Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) possibilita que alguns aposentados recebam 25% a mais no pagamento de seu benefício. Diante disso, os segurados aposentados que cumpram os requisitos necessários ao pagamento do adicional podem ganhar acima do teto pago pelo instituto.

Em suma, o adicional concedido pode chegar a ultrapassar o teto do INSS, que atualmente é de R$ 7.087,22. Logo, os aposentados do INSS que recebem o teto podem ganhar até R$ 8.859,02 caso possuam direito ao adicional de 25%. Veja a seguir as regras para o pagamento do adicional de 25% pago pelo INSS.

Quem tem direito ao recebimento do adicional?

Os aposentados por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm direito de solicitar um adicional de 25% do valor de sua aposentadoria.

A Aposentadoria por Invalidez é destinada aos segurados que sofreram algum tipo de acidente ou doença que os tornaram incapazes de forma total e permanente para o trabalho.

Alguns exemplos de situações que dão direito a aposentadoria por invalidez são os casos de cegueira total; paralisia ou perda de um ou dos dois braços ou pernas e não sendo possível a utilização de próteses; doença que deixa a pessoa com incapacidade permanente para efetuar as atividades cotidianas, entre outras.

Desse modo, o benefício é fundamentado no art. 45 da Lei 8.213/91 e, para o pagamento do adicional aos aposentados por invalidez, é necessário a comprovação de um médico perito.

Diante disso, é preciso a prova de que o segurado necessita da ajuda de terceiros, parente ou profissional contratado, para realizar as suas atividades diárias; e que não consegue mais trabalhar devido à doença ou acidente.

Como solicitar o adicional de 25%?

Para ter direito ao adicional de 25% no valor da aposentadoria, os aposentados por invalidez devem efetuar a solicitação pelo telefone, ligando para a Central de Atendimento do INSS no número 135.

Ainda, o adicional pode ser solicitado pelo site ou aplicativo “Meu INSS” (disponível para Android e iOS). No entanto, a data, o local e o dia da perícia médica serão definidos pelo próprio Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Vale destacar que, no dia da avaliação, é necessário entregar ao médico perito os documentos pessoais e exames com laudo médico que comprove a necessidade de ajuda de terceiros para a realização de suas necessidades básicas.

Além disso, quando a avaliação for finalizada pelo médico perito, a Previdência Social tem o prazo de até 45 dias úteis para informar se o adicional de 25% no valor da aposentadoria será ou não concedido.

Por fim, o aposentado por invalidez, segurado pelo INSS, poderá acompanhar o andamento de sua solicitação e conferir se a solicitação foi aceita através da área “Consultar Pedidos” disponível no site ou aplicativo “Meu INSS”. Caso o pedido seja negado, o beneficiário pode ingressar na justiça para recorrer da decisão.

Leia também

você pode gostar também

Calendário do INSS: aposentadoria é depositada para mais um grupo

Nesta sexta-feira, o INSS também paga o benefício a pensionistas e a trabalhadores que recebem o auxílio-doença; veja o calendário de janeiro.

Como saber quanto vou receber de Abono PIS/Pasep? Saiba calcular

Com a chegada de 2023, muitos trabalhadores passam a aguardar pela liberação dos valores do abono PIS/Pasep. Saber quanto irá receber é essencial para se organizar durante os envios.

Desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito

Projeto de Lei está tramitando na Câmara dos Deputados. Caso seja aprovado, população de baixa renda e desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito.

CadÚnico dá direito à isenção em concurso público? Entenda as regras

Pagar a taxa de inscrição para participar de concursos públicos pode desestruturar as finanças de muitas pessoas; veja se o cadastro no banco de dados do governo ajuda.

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.