Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022? Montante é de R$ 9,2 bilhões

Os trabalhadores que ainda não movimentaram os valores referentes ao Saque Extraordinário têm direito a movimentar o FGTS esquecido até dezembro deste ano.

O Saque Extraordinário é uma modalidade de retirada de valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) lançada pela Caixa Econômica Federal neste ano. Desse modo, os trabalhadores que ainda não acessaram os valores do FGTS esquecido terão até o dia 15 de dezembro para requisitar o pagamento.

Leia também

Segundo informações da Caixa, instituição pagadora do Saque Extraordinário, estão disponíveis cerca de R$ 9,2 bilhões que ainda não foram acessados pelo público-alvo. Saiba mais a seguir:

Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022?

fgts duplo, saque fgts, saque-aniversário, saque triplo fgts
Foto: montagem / Pexels – Canva PRO.

O Saque Extraordinário é uma medida que integra o pacote de ações do Governo Federal para contornar a crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus. Neste caso, acompanha outras ações, como a antecipação do 13º salário do INSS e a criação do SIM Digital para fomento do empreendedorismo no país.

De acordo com as regras da modalidade, os trabalhadores que possuem contas no fundo com saldo disponível são o público que tem direito ao FGTS esquecido em 2022. No entanto, são incluídas as contas ativas e inativas, referentes a contratos de trabalho que já foram encerrados.

Caso os valores não sejam depositados automaticamente na conta do trabalhador, é necessário solicitar a liberação de recursos diretamente com a Caixa Econômica Federal. No geral, os motivos que podem causar esse bloqueio estão relacionados à determinação judicial associada ao trabalhador, inconsistência nos dados ou pedido de devolução dos valores por parte do empregador.

Além disso, o Saque Extraordinário não está disponível aos trabalhadores que tenham valores bloqueados no fundo de garantia. Sobretudo, os profissionais que possuem garantia das operações de crédito relativas à antecipação do Saque Aniversário não poderão solicitar essa modalidade especial.

Como o valor máximo do Saque Extraordinário é de R$ 1 mil, os trabalhadores não poderão acessar pagamentos superiores, ainda que tenham mais saldo disponível na conta. Em contrapartida, os profissionais que possuem uma quantia menor que o estabelecido podem sacar o dinheiro integralmente, caso queiram.

Como consultar o Saque Extraordinário?

Os trabalhadores podem consultar informações relativas a valores, data de liberação e onde será depositado o dinheiro pelo site da Caixa, mas também pelo aplicativo Caixa Tem. Disponível para Android e iOS, a plataforma ainda oferece uma série de serviços, como pagamento direto na maquininha, transferências bancárias e cartão de débito virtual.

Outro método de consulta é pelo aplicativo do FGTS ou pelo site do fundo. Neste caso, a plataforma também está disponível para Android e iOS e oferece a possibilidade de consultar informações relativas à Conta Poupança Social Digital para os trabalhadores que possuem direito ao Saque Extraordinário.

Por fim, o trabalhador pode ir diretamente às agências da Caixa Econômica Federal e solicitar atendimento personalizado através do agendamento. Caso necessário, é possível ainda realizar alterações cadastrais, informar que não deseja aderir ao Saque Extraordinário ou solicitar o retorno do valor para a conta do FGTS.

De acordo com as regras da modalidade, os saques são realizados primeiro nas contas de contratos extintos que possuem menor saldo. Posteriormente, são liberados os valores vinculados às demais contas, mas também a começar pela que tiver menor saldo.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil dobrado em dezembro: veja quem pode receber até R$ 1,2 mil

Auxílio Brasil dobrado em dezembro é uma possibilidade para pessoas que cumprirem regras específicas do programa.

BPC bloqueado ou suspenso? Saiba como reativar o benefício de R$ 1,2 mil

Falta de atualização cadastral é um dos principais motivos para o bloqueio do benefício, pago a um grupo específico de contribuintes previdenciários.

Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

BPC: saiba se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria

Por ter natureza assistencial, o BPC gera algumas dúvidas em seus beneficiários. Uma delas é se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria. Se você também tem essa dúvida, confira neste texto a resposta.

Minha Casa Minha Vida: comissão aprova projeto para renegociação de dívidas

O objetivo do projeto é oferecer aos beneficiários a oportunidade de regularizar sua situação com descontos sobre multas e juros moratórios. Descubra neste texto o que falta para o projeto virar lei.

Salário-Maternidade Urbano do INSS: veja regras oficiais e como solicitar

Benefício é cedido a pessoas que precisam se afastar do trabalho ao completarem uma gestação e em outras situações como adoção, por exemplo.