13º salário do BPC de R$ 2,4 mil será uma realidade em 2022? Conheça projeto

Caso aprovado, o Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal irá incluir o pagamento de uma parcela extra do Benefício de Prestação Continuada durante o mês de dezembro.

Por via de regra, o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) não funciona da mesma forma que uma aposentadoria. Sendo assim, a legislação atual não prevê o pagamento do 13º salário do BPC por parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Leia também

Além disso, o BPC/LOAS não inclui pensão por morte ou outros benefícios previstos para aposentados e pensionistas, sendo um programa de natureza individual, vitalícia e intransferível. No entanto, o Projeto de Lei número 6394/2019, com autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI), poderá modificar essa condição.

Em resumo, a proposta prevê o pagamento do 13º salário do BPC, alterando a Lei Orgânica da Assistência Social para expandir o pagamento do benefício, com a adição de mais uma parcela em todo mês de dezembro. Desse modo, os beneficiários receberiam dois salários mínimos, com a transferência de R$ 2,4 mil no final do ano.

Como irá funcionar o 13º salário do BPC?

13° salário do BPC, 13° do BPC, abono salarial BPC
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

O Projeto de Lei em sua versão original, disponível na internet, estabelece a extensão do pagamento para os beneficiários durante todos os anos, como uma forma de tratar os programas sociais atuais com seriedade e respeito em relação aos cidadãos. Neste sentido, há uma defesa do senador responsável em relação ao público atendido.

Basicamente, a proposta do 13º salário do BPC estabelece o pagamento de duas parcelas do benefício durante o mês de dezembro. O texto ainda reconhece que a época das festividades inclui maiores gastos e preços nas compras dos bens de consumo, sendo fundamental oferecer ainda mais auxílio aos idosos e pessoas com deficiência.

Como um público socialmente vulnerável, considerando também a situação de baixa renda, o projeto estabelece o pagamento de R$ 2,4 mil como uma nova regra prevista na Lei Orgânica da Assistência Social. Apesar disso, não modifica os parâmetros que diferenciam o Benefício de Prestação Continuada de um aposentadoria.

Sendo assim, a expectativa é que as transferências sejam realizadas da mesma forma com que acontece atualmente, por meio do próprio INSS. No entanto, caso aprovada, será necessário estabelecer se haverá a adição de mais uma folha de pagamento, com outro calendário para a segunda parcela.

Caso contrário, o cronograma estabelecido pelo INSS para este ano segue inalterado. Atualmente, os pagamentos referentes ao BPC/LOAS seguem o mesmo esquema das transferências das aposentadorias e pensões do instituto, com base nas datas daqueles que recebem até um salário mínimo.

Como o projeto está tramitando?

YouTube video

Em novembro de 2021, a proposta foi enviada para análise da Comissão de Assuntos Sociais. Porém, em junho deste ano, passou para a responsabilidade da relatoria, submetido à leitura do senador Eduardo Gomes (PL). Neste momento, deve ser analisada e aprovada por três comissões antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

Na Câmara, o projeto deve ser revisado, mas se houver alguma alteração ela retorna ao Senado Federal para ser debatida e atualizada. Após repetir o processo de avaliação das Comissões Especiais, ou caso não seja alterada, a proposta segue para a Presidência da República, onde receberá veto ou sanção.

Caso haja a sanção presidencial, a proposta é publicada no Diário Oficial da União e promulgada em uma portaria que irá regulamentar todo o funcionamento do 13º salário do BPC. Desse modo, ganha força de lei no mesmo dia e se torna um Projeto de Lei implementado em todo o país.

Leia também


você pode gostar também

Como fazer para conseguir o BPC de R$ 1,2 mil em 2022? Veja passo a passo

O Benefício de Prestação Continuada de R$ 1,2 mil em 2022 está disponível para as pessoas com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência de qualquer idade no país.

Abono PIS/Pasep: quem pode sacar a bolada esquecida de R$ 562 milhões?

Beneficiários têm direito a receber, referente ao abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Auxílio Brasil dobrado em outubro? Veja quem pode receber até R$ 1,2 MIL

O valor do programa Auxílio Brasil pode ser aumentado com base em outros benefícios da chamada “cesta-raiz”.

Valor do PIS atualizado: veja qual é a mais nova previsão do abono 2023

Abono salarial possui como base de pagamento o valor do salário mínimo vigente. Confira as regras e saiba qual é o valor do PIS atualizado.

CNH Social 2023: veja regras e estados que oferecem gratuidade

A CNH Social 2023 é um programa criado pelo governo federal e oferecido pelos estados de forma independente. Sendo assim, as regras podem variar.

Calendário INSS: 8 saques serão liberados nesta semana; veja quem recebe

O calendário INSS terá 8 saques liberados nesta semana, ainda referentes ao mês-base de setembro para os segurados do instituto.