Tem que ter coragem: confira as 7 profissões mais perigosas do mundo

Apesar das múltiplas melhorias tecnológicas, ou dos discursos que garantem a integridade dos trabalhadores, ainda existem profissões que fazem parte da lista dos trabalhos de maior risco.

Se a sua ideia de trabalhar é ter uma jornada curta e ganhar muito bem, provavelmente você vai querer considerar alguns dos empregos mais bem pagos do mundo. Só tem um detalhe, essa lista também é um dos trabalhos mais perigosos do planeta.

Claro que, aumentando o risco no cargo, o salário sobe cada vez mais porque quanto maior o risco, menos candidatos estão preparados e dispostos a aceitá-los. No entanto, é importante observar que esses empregos perigosos e com altos salários estão associados principalmente a condições de trabalho inseguras. Veja alguns deles a seguir.

7 profissões mais arriscadas do mundo

1. Desarmador de minas

Sem dúvida, para realizar seu trabalho, eles correm o risco de perder a vida. Nele, as coisas só podem acontecer de duas maneiras: você desarma a bomba ou morre tentando. Atualmente, medidas de segurança foram tomadas para reduzir o risco, como trajes e dispositivos especiais.

No entanto, durante a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial, não houve grandes medidas de segurança e as bombas tiveram que ser desativadas de qualquer maneira, então houve um grande número de baixas devido a isso.

2. Limpador de vidros de arranha-céu

Quem tem medo de altura não pode fazer esse tipo de trabalho. Essas pessoas são instruídas para que possam ficar praticamente suspensas no ar, limpando as grandes janelas dos arranha-céus. Sem dúvida, é um dos trabalhos mais perigosos do planeta.

3. Pescador em alto mar

A pesca em alto mar é considerada um trabalho perigoso devido a vários fatores que colocam os pescadores em risco todos os dias. Além disso, esses marujos precisam lidar com o mau tempo sempre que vão para o mar.

Os trabalhadores das embarcações pesqueiras costumam estar no convés para auxiliar na pesca, em condições muito precárias. Tempestades, ou mesmo ondas enormes representam um grande risco para essas pessoas enquanto estão fazendo seu trabalho.

Assim, desde acidentes com máquinas, intempéries, enredamento nas redes ou queda ao mar, esta profissão, que deveria ser exclusivamente para os corajosos, ceifa anualmente a vida de quase 116 trabalhadores.

Dentre eles, os pescadores de caranguejo são os que mais se arriscam, pois eles têm que trabalhar em águas frias, longe da terra e em situações climáticas difíceis. Eles normalmente trabalham continuamente por cerca de 21 horas por dia.

4. Mineiro

Essas pessoas arriscam suas vidas diariamente. Apesar de ser uma profissão arriscada, muitos deles não têm outra forma de sobreviver. Estima-se que em todo o mundo existam pouco mais de 40 milhões de pessoas dedicadas a esse trabalho.

Desse modo, problemas respiratórios e cardíacos são as doenças mais recorrentes e condições como falta de oxigênio, assim como altas temperaturas, são os gatilhos para doenças que podem causar a morte em uma idade muito precoce. Nas minas de carvão da China, por exemplo, 37 pessoas morrem para cada 100 milhões de toneladas de minério.

5. Lenhador

Este trabalho é um dos mais difíceis, porque você está exposto a ser esmagado por grandes árvores. Nos Estados Unidos, 104 em cada 100.000 madeireiros são mortos durante o trabalho. Além disso, eles devem utilizar ferramentas muito perigosas, que se não forem manuseadas com prudência, podem causar acidentes gravíssimos.

6. Piloto de avião

Um trabalho como piloto é mais arriscado do que perigoso. Os pilotos devem ter muito cuidado ao pilotar um avião. A tarefa mais difícil para os pilotos é decolar e pousar um avião. Além disso, o piloto deve garantir que todos os instrumentos, controles de voo e motores estejam funcionando corretamente antes da decolagem.

Mesmo um pequeno erro pode piorar as coisas. Deixando de lado os riscos envolvidos nesse trabalho de companhia aérea, os pilotos ganham um salário mediano alto, dependendo da empresa e do tipo de aeronave que operam.

7. Policial

De acordo com um levantamento sobre mortalidade policial no Brasil feito pelo Instituto Monte Castelo, 136 policiais foram mortos no Brasil, em 2021. Isso representa uma queda em relação a 2020, quando 176 agentes de segurança foram assassinados no combate ao crime organizado no nosso país.

Contudo, essa continua sendo uma profissão perigosa, pois o perfil de trabalho de um policial inclui caçar e capturar criminosos. Eles também têm que patrulhar as ruas, acabar com a violência e ajudar a manter a paz. Ainda, um policial terá sempre que usar a força, se necessário, para manter pessoas inocentes fora de perigo.

Leia também

você pode gostar também

Por que os palitos de pirulito têm um pequeno furinho na ponta?

Sempre fez questão de aprimorar os seus conhecimentos e tem a curiosidade aguçada, concurseiro? Então, descubra para que serve o furinho na ponta dos palitos de pirulito.

Entenda de onde surgiu o “sentido horário” dos relógios

Você já se perguntou por que o relógio gira em sentido horário? Este é um padrão que vem de relógios de sol antigos. Leia e entenda a seguir.

Afinal, qual é a verdadeira diferença entre poema e poesia? Entenda aqui

Apesar de parecerem idênticos, o poema e a poesia possuem algumas diferenças vitais, e que são de conhecimento essencial no mundo literário.

Grampeador tem função “secreta” que muitas pessoas ainda não conhecem

Embora todos nós usemos um grampeador de vez em quando, você provavelmente não conhece este tipo de uso secreto para ele.

15 nomes antigos que voltaram a ser populares no Brasil

Alguns dos nomes retrôs são muito populares hoje em dia no Brasil, sejam femininos ou masculinos. Confira alguns deles abaixo.

Como começar a empreender? Veja 7 dicas para ter um negócio de sucesso

Está querendo começar a empreender em 2023 e pretende alcançar o êxito profissional? Fique por dentro de sete dicas para ter um negócio de sucesso.