Atualização do CadÚnico: convocados têm até outubro para confirmar os dados

Prazo para atualização do CadÚnico (Cadastro Único) foi prorrogado. Veja como realizar o procedimento e manter regularidade.

Os prazos de atualização de dados do CadÚnico para os programas sociais do Governo Federal foram prorrogados pelo Ministério da Cidadania. Segundo a instrução normativa, publicada no Diário Oficial da União (DOU), os convocados para revisão cadastral possuem até o dia 14 de outubro para fazer a atualização das informações.

Inicialmente, o prazo para atualizar as informações teria terminado ainda em julho. O procedimento é importante para que a inscrição da família no Auxílio Brasil não seja cancelada, evitando que os beneficiários percam o direito de receber as parcelas. Caso haja inconsistência cadastral até a data limite, o benefício será bloqueado.

Em razão da pandemia da COVID-19, o processo de revisão cadastral só vale para famílias que atualizaram seus dados pela última vez em 2016 ou 2017. Beneficiários que atualizaram as informações nos anos de 2018 ou 2019 só serão convocadas no próximo ano.

Como fazer a atualização do CadÚnico?

atualizar cadúnico, calendário cadúnico, atualização cadastral cadúnico
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO.

O Cadastro Único poderá ser atualizado de diferentes maneiras pelo cidadão beneficiado. Para quem optar atualização online, será possível modificar os dados por meio do site do Cadastro Único ou junto ao aplicativo Meu CadÚnico (disponível para Android e iOS).

Para ambas as opções, o cidadão precisa ter uma conta no gov.br para acessar seus dados e proceder com a atualização. Caso ainda não possua registro no gov.br, basta criar uma conta gratuita.

Para quem não têm acesso à internet, é necessário ligar para o número 0800 707 2003. O telefone é da Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal, a responsável pela transferência de recursos dos programas ligados ao CadÚnico.

O beneficiário deve estar com seu CPF em mãos e também outros dados pessoais, como data de nascimento e endereço completo, uma vez que essas informações podem ser solicitadas.

Depois, as unidades familiares que precisam atualizar seus dados no caso do vencimento dos dois anos ou por conta de alterações, devem comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), ou a um posto de atendimento no município de residência.

Caso ainda não possua o CadÚnico, será necessário comparecer ao CRAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) ou CREAS (Centro de Referência da Assistência Social) da sua cidade. O cadastro deve ser realizado, preferencialmente, por mulheres com idade superior a 16 anos.

Atualização do CadÚnico: quem deve fazer?

Os cidadãos que são beneficiários por programas dos governos federal, estadual e municipal, devem manter seus dados no CadÚnico atualizados para garantir o recebimento dos auxílios.

Veja, a seguir, cinco situações em que os cidadãos precisam realizar a atualização do CadÚnico:

  • Em caso de mudança no endereço;
  • Casa haja troca de número de telefone;
  • Mudança no valor da renda mensal, seja para mais ou para menos;
  • Caso haja modificação no estado civil de qualquer integrante da família;
  • Óbito ou nascimento na família.

Dessa maneira, a revisão é essencial para garantir que as informações registradas no Cadastro Único continuem sendo a realidade das famílias. Por meio desse registro, parcelas de benefícios como o Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e Auxílio Gás poderão ser recebidas.

Leia também


você pode gostar também

Caixa LIBERA saques de até R$ 6,2 MIL; veja quem tem direito em 2022

O saque calamidade é disponibilizado aos trabalhadores que tenham suas residências atingidas por desastres naturais.

Auxílio Gás já tem VALOR previsto para outubro; veja estimativa

O Auxílio Gás varia conforme o preço médio do botijão de gás de cozinha muda no mercado. O repasse de outubro já tem datas e valor previsto.

Calendário INSS: nova rodada de R$ 1,2 MIL é liberada HOJE; veja quem recebe

A partir desta terça-feira, uma nova rodada de R$ 1,2 mil do calendário INSS é liberada para os beneficiários que recebem até um salário mínimo e estão em dia com o instituto.

Empréstimo Auxílio Brasil será liberado NESTA semana; veja regras oficiais

Portaria regulamenta o empréstimo consignado do Auxílio Brasil, com número máximo de parcelas em 24 e taxa de juros de até 3,5% ao mês.

Seu benefício do INSS pode ser CORTADO em 2022? Veja regras do pente-fino

Algumas pessoas devem ser convocadas a passar por um novo pente-fino do INSS que irá verificar quem ainda tem direito ao benefício.

Desconto no IPVA será liberado para ESTES carros

Carros elétricos e híbridos terão descontos no IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). Saiba os detalhes.