Auxílio Brasil: até quando o benefício de R$ 400 será pago?

Auxílio Brasil terá ticket médio de R$ 400 entre os meses de janeiro e dezembro de 2022. Os depósitos deste ano já estão em andamento.

O Auxílio Brasil continuará sendo pago no valor mínimo de R$ 400,00 até o fim de 2022 de acordo com prorrogação assinada por Jair Bolsonaro em dezembro do ano passado. O decreto editado define que as famílias inscritas no programa receberão o Benefício Extraordinário.

Esse é limitado a um pagamento por família e, para chegar ao valor estipulado pelo governo, são somados: o Benefício Primeira Infância, o Benefício Composição Familiar, o Benefício de Superação da Extrema Pobreza e o Benefício Compensatório de Transição. Vale ressaltar que, a partir deste ano, mais 3 milhões de famílias passam a receber as parcelas.

Auxílio Brasil terá outros benefícios complementares

O valor de R$ 400,00 é comum a todos os inscritos no Auxílio Brasil, ou seja, ninguém recebe uma quantia menor do que essa. Contudo, será possível aumentar o pagamento de acordo com os benefícios complementares do programa. Previstos na medida provisória n° 1061/21, esses pagamentos extras variam de acordo com o perfil da família. São eles:

  • Auxílio Esporte Escolar;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior;
  • Auxílio Criança Cidadã;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana.

Calendário do Auxílio Brasil para janeiro de 2022

As transferências do Auxílio Brasil são feitas levando em consideração o dígito final do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. Os repasses tiveram início no dia 18 de janeiro e, até agora, quatro grupos já receberam (NIS de 1 a 4). Veja quando o restante vai ter acesso aos valores:

  • NIS 5: dia 24 de janeiro de 2022 (HOJE);
  • NIS 6: dia 25 de janeiro de 2022;
  • NIS 7: dia 26 de janeiro de 2022;
  • NIS 8: dia 27 de janeiro de 2022;
  • NIS 9: dia 28 de janeiro de 2022;
  • NIS 0: dia 31 de janeiro de 2022.

Os beneficiários têm 120 dias para sacar o Auxílio Brasil, contando a partir do depósito. A retirada em espécie pode ser feita por meio do Cartão Cidadão ou do cartão do Bolsa Família. Além disso, é possível movimentar o dinheiro pelo Caixa Tem, realizando pagamentos de contas e boletos, compras online ou transferências para outras contas.

Leia também

você pode gostar também