Revisão da aposentadoria: INSS pagará precatórios em julho; entenda

A revisão da aposentadoria deve ser feita apenas em alguns casos, quando o tempo de contribuição ou salário recebido não entraram no cálculo.

A partir do mês de julho, os segurados que solicitaram revisão da aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), e tiveram causa ganha, terão os reajustes dos seus benefícios por meio de precatórios a quem têm direito a mais de 60 salários mínimos.

É importante lembrar que quem recebe aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pode pedir revisão caso haja algum erro no valor do benefício. A correção será possível caso o cálculo esteja errado ou se alguma contribuição não tiver sido incluída.

Dessa forma, o aposentado deve conferir sua carta de concessão para saber se algum desses é o seu caso.

Revisão da aposentadoria INSS: pagamento por precatórios

De acordo com o Conselho da Justiça Federal (CJF), serão disponibilizados R$ 25,4 bilhões de precatórios no mês de julho, onde a maioria desse valor será destinado ao pagamento de revisão dos aposentados do INSS.

Os precatórios correspondem às ações dos aposentados, que solicitaram revisão do benefício previdenciário, e venceram os processos contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

É importante lembrar que os precatórios diferem das Requisições de Pequeno Valor (RPV). As RPVs são limitadas em até 60 salários mínimos, já os Precatórios são pagos para ações com valor superior aos 60 salários.

Como pedir revisão da aposentadoria?

O pedido pode ser realizado via internet, junto ao portal ou aplicativo do Meu INSS, ou pelo telefone da central de atendimento 135.

É recomendável, no entanto, que o segurado consulte um advogado especializado na área para não perder valores. O profissional vai verificar todas as informações necessárias para garantir o pagamento. Quando a revisão é solicitada, dá início a um novo processo de concessão do benefício.

Você precisará justificar o motivo para a revisão da aposentadoria. Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o endereço eletrônico ou aplicativo do Meu INSS;
  2. Depois, faça login com seu CPF e senha cadastrados (mesmo do Gov.BR);
  3. Em seguida, digite “Revisão” na barra de pesquisa;
  4. O portal vai solicitar atualização dos seus dados de contato. Depois disso, selecione a opção “Avançar”;
  5. Preencha o formulário e envie a documentação solicitada.

A documentação vai variar conforme a categoria de solicitação, confira:

  • Inclusão de tempo especial para aumento do benefício: será necessário apresentar o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP);
  • Incluir períodos que não houve recolhimento da empresa: será preciso apresentar contracheque, carteira de trabalho com as informações sobre faixa salarial, declaração da instituição e outros comprovantes de remuneração.

Leia também

você pode gostar também

Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil é pago nesta terça; veja regras do benefício

Milhares de transportadores de carga deverão ser beneficiados com o Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil. Veja como será o pagamento.

PIS/Pasep têm R$ 24,6 bi esquecidos em 2022; veja quem pode fazer o saque

Os valores acumulados estão disponíveis aos profissionais que trabalharam durante período de vigência do Fundo PIS/Pasep.

13º salário do BPC de R$ 2,4 mil será uma realidade em 2022? Conheça projeto

Caso aprovado, o Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal irá incluir o pagamento de uma parcela extra do Benefício de Prestação Continuada durante o mês de dezembro.

Auxílio Gás de R$ 110 é liberado; veja quem recebe o valor nesta semana

Auxílio Gás vai repassar, nos meses de agosto, outubro e dezembro, 100% do valor médio do botijão de gás às famílias beneficiadas.

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago; veja calendário e quem recebe

Segundo o governo, Auxílio Brasil de R$ 600 deverá ser repassado para mais de 20 milhões de inscritos. Repasses foram divididos conforme NIS.

Auxílio Brasil de R$ 600 será pago a 20,2 milhões de pessoas; quem recebe o valor?

Pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 600 devem começar no dia 09 de agosto. Reajuste do valor será temporário.