Auxílio Brasil: governo pode incluir mais 800 mil famílias em setembro

Ministério da Cidadania deve ser o responsável por incluir mais de 800 mil famílias no Auxílio Brasil. Entenda mais detalhes em nossa matéria.

O Auxílio Brasil é um programa de transferência de renda que foi criado para substituir o Bolsa Família no final de 2021. Atualmente, mais de 20 milhões de pessoas recebem os recursos a cada mês. Entretanto, existem cidadãos que ainda estão de fora. O governo federal, dessa forma, quer incluir pouco mais de 800 mil famílias em setembro.

Leia também

Vale lembrar que, no momento, o Auxílio Brasil está pagando R$ 600 aos inscritos. A medida é temporária e terá duração prevista até o fim do mês de dezembro de 2022. Em janeiro do ano que vem, os valores de R$ 400 devem provavelmente retornar.

O reajuste só foi possível após a aprovação da PEC Kamikaze no Congresso Federal. A medida possibilitará que repasses de programas sociais sejam elevados e outros benefícios sejam criados de forma provisória.

Contudo, está estimado que cerca de R$ 41,2 bilhões fora do teto de gastos serão utilizados, o que pode prejudicar as finanças do país para os próximos anos.

Auxílio Brasil: inclusão de 800 mil famílias

De acordo com o Ministério da Cidadania, no momento, o Auxílio Brasil possui uma fila de inscritos de cerca de 803 mil famílias, que esperam o dinheiro desde julho ou agosto. Essas pessoas já estão aptas a receber os repasses, mas ainda não foram incluídas no programa.

Agora, existe uma intenção do governo federal em zerar a fila, conforme informação antecipada pelo jornal Folha de S. Paulo. Sendo assim, as mais de 800 mil famílias devem se juntar aos 20,3 milhões de inscritos no benefício. Com isso, existe a possibilidade de o Auxílio Brasil superar a marca de 21 milhões de famílias registradas em 2022.

Auxílio Brasil: inscrição e quem pode receber

Auxílio Brasil
Auxílio Brasil. Foto: gov.br

A inscrição no Auxílio Brasil é feita de forma automática pelo Ministério da Cidadania. A pasta verifica se a família está inscrita no CadÚnico e se cumpre ao menos uma das exigências abaixo:

  • Família em estado de pobreza;
  • Família em estado de extrema pobreza;
  • Família em situação de emancipação.

O próprio Ministério da Cidadania também verifica mensalmente se os requisitos estão sendo cumpridos pelos beneficiários. Quem não se enquadrar nas regras pode ser excluído do programa.

Calendário Auxílio Brasil de setembro

O calendário do Auxílio Brasil do mês de setembro já foi divulgado. Os pagamentos são feitos de acordo com o dígito final do Número de inscrição Social (NIS). Portanto, são previstas dez datas de depósitos.

Se a previsão do governo se concretizar, as pessoas que estão na fila já serão incluídas no cronograma que detalhamos a seguir:

  • NIS final 1: 19 de setembro de 2022;
  • NIS final 2: 20 de setembro de 2022;
  • NIS final 3: 21 de setembro de 2022;
  • NIS final 4: 22 de setembro de 2022;
  • NIS final 5: 23 de setembro de 2022;
  • NIS final 6: 26 de setembro de 2022;
  • NIS final 7: 27 de setembro de 2022;
  • NIS final 8: 28 de setembro de 2022;
  • NIS final 9: 29 de setembro de 2022;
  • NIS final 0: 30 de setembro de 2022.

A consulta dos repasses pode ser feita pelo número 111 da Caixa Econômica Federal ou pelo 121 do Ministério da Cidadania. Quem possui smartphone com acesso à internet tem a opção de verificar por meio do aplicativo do Auxílio Brasil (Android e iOS) ou pelo app do Caixa Tem (Android e iOS).

Leia também


você pode gostar também

Saque triplo do PIS/Pasep pode ser feito neste mês; veja quem tem direito

Valores são referentes ao dinheiro não retirado dos anos-base 2019 e 2020, além das cotas do extinto Fundo PIS/Pasep.

Afinal, 14º salário do INSS sairá para aposentados ainda neste ano?

O 14º salário do INSS é um Projeto de Lei que visa beneficiar segurados impactados pela crise econômica ocasionada durante a pandemia.

Quem poderá perder o benefício do INSS em outubro? Veja regras do pente-fino

Aposentados e pensionistas do INSS serão convocados para passar por pente-fino de verificação da elegibilidade e algumas pessoas podem perder o benefício.

Pente-fino do BPC: veja quem poderá ficar sem as parcelas de R$ 1,2 MIL

O pente-fino do BPC também deve revisar outros benefícios por incapacidade, bem como demais aposentadorias do INSS.

Empréstimo Auxílio Brasil: veja regras, valor máximo e taxa de juros

O Empréstimo Auxílio Brasil consiste numa modalidade do empréstimo consignado para os beneficiários do programa social, com desconto das parcelas na folha do benefício.

Novo saque FGTS é liberado pela Caixa; veja valores e quem recebe

O novo saque FGTS liberado pela Caixa Econômica Federal atende os brasileiros que optaram pela modalidade do Saque-Aniversário e nasceram no mês de outubro.