9 coisas que causam incêndio doméstico e você não fazia ideia

Um incêndio doméstico pode começar por vários motivos, e conhecê-los e aprender a evitá-los é essencial.

O risco de incêndio doméstico é um medo que assola boa parte dos brasileiros. Com o isolamento da pandemia e a necessidade de permanecer em casa, torná-la um ambiente seguro virou uma pauta essencial. Apesar disso, uma residência pode ser afetada por fogo descontrolado de diversas formas inusitadas.

Como este tipo de problema pode começar por inúmeros motivos, saber sua origem é um ponto crucial. Para evitar fins desastrosos, conhecer algumas situações que causam incêndio doméstico pode ser importante. Confira:

Veja quais são as principais causas de incêndio em casa

1. Botijão de gás dentro de casa

Apesar de ser uma ocorrência comum, um botijão de gás dentro de casa pode ser um problema sério. Afinal, muitas famílias não dão a devida importância aos riscos de vazamento e explosão.

Uma das principais orientações para impedir acidentes fatais e o fogo é instalar o botijão fora de casa, em local arejado, com a ajuda de um profissional e com materiais aprovados pelo Inmetro.

2. Falta de manutenção de ventiladores ou ares-condicionados

Estes certamente são dois dos aparelhos mais utilizados pelo brasileiro, principalmente no verão. Por outro lado, o ventilador por si só envolve uma grande corrente de energia elétrica.

Verificar as condições de instalações de um ares-condicionado ou de um ventilador é crucial, de preferência por meio de um profissional com os equipamentos corretos.

3. Sobrecarga nas tomadas

Com a popularização do home office no país, precisar conectar mais de um aparelho na tomada por meio dos famosos “benjamins” ou “tês” torna-se necessário para manter o ritmo de trabalho. Este tipo de ferramenta, porém, deve ser evitada o máximo possível.

O uso do “tê” só é recomendado para equipamentos de baixa potência, como ventiladores, TVs e abajures. Jamais utilize-o em geladeiras, ares-condicionados, ferros de passar roupa ou micro-ondas, por exemplo, evitando a sobrecarga e um possível perigo de incêndio.

4. Equipamentos de cozinha

Muitos incêndios domésticos são iniciados na cozinha. Afinal, este é o ambiente da casa onde mais se usa o fogo com equipamentos elétricos, uma junção que pode ser perigosa.

É comum que sejam causados por óleo de cozinha ou gorduras que superaquecem em um forno ou fogão, por exemplo. Logo, é preciso estar atento às panelas e frigideiras no fogão.

Muitas vezes, um incêndio começa quando alimentos são deixados cozinhando sem supervisão, ou por meio da desatenção com aparelhos portáteis, como sanduicheiras, torradeiras e outros eletrodomésticos. Jamais esqueça-os ligados por aí.

5. Secadora de roupas

Apesar de parecer improvável, uma secadora de roupas pode possuir grande risco de incêndio doméstico.

O problema ocorre quando fiapos e poeira se acumulam no eletrodoméstico, fazendo com que a ventilação fique obstruída com materiais inflamáveis. Quando expostos a altas temperaturas, eles queimam rapidamente.

Uma boa forma de evitar futuros acidentes é limpar a secadora todas as vezes antes de usá-la, e inspecionar a área de ventilação do aparelho.

6. Uso de velas

Estes objetos podem ser perfeitos para uma noite romântica, um momento de paz ou mesmo quando falta energia, mas assim que uma vela acesa é esquecida dentro de casa por alguém, sérios problemas podem ocorrer.

As dicas de segurança neste caso são simples. É essencial apagar a vela sempre que for sair de casa ou não for mais utilizá-la, bem como jamais colocá-la perto de itens combustíveis, ou onde possa cair facilmente.

7. Árvores de Natal

9 coisas que causam incêndio doméstico e você não fazia ideia
Foto: Reprodução / Pixabay.

A chegada do Natal envolve uma tradição antiga: a montagem da árvore de Natal. Apesar das mais brilhantes serem belas, uma lâmpada superaquecida ou uma faísca de um pisca-pisca podem rapidamente incendiar a decoração, e este tipo de incêndio se espalha rapidamente.

Deste modo, é necessário evitar deixar as luzes da árvore ligadas quando ninguém estiver em casa ou dormindo, independente dela ser natural ou artificial.

8. Cigarro

A lista de incêndios causados por cigarros acesos sobre móveis, tecidos e camas é interminável. Igualmente, as bitucas são uma das principais causadoras de queimadas em beiras de rodovias.

Um dos melhores conselhos para evitar este tipo de acidente, porém, é também um cuidado com a saúde: parar de fumar.

Caso prefira remediar, outra boa dica é guardar as bitucas para serem descartadas em local adequado, se possível, onde haja coleta seletiva.

9. Superaquecimento de celulares

Sim, aparelhos celulares também são agentes causadores de incêndios. Este tipo de problema é normalmente ocasionado pelo uso de carregadores incompatíveis ou piratas.

É preciso tomar cuidado: caso um aparelho esteja superaquecendo e a carga de bateria esteja oscilando, é essencial levá-lo a um técnico.

Leia também

você pode gostar também

Por que os palitos de pirulito têm um pequeno furinho na ponta?

Sempre fez questão de aprimorar os seus conhecimentos e tem a curiosidade aguçada, concurseiro? Então, descubra para que serve o furinho na ponta dos palitos de pirulito.

Entenda de onde surgiu o “sentido horário” dos relógios

Você já se perguntou por que o relógio gira em sentido horário? Este é um padrão que vem de relógios de sol antigos. Leia e entenda a seguir.

Afinal, qual é a verdadeira diferença entre poema e poesia? Entenda aqui

Apesar de parecerem idênticos, o poema e a poesia possuem algumas diferenças vitais, e que são de conhecimento essencial no mundo literário.

Grampeador tem função “secreta” que muitas pessoas ainda não conhecem

Embora todos nós usemos um grampeador de vez em quando, você provavelmente não conhece este tipo de uso secreto para ele.

15 nomes antigos que voltaram a ser populares no Brasil

Alguns dos nomes retrôs são muito populares hoje em dia no Brasil, sejam femininos ou masculinos. Confira alguns deles abaixo.

Como começar a empreender? Veja 7 dicas para ter um negócio de sucesso

Está querendo começar a empreender em 2023 e pretende alcançar o êxito profissional? Fique por dentro de sete dicas para ter um negócio de sucesso.