Auxílio Gás será pago neste mês de outubro; veja calendário oficial

O Auxílio Gás dos Brasileiros é um programa social para ajudar os brasileiros de baixa renda a comprarem gás de cozinha, com pagamentos bimestrais.

A nova rodada de pagamentos do Auxílio Gás acontece neste mês de outubro, e já possui um valor previsto. O benefício, pago de maneira bimestral, equivale ao preço cheio do gás de cozinha de 13 kg. Ele teve seu último repasse no mês de agosto, na quantia de R$ 110.

Leia também

De acordo com as medidas implementadas por meio da PEC Kamikaze, os pagamentos serão realizados com o valor total neste ano ainda nos meses de outubro e dezembro. A previsão é que o pagamento retorne a 50% da média nacional a partir de 2023, caso não haja mudanças por decisão do Governo Federal.

Calendário oficial do Auxílio Gás para outubro

Como informado inicialmente, os pagamentos do Auxílio Gás acontecem de maneira bimestral, além de seguir o mesmo esquema de organização que o Programa Auxílio Brasil.

Dessa maneira, os valores serão repassados, automaticamente, pela Caixa Econômica Federal, nas contas vinculadas a cada beneficiário. Para o mês de outubro, as datas previstas do calendário Auxílio Gás são:

  • Benefício de NIS final 1: dia 18 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 2: dia 19 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 3: dia 20 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 4: dia 21 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 5: dia 24 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 6: dia 25 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 7: dia 26 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 8: dia 27 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 9: dia 28 de outubro de 2022;
  • Benefício de NIS final 0: dia 31 de outubro de 2022.

Como o calendário segue o mesmo cronograma do Auxílio Brasil, as famílias que cumprirem os critérios dos dois programas poderão os pagamentos no mesmo dia.

Qual será o valor do Auxílio Gás?

É importante salientar que o valor real ainda não foi confirmado Governo Federal, pois ele varia de acordo com o preço atualizado do gás de cozinha. Assim, a parcela será definida pela Agência Nacional do Petróleo.

É importante destacar que o Auxílio Gás de outubro será pago no valor integral de um botijão de gás. Dessa maneira, a estimativa mais recente para o preço do produto foi observada no dia 17 de setembro, onde a ANP calculou o gás de cozinha em R$ 113,25.

Desse valor, R$ 54,34 é repassado à Petrobrás, quase chegando a quase 50%. No entanto, essa é apenas uma previsão e o valor pago pelo Auxílio Gás de outubro ainda pode mudar.

Quem tem direito ao Auxílio Gás?

valor do auxílio gás
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

O programa é administrado sob responsabilidade do Ministério da Cidadania (MC), com objetivo de atender famílias de baixa renda em todo o país. Antes de realizar o repasse bimestral, o MC faz uma reanálise dos cadastros para verificar se ainda estão dentro dos requisitos. De acordo com as regras, têm direito ao Auxílio Gás as famílias que:

  • Estão inscritas no CadÚnico, com dados atualizados, com renda mensal de até meio salário mínio (R$ 606) per capita;
  • Com algum membro que possua direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O Ministério da Cidadania realiza o cadastro automático. Além disso, a pasta também é a responsável por excluir quem não cumprir as regras. Como o Auxílio Gás conta com verbas limitadas, apenas cumprir os pré-requisitos não garante o benefício.

Por isso, existe prioridade para mulheres que são vítimas de violência doméstica, famílias com renda menor e unidades registradas no Auxílio Brasil.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil dobrado em dezembro: veja quem pode receber até R$ 1,2 mil

Auxílio Brasil dobrado em dezembro é uma possibilidade para pessoas que cumprirem regras específicas do programa.

BPC bloqueado ou suspenso? Saiba como reativar o benefício de R$ 1,2 mil

Falta de atualização cadastral é um dos principais motivos para o bloqueio do benefício, pago a um grupo específico de contribuintes previdenciários.

Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

BPC: saiba se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria

Por ter natureza assistencial, o BPC gera algumas dúvidas em seus beneficiários. Uma delas é se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria. Se você também tem essa dúvida, confira neste texto a resposta.

Minha Casa Minha Vida: comissão aprova projeto para renegociação de dívidas

O objetivo do projeto é oferecer aos beneficiários a oportunidade de regularizar sua situação com descontos sobre multas e juros moratórios. Descubra neste texto o que falta para o projeto virar lei.

Salário-Maternidade Urbano do INSS: veja regras oficiais e como solicitar

Benefício é cedido a pessoas que precisam se afastar do trabalho ao completarem uma gestação e em outras situações como adoção, por exemplo.