Auxílio Caminhoneiro: nova rodada de R$ 1 mil será paga neste mês

Uma nova rodada de R$ 1 mil do Auxílio Caminhoneiro será paga neste mês para transportadores de carga. Confira data de envio.

Uma nova rodada de R$ 1 mil do Auxílio Caminhoneiro será liberada neste mês para todos os motoristas de carga autônomos aptos a receber o benefício. Este auxílio faz parte da PEC Kamikaze, pacote social pré-eleitoral do governo de Jair Bolsonaro (PL), criado em razão da alta do preço dos combustíveis.

O Auxílio Caminhoneiro estará vigente no Brasil até o fim deste mês. Até o momento, já foram enviadas cinco parcelas das seis definidas pelo governo. O último envio foi feito no dia 19 de novembro.

Vale lembrar que, para solicitar a sexta parcela, era necessário ter feito uma autodeclaração; o prazo para envio terminou na última segunda-feira (28/11). A partir de agora, a nova rodada será liberada no dia 10 de dezembro.

Este benefício foi oficialmente denominado pelo governo federal de Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm-Caminhoneiro). No pacote de medidas e auxílios aprovados durante a PEC Kamikaze, apenas para este auxílio, foram destinados cerca de R$ 5,4 bilhões pela União.

Auxílio Caminhoneiro: quem pode receber

Por conta dos aumentos sucessivos nos preços de combustível, o Auxílio Caminhoneiro foi criado especialmente para trabalhadores autônomos, responsáveis por realizar transportes de cargas no país. O serviço, porém, possui um conjunto de regras de elegibilidade.

Primeiramente, para receber as parcelas, é preciso ter um Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas (RNTRC), em situação ativa. Da mesma forma, é essencial ter um registro de operação de transporte rodoviário para este ano, por meio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Trabalhadores interessados em receber o abono que não possuíam operações registradas em 2022 deveriam preencher um formulário de autodeclaração específica. O último, como informado anteriormente, ficou aberto até o dia 28 de novembro.

O formulário poderia ser acessado por meio do Portal Emprega Brasil, ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível para iOS e Android.

Igualmente, os profissionais devem estar com CPF e CNH regularizados diante dos órgãos responsáveis do país. Contudo, não é necessário apresentar comprovantes de compra de óleo diesel para acessar o benefício. O número de veículos por beneficiário também não é contabilizado, visto que as parcelas são de R$ 1 mil para todos.

Durante a inscrição, não era necessário realizar nenhum procedimento. Os dados foram enviados para os setores responsáveis com base nos cadastros da ANTT. Para saber se o envio foi feito corretamente, basta entrar em contato com a prefeitura, ou acessar o site da ANTT.

Calendário de pagamentos

Todos os pagamentos do benefício ocorreram até então por intermédio da Caixa Econômica Federal, por meio do Caixa Tem. O sistema é operado pelo Ministério do Trabalho e da Previdência, que organiza os profissionais em diferentes grupos para enviar as parcelas.

Em relação à organização das datas para envio dos valores, o calendário oficial de pagamentos é o seguinte:

  • 1ª e 2ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 22 de julho: 9 de agosto;
  • 1ª e 2ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 15 a 29 de agosto: 6 de setembro;
  • 1ª e 2ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 29 de agosto a 12 de setembro: 24 de setembro;
  • 3ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 12 de setembro: 24 de setembro;
  • 4ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 7 de outubro: 18 de outubro;
  • 5ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 7 de novembro: 19 de novembro;
  • 6ª parcela para transportadores que enviaram a autodeclaração até 28 de novembro: 10 de dezembro.

Leia também

você pode gostar também

Abono PIS/Pasep 2023 começa a ser pago neste mês; veja quem recebe

O abono PIS/Pasep é um valor destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e aos servidores públicos. Confira quem pode receber e quais são os valores de 2023.

Bolsa Família de fevereiro terá datas diferentes; confira o calendário

Pagamentos do Bolsa Família para o mês de fevereiro já possuem datas definidas. Programa repassa R$ 600 ao beneficiário.

Salário-família é pago para trabalhadores com filhos; veja as regras

O salário-família é um benefício pago pelo INSS. Para terem direito, os trabalhadores com filhos devem preencher os requisitos de acesso. Veja aqui quais são.

Auxílio Gás volta a ser pago neste mês; veja calendário completo

Pagamentos do Auxílio Gás para o mês de fevereiro começarão no dia 13. Milhões de pessoas deverão ser beneficiadas pelo programa.

Bolsa Família vai mudar em 2023? Veja quais são os planos do governo

O Bolsa Família é um programa governamental essencial para milhões de famílias do país. Com a volta do governo Lula, o benefício deve passar por algumas mudanças em 2023.

Nova Prova de Vida é regulamentada pelo INSS; veja como será o processo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá comprovar que cerca de 17 milhões de beneficiários continuam vivos, em 2023.