembro de 2022;
  • Final do NIS 5 ou 0: 7 de dezembro de 2022.

O 13º salário extra pode ser consultado por meio do telefone, site ou aplicativo. Caso opte por fazer a consulta via telefone, basta ligar para a central de atendimento do instituto, por meio do número 135. Durante a ligação, será preciso informar o número do CPF e confirmar algumas informações.

Pela internet, é possível acessar o site Meu INSS, onde poderá realizar diversos serviços digitais. Após fazer o login na plataforma, é preciso clicar em “Extrato de Pagamento”.

Feito isso, será necessário acessar o extrato e outros detalhes do benefício. O aplicativo Meu INSS também disponibiliza os mesmos serviços. Disponível para Android e iOS, seu login é o mesmo.

Valor do 13º extra do INSS

Os segurados do instituto que solicitaram os benefícios após as transferências do abono 2022 terão acesso ao 13° salário extra do INSS de maneira proporcional à quantidade de meses que a pessoa recebeu os depósitos durante o ano.

Aqueles que recebem salário mínimo (atualmente R$ 1.212) durante 12 meses tem um abono em quantia similar. Já aqueles que começam a receber ao longo do ano têm valores menores no décimo terceiro, pois são somadas todas as remunerações e divididas por 12 meses.

Assim, uma pessoa que começou a receber R$ 1.212 por mês em julho teve seis transferências do benefício do INSS. O valor, então, é multiplicado pelos meses recebidos e dividido por 12. Veja o exemplo:

  • 1.212 x 6 = 7.272;
  • 7.272 / 12 = R$ 606.

Caso seja a sua situação, terá direito ao abono de R$ 606.

Leia também

você pode gostar também

Calendário do INSS: aposentadoria é depositada para mais um grupo

Nesta sexta-feira, o INSS também paga o benefício a pensionistas e a trabalhadores que recebem o auxílio-doença; veja o calendário de janeiro.

Como saber quanto vou receber de Abono PIS/Pasep? Saiba calcular

Com a chegada de 2023, muitos trabalhadores passam a aguardar pela liberação dos valores do abono PIS/Pasep. Saber quanto irá receber é essencial para se organizar durante os envios.

Desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito

Projeto de Lei está tramitando na Câmara dos Deputados. Caso seja aprovado, população de baixa renda e desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito.

CadÚnico dá direito à isenção em concurso público? Entenda as regras

Pagar a taxa de inscrição para participar de concursos públicos pode desestruturar as finanças de muitas pessoas; veja se o cadastro no banco de dados do governo ajuda.

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.