Novo benefício do Auxílio Brasil deve começar a ser pago em dezembro; entenda

Famílias que fazem parte do Auxílio Brasil podem receber dinheiro da Bolsa de Iniciação Científica, conforme desempenho de estudantes.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o governo federal depositará a Bolsa de Iniciação Científica ainda em 2021. O benefício faz parte do Auxílio Brasil (novo Bolsa Família) e deve começar a ser pago em dezembro.

Estima-se que 3 mil estudantes receberão 12 parcelas no valor de R$ 100. Além disso, haverá uma cota única para a família no valor de R$ 1 mil. A ideia é incentivar o desenvolvimento científico no país desde os jovens, ainda na escola.

Segundo o anúncio, as parcelas mensais (R$ 100) serão pagas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com verbas provenientes do Ministério da Cidadania. A parcela única será depositada pelo próprio ministério.

Quem pode receber a Bolsa de Iniciação Científica

Conforme as regras estabelecidas, a Bolsa de Iniciação Científica é paga para alunos que fazem parte de famílias inscritas no Auxílio Brasil. É preciso ter destaque em competições acadêmicas e científicas oficiais do governo.

Ou seja, os eventos científicos devem ser cadastrados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, sendo realizados em 2020. No caso, o dinheiro vai para os estudantes que ficaram entre o primeiro e o terceiro lugar.

Apesar do anúncio, o Ministério da Cidadania não informou como o pagamento será realizado e nem como será feita a divulgação dos nomes dos contemplados. Também não foi detalhado o repasse único (se ocorrerá em dezembro ou em outro mês).

Auxílio Brasil: benefícios

Além da Bolsa de Iniciação Científica Júnior, o texto que determina as regras do Auxílio Brasil aponta que outros oito benefícios serão pagos. Confira quais são:

  • Benefício Primeira Infância;
  • Benefício Composição Familiar;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza;
  • Auxílio Esporte Escolar;
  • Auxílio Criança Cidadã;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana;
  • Benefício Compensatório de Transição.

Leia também

você pode gostar também