9 objetos que emitem radiação e usamos praticamente todo dia

Os objetos que emitem radiação e usamos todo dia variam entre eletrodomésticos e aparelhos mais simples, como lâmpadas. Por isso, é importante se informar sobre esse assunto.

Em primeiro lugar, a maioria das pessoas fica com medo quando escuta sobre objetos que emitem radiação e usamos praticamente todo dia. Sobretudo, é comum que haja uma associação entre radiação e perigo imediato, principalmente quando se considera os filmes, mas também os acidentes radioativos na vida real.

Leia também

Porém, estima-se que todos os objetos cotidianos, e até mesmo os alimentos, emitam radiação. O que acontece é que esses itens não emitem radiação com intensidade suficiente para causar mal aos seres humanos, diferente de grandes explosões ou exposição à materiais químicos perigosos.

Como exemplo, pode-se citar que os abacates emitem cerca de 0,16 unidades de radiação gama, o que é quase o mesmo tanto que um tijolo. Conhecido como micrograys por hora, essa é a medida usual para acompanhar a quantidade de energia radioativa absorvida por uma unidade de massa.

Portanto, os 9 objetos que emitem radiação e usamos praticamente todo dia podem ser considerados inofensivos aos seres humanos. Contudo, essa característica depende do nível de materiais radioativos, tempo de exposição e do próprio organismo do indivíduo. Saiba mais a seguir:

Objetos que emitem radiação e usamos todo dia

1) Cigarro

Ainda que seja uma substância lícita e comercializada, existem mais questões no cigarro do que somente as substâncias prejudiciais ao organismo humano. Por via de regra, o tabaco absorve a radiação durante o processo de cultivo de forma natural. Como consequência, o ser humano acaba absorvendo essa radiação no pulmão.

Curiosamente, os fumantes passivos também são expostos à parte da radiação. Sobretudo, o chumbo e o polônio acabam contaminando o ar.

2) Lâmpadas fluorescentes

A composição das lâmpadas fluorescentes causam a emissão de elementos radioativos. Porém, podem ter como tempo de meia-vida cerca de 10,4 anos. Entretanto, deve-se ficar preocupado com essa radiação somente nos casos em que a lâmpada esteja quebrada, pois há maior exposição dos indivíduos.

3) Areia de gatos

Os apaixonados em felinos devem ficar de olho na areia para gatos que estão comprando. Comumente, esse material é feito com argila ou bentonita, possuindo isótopos radioativos naturais que podem criar um alerta até mesmo em postos de fronteira no mundo.

No geral, o que cria mais preocupação é a liberação de substâncias radioativas associadas aos dejetos dos animais de estimação. Acima de tudo, os felinos que estão em tratamento de câncer podem ser prejudicados e também prejudiciais ao ambiente, a depender da areia utilizada.

4) Detectores de fumaça

Apesar de ser um item de segurança, os detectores de fumaça contêm uma pequena concentração de um material radioativo. Conhecido como Amerício 231, esse composto produz partículas alfa e radiação beta, além de possuir uma meia-vida de 432 anos.

Assim como a lâmpada fluorescente, só há risco eminente aos seres humanos caso o detector de fumaça esteja quebrado. Além disso, o indivíduo precisaria comer ou inalar a fonte radioativa para que haja alguma contaminação.

No geral, a recomendação é pesquisar sobre o material do detector de fumaça antes da compra, ou caso esteja instalado na residência que você está alugando. Ademais, o descarte desses aparelhos deve ser feito em conformidade com as normas públicas, a fim de evitar contaminação do lixo comum.

5) Cerâmica

Algumas cerâmicas podem conter materiais radioativos em sua composição, como é o caso das tampas que possuem óxido de metal misturado ao material. Neste caso, até mesmo dentes de porcelana coloridos de maneira artificial podem conter urânio, o que os torna mais brancos e refletivos.

No geral, os objetos de pedra, como azulejos e bancadas, também são levemente radioativos. Objetos de vidro artístico ou cerâmica esmaltada possuem componentes que podem ser decompostos por alimentos ácidos e ingeridos. Portanto, observe os materiais que está usando em sua casa, em especial para a alimentação.

6) Relógios fluorescentes

Você possui um relógio de pulso ou de cabeceira que brilha no escuro? Provavelmente, esse brilho deriva do trítio, um isótopo do hidrogênio que é radioativo. No geral, também se usa essa substância na confecção de bússolas, chaveiros e outros itens.

Em todos os casos, o cuidado deve ser com a exposição ao material, caso a tampa protetora do relógio quebre. Por isso, é fundamental mantê-lo bem conservado e longe das crianças, por exemplo.

7) Metais reciclados

Os materiais de sucata de metal agrupadas podem possuir compostos radioativos incorporados. No caso de objetos comuns, como ralador de verdura e até mesmo talheres, a concentração não oferece riscos eminentes aos seres humanos. Porém, deve-se ficar atento com o tipo de material reciclado que está sendo usado em casa.

8) Vidro

Em especial os vidros antigos, como aqueles amarelos e esverdeados que vemos na casa dos avós, podem conter quantidades detectáveis de urânio. Neste caso, os vidros com essa composição recebem o nome de vidro canário ou vaselina.

Curiosamente, até mesmo o vidro comum, utilizado amplamente hoje em via, apresenta alguns níveis de radiação. Porém, como citado anteriormente, não é o suficiente para causar contaminação aos seres humanos.

9) Fertilizante

Um dos principais instrumentos do agronegócio, tão popular no Brasil, é o fertilizante. Contudo, são produtos comercializados com alta concentração de potássio, fósforo e nitrogênio.

Como consequência, possuem níveis perceptíveis e mensuráveis de radioatividade. Em pequena escala, podem ajudar na conservação e crescimento dos alimentos. Contudo, a alta concentração e o consumo indireto causam contaminações gradativas, mas igualmente perigosas ao ser humano.

Leia também


você pode gostar também

Manutenção barata: 5 carros que gastam pouco na hora da revisão

Pretende comprar um veículo, mas não quer gastar muita grana na hora das revisões preventivas na concessionária? Conheça cinco carros com manutenção barata e acerte em cheio na escolha.

Novas profissões: confira 7 empregos que não existiam há duas décadas

A era digital abriu portas a profissões associadas a novas formas de viver e relacionar-se no mundo; confira algumas delas que não existiam há alguns anos atrás.

Ano de 2023 terá quantos feriados nacionais? E quais deles vão ser prolongados?

O ano de 2023 terá muitos feriados prolongados e apenas um caindo no meio da semana. Confira o calendário de feriados e programe suas folgas.

Estes são os 30 nomes mais bonitos do mundo, segundo a ciência

Um estudo realizado pela Universidade de Birmingham descobriu que existem nomes cujo som é harmonioso ao ouvido humano e assim listou os nomes mais bonitos que existem.

Confira as 5 causas mais comuns para as crises no relacionamento

As causas mais comuns para as crises no relacionamento podem ser responsáveis pelo fim de muitos, mas existem formas de contorná-las.

7 profissões que não precisam de faculdade e você ainda não conhecia

Se você almeja uma carreira de sucesso, mas não tem diploma universitário, conheças as profissões que não precisam de faculdade e que podem ser rentáveis.