9 bilhões do FGTS serão creditados aos trabalhadores; veja quem recebe

Caixa distribuirá cerca de 9 bilhões do FGTS para diversos trabalhadores do país. Confira como o dinheiro será repassado.

A Caixa Econômica Federal anunciou que irá depositar um pouco mais que R$ 9 bilhões do FGTS. O recurso será dividido entre várias contas do fundo. Contudo, é importante salientar que somente um grupo específico será contemplado com a medida a partir deste sábado, dia 06 de agosto.

Vale lembrar que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito dos trabalhadores com carteira assinada. O fundo funciona como uma espécie de reserva de emergência que pode ser utilizada em situações determinadas em lei.

9 bilhões do FGTS fazem parte do Saque Emergencial

De acordo com a Caixa, aproximadamente R$ 9,2 bilhões do FGTS serão devolvidos aos trabalhadores que decidiram não utilizar os recursos do Saque Emergencial durante a disponibilização feita pelo governo federal.

O saque foi liberado entre abril e junho de 2022, seguindo o mês de aniversário dos beneficiários. Na época, o Ministério da Economia autorizou que até R$ 1 mil fosse liberado das contas de cada trabalhador do fundo.

O dinheiro poderia ser movimentado por meio de contas sociais digitais abertas automaticamente no Caixa Tem (Android e iOS) e ser gasto ou investido como a pessoa desejasse. Foram disponibilizados aproximadamente R$ 30,1 bilhões, atingindo mais de 43 milhões de pessoas.

Os valores foram creditados automaticamente ou tiveram que ser solicitados, dependendo do caso. De acordo com as regras, havia o prazo de 90 dias para que o valor fosse movimentado.

Se isso não ocorresse, o interessado teria o dinheiro devolvido a sua conta original do FGTS com correção monetária. Essa devolução prevista é o que justamente está para ocorrer a partir de sábado (06/08).

R$ 9 bilhões do FGTS: como pedir a devolução

A devolução dos mais de R$ 9 bilhões do FGTS será feita de forma automática pela Caixa Econômica Federal. O dinheiro será corrigido para que não haja perdas monetárias e depositado na conta do trabalhador que não movimentou o Saque Emergencial.

Vale lembrar que, mesmo que a pessoa não tenha gastado todo o recurso, se ela mexeu no dinheiro, a Caixa não retornará os recursos para o fundo. Os valores continuarão no Caixa Tem, esperando pelo dono. Quem pediu pelo saque (não teve liberação automática) também se enquadra na mesma situação.

Se a pessoa quiser, mesmo após a devolução, poderá pedir pelo recurso até o dia 15 de dezembro, segundo o governo federal. A solicitação é pelo app do FGTS (Android e iOS).

9 bilhões do FGTS não poderão ser sacados a qualquer momento

Apesar da Caixa Econômica Federal creditar os R$ 9 bilhões do FGTS, os trabalhadores que possuem contas no fundo não poderão sacar o dinheiro a qualquer momento. As regras de obtenção dos recursos do FGTS continuam as mesmas. Veja a seguir:

  • Trabalhador que for demitido sem justa causa;
  • Encerramento de contrato de trabalho;
  • Trabalho avulso que tenha sido suspenso;
  • Rescisão contratual por força maior ou culpa recíproca;
  • Caso de desastres naturais, com declaração em lei por parte do governo local;
  • Trabalhador que tenha se aposentado;
  • Pessoa com 70 anos ou mais;
  • Trabalhador com doença grave, conforme previsto em lei;
  • Trabalhador que está há ao menos três anos fora do regime do FGTS (sem trabalhar com carteira assinada);
  • Compra de casa própria (liquidação, prestação ou amortização);
  • Falecimento do trabalhador.

Além das normas citadas anteriormente, o FGTS ainda possui a modalidade do saque-aniversário, que permite que a pessoa obtenha recursos periodicamente, uma vez por ano. É possível se inscrever via app do FGTS (Android e iOS).

Leia também

você pode gostar também

Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil é pago nesta terça; veja regras do benefício

Milhares de transportadores de carga deverão ser beneficiados com o Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil. Veja como será o pagamento.

PIS/Pasep têm R$ 24,6 bi esquecidos em 2022; veja quem pode fazer o saque

Os valores acumulados estão disponíveis aos profissionais que trabalharam durante período de vigência do Fundo PIS/Pasep.

13º salário do BPC de R$ 2,4 mil será uma realidade em 2022? Conheça projeto

Caso aprovado, o Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal irá incluir o pagamento de uma parcela extra do Benefício de Prestação Continuada durante o mês de dezembro.

Auxílio Gás de R$ 110 é liberado; veja quem recebe o valor nesta semana

Auxílio Gás vai repassar, nos meses de agosto, outubro e dezembro, 100% do valor médio do botijão de gás às famílias beneficiadas.

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago; veja calendário e quem recebe

Segundo o governo, Auxílio Brasil de R$ 600 deverá ser repassado para mais de 20 milhões de inscritos. Repasses foram divididos conforme NIS.

Auxílio Brasil de R$ 600 será pago a 20,2 milhões de pessoas; quem recebe o valor?

Pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 600 devem começar no dia 09 de agosto. Reajuste do valor será temporário.