Câmara aprova empréstimo de até R$ 4,5 mil para empreendedores

A ampliação estabelece novos valores para os Microempreendedores Individuais (MEIs) e pessoas físicas empreendendo no país, além de regras específicas para a contratação.

Na última terça-feira (21), a Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 1107/2022 que estabelece a ampliação do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores, conhecido como SIM Digital. Neste sentido, o texto expande o valor dos empréstimos liberados para pessoas físicas para R$ 1,5 mil e para microempreendedores até R$ 4,5 mil.

Anteriormente, os valores estabelecidos eram de R$ 1 mil e R$ 3 mil para cada grupo. Sobretudo, a ampliação tem como principal objetivo oferecer maiores possibilidades de contratação no empréstimo, mas sem incentivar o endividamento da população enquanto o volume de recursos permanece equilibrado.

Como funciona a ampliação do SIM Digital?

A Medida Provisória autoriza que a Caixa Econômica Federal, instituição financeira responsável pela viabilização do SIM Digital, ofereça valores maiores na contratação dos empréstimos. Além disso, a iniciativa autoriza o uso de R$ 3 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para garantir a execução das operações de microcrédito.

Desde a implementação do programa, a Caixa Econômica concedeu os créditos especiais para mais de um milhão de brasileiros, atendendo principalmente as mulheres que são microempreendedoras e chefes de família. Atualmente, os valores são assegurados pelo Fundo Garantidor de Microfinanças (FGM) para o incentivo do empreendedorismo no país.

No geral, a previsão é que as linhas de crédito subsequentes sejam concedidas somente para os Microempreendedores Individuais (MEIs) que tenham recebido uma qualificação técnico-profissional pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Neste caso, é necessário apresentar o certificado que comprove a formação.

A Medida Provisória ainda autoriza a participação de outras instituições financeiras que queiram emprestar recursos financeiros com a garantia do FGM, obtendo taxas de 3,6% ao mês e um prazo máximo de 24 meses para pagar. No entanto, se o banco se tornar devedor e o fundo honrar o empréstimo, não será possível contratar um novo empréstimo.

Sobretudo, o dinheiro concedido deverá ser destinado exclusivamente para atividades produtivas, proibindo o uso para liquidar operações de crédito preexistentes em outras instituições financeiras. Ademais, os bancos poderão exigir garantias específicas, como aval de terceiros ou aval solidário.

A Medida estabelece limites para a cobertura do fundo da Caixa Econômica no caso de valores não pagos após o acionamento das garantias acessórias. Neste caso, até 80% do valor desembolsado em cada operação, além de 75% do valor total do empréstimo vinculada ao SIM Digital por parte do banco.

Os bancos também deverão solicitar limites inferiores de acordo com a composição de preço e risco, enviando informações como operações realizadas para o Ministério do Trabalho e Previdência.

Leia também

você pode gostar também

Novo golpe está sendo aplicado em aposentados; saiba se proteger

O golpe é aplicado por meio da prova de vida, solicitando informações dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Posso levar multa com CNH provisória? Veja as regras oficiais

Ao fim do processo para tirar a CNH, o condutor aprovado recebe a habilitação provisória. Somente após um ano, o motorista pode pegar o documento definitivo.

Regras da nova CNH: veja o que muda na prática para os motoristas

Motoristas que já possuíam um documento válido não precisam tirar a nova CNH. A versão atualizada da carteira possui tecnologia antifraude e outras aplicações.

Já é possível obter CNH no país sem autoescolas? Entenda o projeto

Fim da obrigatoriedade da autoescola para tirar CNH está sendo discutido em projeto que circula no Congresso Nacional.

Feriados nacionais: qual é a próxima folga confirmada em 2022? Veja calendário

Restando apenas seis feriados até o final do ano, a próxima folga confirmada será no dia 7 de setembro, dia da Independência do Brasil.

Novo RG será obrigatório a partir de agosto? Veja prazo e regras oficiais

Alguns estados vão iniciar a emissão do novo RH, mas o prazo final para distribuição em todo território nacional é até março de 2023.