7 profissões mais bem pagas para quem não gosta de Matemática

Apesar de não ter contato com a matemática, essas profissões exigem habilidades em outras áreas, como leitura e interpretação de texto, comunicação, oratória e organização.

Os profissionais que fogem das Ciências Exatas desde o final do Ensino Médio podem encontrar desafios no mercado de trabalho em algumas profissões, mas felizmente existem cargos que não demandam contato com os números, e muito menos com a Matemática. Surpreendentemente, possuem boas remunerações e benefícios, provando que existem formas de ter sucesso no mercado de trabalho sem chegar perto das operações matemáticas.

Leia também

Sobretudo, são cargos que trabalham principalmente no contato com as pessoas, comum na área de Ciências Humanas e Ciências Biológicas. Além disso, demandam outras habilidades, como leitura, interpretação de texto, oratória e comunicação. Confira as profissões mais bem pagas para quem não gosta de Matemática a seguir:

7 profissões bem pagas que não envolvem Matemática

1) Direito

No geral, essa profissão demanda um grande nível de leitura e análise textual, pois trabalha com textos em uma linguagem jurídica mais robusta. Apesar disso, uma boa nota em Matemática é fundamental na maior parte dos exames e provas, mas ao longo do curso essa disciplina é pouco cobrada.

Segundo o portal Salário, a média de pagamento para um advogado brasileiro fica em torno dos R$ 4 mil ao mês, mas é possível obter quase o triplo desse valor. Sobretudo, o pagamento depende da área de atuação, e também se o advogado está inserido em grandes firmas, por exemplo.

2) Psicologia

Entre as profissões que demandam habilidades humanas e sociais, a Psicologia se destaca por trabalhar diretamente com a mente dos seres humanos. Além disso, possui uma grande base teórica que exige leitura e interpretação de texto, mas costuma ter um mercado de trabalho amplo, principalmente pelas diferentes especialidades.

Atualmente, a média salarial de um psicólogo é de R$ 3 mil, mas é possível obter valores maiores na medida em que o profissional se especializa.

3) Gastronomia

No máximo, a Gastronomia exige Matemática dos profissionais quando o assunto é medir as quantidades de uma receita, mas tirando isso, a atividade não tem tanto contato com os números. Ademais, oferece contato com diferentes técnicas e culturas alimentares do mundo inteiro.

No que se refere ao mercado de trabalho, um chef de cozinha pode receber até R$ 5,7 mil como salário inicial, mas ir crescendo dentro da profissão. Além disso, chefs particulares costumam receber melhor, com remunerações de até R$ 8 mil.

4) Odontologia

O curso de Odontologia forma profissionais dedicados à saúde bucal e aos cuidados com os ossos faciais, de modo que haja imersão em conteúdos da área de biológicas e atividades práticas em laboratórios ao longo do curso.

Com diversas áreas de aprofundamento e especialização, os profissionais odontológicos podem receber até R$ 5,2 mil por mês no primeiro ano de atuação.

5) Enfermagem

Também relacionado à saúde, essa área não tem disciplinas específicas de Matemática ao longo da graduação, pois o enfoque é nos tratamentos de saúde e cuidados paliativos com pacientes. Desse modo, habilidades relativas à higiene, manuseio de medicamentos e reabilitação são apreendidas durante a formação.

Dentro das diferentes áreas da Enfermagem, existem especialidades cujos pagamentos chegam a R$ 9,2 mil, como é o caso do Enfermeiro Neonatologista.

6) Serviço Social

Responsável por formar assistentes sociais, esse curso tem contato direto com dinâmicas sociais para atuação em ambientes públicos e privados. Neste sentido, trabalha diretamente com a promoção de igualdade, cidadania e direitos plenos aos indivíduos.

Os profissionais que trabalham em grandes ONGs e instituições podem receber até R$ 4,6 mil por mês, ainda em cargos iniciais. Porém, as funções no setor público tendem a ter remunerações melhores, com entrada garantida através de concursos públicos.

7) Educação Física

No geral, o curso de Educação Física forma desde professores do Ensino Fundamental até preparadores físicos para atletas de alto rendimento, tudo isso sem passar no campo dos números e dos cálculos matemáticos.

Desse modo, a faixa salarial para essa profissão pode variar entre R$ 3,2 mil e até R$ 12 mil, no caso de grandes equipes e times internacionais.

Leia também


você pode gostar também

Estes 23 carros já saíram de linha em 2022 e você ainda não fazia ideia

Está pensando em comprar um automóvel? Conheça os 23 carros que já saíram de linha em 2022 que provavelmente você não sabia.

Concurso INSS terá curso de formação em nova etapa

A nova etapa do concurso INSS é caracterizada por um curso de formação, com treinamento específico dos candidatos e avaliação do desempenho ao longo do processo.

35 nomes estranhos que já foram registrados no Brasil

Se você curte tudo aquilo que é fora do comum, conheça alguns nomes estranhos que já foram registrados no Brasil.

5 empregos bizarros que ninguém conhecia, mas pagam muito bem

Se você está pensando em uma transição de carreira, conheça cinco empregos bizarros que pagam muito bem e que têm uma alta demanda no mercado.

Você é super inteligente? Veja 4 características que definem a condição

A super inteligência é multidimensional, e pode ser despertada em diversas áreas do conhecimento humano.

Estas 19 cidades já mudaram de nome no Brasil e você não sabia

Várias cidades brasileiras mudaram de nome ao longo dos séculos e décadas, sendo a alteração mais recente datada de 2021.