ID Jovem: como funciona e quem pode obter o benefício

ID Jovem é o documento que dá direito à meia-entrada para eventos culturais ou esportivos. Veja quem pode solicitar.

Com objetivo de beneficiar jovens de baixa renda em todo o Brasil, foi criada a ID Jovem, que garante acesso à meia-entrada para eventos culturais ou esportivos. Confira as regras do benefício e como pedir a sua ID Jovem.

A criação do documento foi uma iniciativa da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), que faz parte do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Apenas em 2020, foram criadas 1 milhão de carteirinhas.

ID Jovem: como pedir o documento?

O documento é destinado a pessoas com idade entre 15 e 29 anos, que estejam inscritas no Cadastro Único do governo federal (CadÚnico) e façam parte de família com renda de até dois salários mínimos por mês.

A diferença do ID Jovem para a carteirinha de estudante, é que o beneficiário não precisa estar matriculado em instituição de ensino. Para solicitar o ID Jovem, será necessário que o interessado cumpra as regras estabelecidas pelo governo.

Baixe o app da ID Jovem (Android e iOS) e realize o cadastro com suas informações pessoais (nome completo, nome da mãe, data de nascimento). É importante que o Cadastro Único esteja atualizado e que o solicitante possua Número de Identificação Social (NIS).

A ID Jovem é aceita onde?

Para usar o documento ID Jovem, é preciso ter a versão impressa ou em formato digital dentro do aplicativo. Na hora de apresentar esse documento, será preciso estar acompanhado do documento de identidade com foto para garantir o desconto.

O ID Jovem garante descontos de 50% em jogos, shows, eventos, passagens rodoviárias, ferroviárias e aquaviárias.

Contudo, existe um limite de duas vagas por transporte. Quando não houver mais disponibilidade, a empresa deverá informar o horário mais próximo que haverá vaga.

Leia também

você pode gostar também