Você sabia que todo MEI tem direito a 11 benefícios? Veja lista completa

O registro MEI formaliza a atividade do trabalhador autônomo, fazendo com que esse cumpra deveres trabalhistas e receba uma série de benefícios.

O microempreendedor individual (MEI) é um trabalhador autônomo com registro formal e direito a vários benefícios. De acordo com o Mapa de Empresas, divulgado pelo Ministério da Economia, o Brasil somou 11,2 milhões de MEIs em 2020. Esse número equivale a 56,7% das empresas abertas no país atualmente.

O percentual calculado demonstra uma tendência no mercado de trabalho brasileiro que foi impulsionada pela pandemia. Como muitas pessoas perderam o emprego e/ou a renda durante a crise de saúde, encontraram no empreendedorismo uma forma de sobreviver.

No entanto, a atividade autônoma informal faz com que o trabalhador não tenha acesso a uma série de garantias, como a aposentadoria, por exemplo. Ao se registrar como MEI, essa pessoa passa a ter que cumprir com uma série de deveres trabalhistas e recebe o direito a 11 benefícios.

Como funciona o registro MEI?

Para o trabalhador autônomo se formalizar, o primeiro passo é verificar se sua atividade está contemplada entre as categorias oficiais. Depois disso, é só acessar o portal do governo, clicar em “Formalize-se”, fazer o login e preencher o formulário com seus dados pessoais e profissionais.

Vale ressaltar que é preciso cumprir alguns requisitos para poder se tornar MEI. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), é necessário:

  • Ter faturamento de até R$ 81 mil por ano ou de R$ 6.750 mensais;
  • Não ser titular ou sócio de outra empresa já existente;
  • Contratar, no máximo, um funcionário pagando um salário mínimo ou o piso da categoria.

Quais obrigações o MEI tem?

Ao fazer o registro de microempreendedor individual, o trabalhador deve arcar com um valor mensal do Simples Nacional. Todo MEI precisa pagar R$ 60,60 pelo Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) mais o adicional pela categoria. Esse deve ser de R$ 1 para comércio ou indústria (ICMS) ou de R$ 5 para serviços (ISS).

O recolhimento é feito como contribuição ao INSS para garantir os direitos e benefícios do empreendedor. Sendo assim, são obrigações do MEI:

  • Preencher o relatório de despesas brutas todo mês;
  • Pagar o DAS via débito automático, on-line ou por meio de emissão de boleto;
  • Enviar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN);
  • Emitir de notas fiscais quando necessário, em vendas e prestação de serviços.

Quais os direitos do MEI?

O trabalhador que preencher todos os requisitos, conseguir fazer o seu registro e cumprir com suas obrigações passa a ter direito a uma série de garantias. Todo MEI tem acesso a 11 benefícios trabalhistas:

  • Aposentadoria por idade ou invalidez. O microempreendedor só pode aposentar por tempo de contribuição se complementar 15% do valor mensalmente ou no momento de solicitar a aposentadoria;
  • Auxílio-doença, tendo direito a afastamento remunerado por problemas de saúde;
  • Salário-maternidade;
  • Cobertura da Previdência Social estendida ao dependentes;
  • Auxílio-reclusão;
  • Pensão por morte para dependentes;
  • Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) de forma gratuita. Isso permite que o trabalhador abra conta em banco e tenha acesso a crédito específico, com juros mais menores e condições especiais;
  • Modelo simplificado de tributação, ficando isento do pagamento de tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL) por estar enquadrado no Simples Nacional;
  • Possibilidade de negociação com órgãos públicos;
  • Emissão de nota fiscal;
  • Apoio técnico e suporte do Sebrae, que presta serviços de orientação específicos.

Leia também


você pode gostar também

7 alimentos que “roubam” a memória; o sexto você nem vai acreditar

Pesquisas recentes mostram que alguns alimentos pobres em nutrientes podem gerar deficiência nutricional no organismo e afetar as funções cerebrais a longo prazo.

7 filmes da Netflix que vão te deixar mais feliz e otimista em 2022

Selecionamos sete filmes da Netflix que podem te dar mais otimismo.

Área jurídica: confira 5 carreiras que têm ganhos acima de R$ 15 MIL

Tem afinidade com a promissora área jurídica? Então, conheça cinco rentáveis carreiras que pagam salários acima de R$ 15 mil por mês.

5 truques infalíveis para montar um plano de estudos realmente eficaz

Acabou de fazer a inscrição em um concurso público? Conheça cinco truques infalíveis para montar um plano de estudos eficaz.

5 dicas úteis para fazer um bom fichamento durante os estudos

Procura uma técnica de aprendizagem que seja eficiente? Fique por dentro de cinco dicas úteis sobre como fazer um bom fichamento durante os estudos.

Moeda de R$ 1, conhecida como Perna de Pau, vale até R$ 8 MIL

A proposta de R$ 8 mil por uma unidade desse modelo surpreendeu os colecionadores e usuários da internet.