15 cargos que geralmente não exigem experiência prévia

Experiência prévia não é regra para todos os cargos. Isso porque os critérios de seleção dependem da empresa e não da função em si.

O ingresso no mercado de trabalho deixa muita gente ansiosa e apreensiva, principalmente quem nunca trabalhou. De fato, algumas funções requerem formação específica, conhecimento na área, vivências anteriores e técnicas. No entanto, existem cargos que normalmente não pedem experiência prévia.

Leia também

Empregos assim podem ser uma boa oportunidade para quem está começando a trilhar sua carreira. Geralmente, essas ofertas são para pessoas que tenham cursado até os níveis fundamental e/ou médio. Muitas estão relacionadas a trabalhos braçais, enquanto outras têm como base o relacionamento com as pessoas.

Quais são os cargos que não requerem experiência

A área que mais conta com cargos que não necessitam de experiência é a de Vendas. Em geral, para trabalhar nesse setor, você precisa saber se comunicar e ter uma boa relação com os clientes. O mesmo serve para funções de escritório. Veja algumas opções de emprego que seguem essa linha:

  1. Assistente Administrativo;
  2. Auxiliar de Serviços Gerais;
  3. Auxiliar de produção;
  4. Atendente de loja;
  5. Atendente de caixa;
  6. Vendedor;
  7. Empacotador;
  8. Motorista de entrega;
  9. Operador Logístico/Estoque;
  10. Corretor de Imóveis;
  11. Recepcionista;
  12. Operador de telemarketing;
  13. Analista de crédito
  14. Segurança;
  15. Servente de obra.

Apesar de ser muito comum esses cargos não pedirem experiência, essa não é uma regra. Isso porque os critérios de seleção variam de empresa para empresa.

Como se destacar na hora de se aplicar para uma vaga

Para quem está começando agora, o mercado de trabalho pode parecer assustador por conta da competitividade. Mas saiba que, se você não tem muitas ou nenhuma experiência no currículo, existem outras formas de se destacar. Muitas empresas prezam por conhecimentos e habilidades.

A partir disso, você pode investir em algumas alternativas para enriquecer seu portfólio como cursos de qualificação profissional. Algumas instituições, como o Senai e Senat, oferecem cursos online e gratuitos para várias áreas. Os certificados podem ser um diferencial no seu currículo.

Ter algum nível de fluência em outras línguas, como inglês e espanhol, também pode ajudar nos processos seletivos. Você ainda pode dar foco para habilidades especiais como organização, comprometimento, pontualidade, vontade de aprender, flexibilidade e criatividade.

Leia também


você pode gostar também

Concurso INSS terá curso de formação em nova etapa

A nova etapa do concurso INSS é caracterizada por um curso de formação, com treinamento específico dos candidatos e avaliação do desempenho ao longo do processo.

35 nomes estranhos que já foram registrados no Brasil

Se você curte tudo aquilo que é fora do comum, conheça alguns nomes estranhos que já foram registrados no Brasil.

5 empregos bizarros que ninguém conhecia, mas pagam muito bem

Se você está pensando em uma transição de carreira, conheça cinco empregos bizarros que pagam muito bem e que têm uma alta demanda no mercado.

Você é super inteligente? Veja 4 características que definem a condição

A super inteligência é multidimensional, e pode ser despertada em diversas áreas do conhecimento humano.

Estas 19 cidades já mudaram de nome no Brasil e você não sabia

Várias cidades brasileiras mudaram de nome ao longo dos séculos e décadas, sendo a alteração mais recente datada de 2021.

7 profissões mais bem pagas para quem é organizado e ama rotinas

Se você faz questão de ter uma rotina diária e deixa a organização fazer parte da sua vida, conheça sete profissões para quem é organizado.