5 benefícios incríveis que você pode ter direito ao colocar o CPF na nota

Existem alguns benefícios incríveis que você pode ter direito ao colocar o CPF na nota, incluindo resgate de valores.

Ao fazer uma compra, é comum que o vendedor pergunte se você deseja colocar o CPF na nota fiscal. Apesar do processo ser banal, existem muitas pessoas que não sabem qual a função desta opção. Ao colocar o documento, porém, existem alguns benefícios incríveis que você pode ter direito e sequer imaginava.

No geral, a medida foi criada pelos governos estaduais para que seja possível controlar a cobrança de impostos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Igualmente, isso é feito para evitar a sonegação fiscal, bem como dificultar a circulação de notas falsas.

No Brasil, o Rio Grande do Sul foi o primeiro a adotar a inclusão do CPF na nota fiscal, em 2012. Atualmente, outros estados também aderem ao programa. Mesmo que não seja obrigatória, a prática é incentivada, e pode garantir benefícios interessantes.

Benefícios de colocar o CPF na nota

1. Resgate de valores

Em certos estados, existem programas que permitem a acumulação de pontos, que podem ser resgatados por cidadãos que incluem o CPF nas notas fiscais. Estes créditos podem ser utilizados a cada seis meses para recarga de celular, ingressos de shows e eventos, bem como outras possibilidades.

2. Sorteio de prêmios

As notas fiscais de consumidores são sorteadas mensalmente, com prêmios que podem variar entre R$ 5 mil e R$ 1 milhão. Neste caso, quanto mais notas com o CPF alguém possuir, maiores são as chances de ganhar algum valor.

3. Descontos exclusivos

Em estados como Paraná, Alagoas, São Paulo, Goiás e Rondônia, indivíduos que inserem o CPF na nota fiscal ganham descontos de até 10% no IPVA. Já nas cidades de Manaus, Salvador e Rio de Janeiro, este desconto é depositado no IPTU.

4. Doações

Da mesma forma, consumidores podem utilizar seu saldo acumulado no programa para contribuir com inúmeras doações para ONGs e instituições sociais. O processo pode ser feito verificando com a Secretaria de Fazenda os locais que permitem estas doações.

5. Desmistificação do score de crédito

Existem pessoas que acreditam que colocar o CPF na nota pode aumentar o score de crédito. Esta teoria é um mito, já que o Serasa e outros órgãos de proteção ao crédito não utilizam este critério para calcular o score de cada um.

Além disso, de acordo com o Serasa, os verdadeiros fatores levados em consideração para cálculo são as negativações, o número de consultas ao CPF, o atraso de pagamentos, cadastro positivo e quantidade de crédito solicitado.

Deste modo, caso alguém informar que inserir o CPF na nota pode ajudar a melhorar o score, duvide. Afinal, fazê-lo não mostra ao mercado que você está movimentando dinheiro, e isso não pode influenciar em uma melhoria da reputação do consumidor.

Como cadastrar o CPF na nota?

Antes de mais nada, é preciso confirmar se o estado possui o programa de benefícios. Os que trabalham com esta modalidade são o Rio Grande do Sul, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo e Sergipe.

Caso seu estado esteja na lista, acesse o site da Secretaria da Fazenda (Sefaz) de seu estado de residência e procure pela página referente ao programa. Ao encontrá-la, faça o cadastro completo das informações do usuário, incluindo os dados bancários. Feito isso, já é possível começar a utilizar o CPF na nota.

Em relação ao resgate, ao adicionar os dados bancários, o consumidor pode receber dinheiro em sua conta de seis em seis meses. Vale lembrar que cada estado possui regras específicas de valor para resgate, e por isso, é preciso conferir as condições de solicitação.

Na nota fiscal paulista, por exemplo, só é preciso solicitar a transferência para a conta bancária, que deve ser para a mesma pessoa que registrou o CPF. No Rio de Janeiro, o resgate mínimo é de R$ 25.

Leia também

você pode gostar também

7 sinais de que você deveria mudar de profissão

Está insatisfeito com o seu atual emprego? Então conheça os sete sinais de que você deveria mudar de profissão e cogite uma transição de carreira.

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.