PIS/Pasep: saiba como consultar abonos “esquecidos” pelo seu CPF

Os abonos esquecidos somente estão disponíveis para os trabalhadores ou servidores públicos que não fizeram a retirada do dinheiro correspondente.

O abono salarial do PIS/Pasep, referente ao ano-base de 2022, foi pago para milhões de trabalhadores durante o primeiro trimestre de 2022. Entretanto, milhares de pessoas ainda não resgataram os valores que possuem direito e, por isso, eles estão “esquecidos” e só poderão ser sacados até o dia 29 de dezembro deste ano.

Inúmeros trabalhadores, além do mais, também não sacaram os valores referentes ao abono do ano-base 2019. Por isso, o governo federal decidiu dar uma segunda chance para que eles também possam fazer o saque em 2022. Ambos os benefícios podem ser consultados pelo telefone ou por meio de aplicativo, bastando informar o CPF.

Lembrando que o Programa de Integração Social, o PIS, é destinado para aqueles trabalhadores em regime CLT (formais) da iniciativa privada. Com ele, é possível obter benefícios como o abono salarial. Já os servidores públicos contam com o Programa de Formação Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Enquanto o PIS é regido pela Caixa, o Pasep está sob a responsabilidade do Banco do Brasil.

Regras para receber os abonos esquecidos de 2019 e 2020

Os abonos esquecidos somente estão disponíveis para os trabalhadores ou servidores públicos que não fizeram a retirada do dinheiro correspondente. Para ter direito ao benefícios, os interessados precisam cumprir todos os seguintes requisitos:

  • Estar devidamente registrado no PIS/Pasep por, pelo menos, cinco anos;
    Ter trabalhado no ano-base em questão (2019 e/ou 2020) por, no mínimo, 30 dias;
  • Ter remuneração mensal de até dois salários mínimos;
  • Estar inscrito na Relação Anual de Informações (RAIS) ou no eSocial;
    Não ser empregado doméstico e nem ter sido contratado por pessoa física.

Vale lembrar que, no caso do abono PIS/Pasep do ano-base 2019, será necessário fazer o pedido formal para o resgate do dinheiro. Existem alguns meios para isso, como o aplicativo da Carteira de Trabalho e pelo e-mail trabalho.uf@economia.gov.br. Nesse último caso, será necessário trocar “uf” do e-mail pela sigla de seu estado.

Por exemplo: “trabalho.sp@economia.gov.br”. Além disso, o pedido do abono de 2019 também pode ser feito em alguma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho e Previdência.

Como fazer consulta do abono esquecido PIS/Pasep

Existem alguns canais específicos para fazer a consulta dos abonos de 2019 e 2020. Um deles é aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Veja como funciona:

  • Abra o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (Android e iOS) em seu celular;
  • Realize o login necessário por meio do CPF e senha cadastrados no gov.br. Caso ainda não tenha conta, será necessário criá-la;
  • Toque no ícone “Benefícios” que fica localizado no menu do app;
  • Em “Abono Salarial”, clique na opção “Consultar”.

O mesmo procedimento pode ser feito pelo telefone 158.

Leia também

você pode gostar também