BPC de R$ 1,2 mil pode ser acumulado com outro benefício do INSS?

O BPC é pago pelo INSS assim como vários outros benefícios previdenciários e assistenciais voltados aos trabalhadores brasileiros.

Idosos acima de 65 anos de idade e pessoas com deficiência (PcD) em qualquer faixa etária podem ter direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Esse é pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para quem cumpre todos os requisitos. Mas muitas pessoas não sabem se o BPC pode ser acumulado com outro benefício do INSS.

Leia também

Antes de mais nada, é preciso entender o funcionamento desse repasse. Ele está previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e equivale a um salário mínimo vigente por mês. A ideia desse auxílio é possibilitar que os dois grupos beneficiários possam viver em sociedade “em igualdade de condições”, segundo o Ministério da Cidadania (MC).

Pode acumular o BPC com outro benefício?

Quem pode solicitar o BPC de R$ 1,2 mil? Veja as regras desse benefício
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO.

O INSS é responsável por uma série de pagamentos aos trabalhadores, inclusive o BPC que não é uma espécie de aposentadoria. Sendo assim, o benefício não paga 13° salário, nem deixa pensão por morte para os dependentes. De acordo com o MC, “o BPC não pode ser acumulado com outro benefício da Seguridade Social”.

Ou seja, quem recebe seguro-desemprego, aposentadoria ou pensão não podem ter acesso ao Benefício de Prestação Continuada e vice-versa. O Ministério da Cidadania ainda informa que também não é possível acumular pagamentos de outro regime, com exceção de:

  • Assistência médica;
  • Pensões especiais de natureza indenizatória; e
  • Remuneração do contrato de aprendizagem.

Quem pode solicitar o BPC?

Conforme informado anteriormente, o BPC equivale a um salário mínimo por mês. Sendo assim, em 2022, o repasse é de R$ 1.212. Já para o próximo ano, os valores devem ser reajustados de acordo com o índice da inflação. O pagamento é feito para quem:

  • É brasileiro ou português residente no Brasil;
  • Tem renda mensal familiar de até 1/4 do piso salarial por pessoa;
  • Está inscrito no CadÚnico, com os dados atualizados;
  • É idoso com mais de 65 anos ou PcD com impedimentos a longo prazo.

O benefício pode ser solicitado presencialmente num Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), apresentando documento de identificação com foto. O procedimento também pode ser feito pelo telefone 135 ou pela internet informando o CPF. No último caso, basta seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o portal Meu INSS;
  2. Faça login com CPF e senha cadastrados no Gov.BR (ou crie uma nova conta);
  3. Vá em “Novo Pedido”;
  4. Na barra de pesquisa, digite “BPC”;
  5. Selecione o benefício na lista e siga as demais instruções da plataforma.

O prazo para resposta é de 45 dias corridos.

Quando será pago o BPC de outubro?

O Benefício de Prestação Continuada segue o calendário normal do INSS para quem recebe até um salário mínimo. O cronograma escalona os segurados de acordo com o penúltimo dígito do Número do Benefício (NB), realizando 10 repasses em cada mês. O calendário de outubro do BPC segue as datas abaixo:

  • Penúltimo dígito do NB 1: 25 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 2: 26 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 3: 27 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 4: 28 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 5: 31 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 6: 1 de novembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 7: 3 de novembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 8: 4 de novembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 9: 7 de novembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 0: 8 de novembro de 2022.

Leia também


você pode gostar também

Tarifa Social de Energia: confira as faixas de desconto do benefício

A Tarifa Social de Energia oferece isenções ou descontos na conta de luz para cidadãos que se enquadrem em seus requisitos. Confira quais são.

Novo pente-fino do Auxílio Brasil poderá ser realizado em 2023

Com a transição de governo em 2023, um novo pente-fino do Auxílio Brasil poderá ser realizado para a adequação dos planos do presidente eleito nas últimas eleições.

BPC: saiba quando crianças podem ter acesso às parcelas de R$ 1,2 mil

As crianças podem ter acesso às parcelas do BPC, desde que cumpram alguns critérios de elegibilidade. Confira quais são.

BPC de novembro ainda terá 7 saques; veja calendário completo

Pagamentos do BPC de novembro continuam sendo realizados pelo INSS. Benefício paga um salário mínimo.

O que pode servir como prova de vida do INSS a partir de 2023?

O INSS começará a utilizar as bases de dados públicos para realizar a Prova de Vida. Veja o que servirá para efetivar o procedimento.

PEC da Transição prevê Bolsa Família de R$ 600 e adicional de R$ 150 em 2023

Novo governo espera que PEC de Transição seja aprovada o quanto antes para garantir pagamentos do Bolsa Família de R$ 600 e outras despesas.