Ranking: veja os 15 países com os maiores salários mínimos do mundo

Legislações de cada país ainda são recentes e muitos aprovaram leis há poucos anos. O Brasil é um dos piores países no ranking dos salários mínimos. Veja lista.

Em janeiro deste ano, o Brasil incorporou o novo salário mínimo, que entrou em vigor passando de R$ 1.100,00 para R$ 1.212,00. Entretanto, o reajuste dado pelo governo federal não representa um aumento real e o poder de compra do brasileiro ainda se encontra defasado.

Leia também

Dados levantados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) apontam o Brasil como o país que possui o segundo pior salário mínimo na América do Sul (US$ 2,2 por hora) e o penúltimo na lista global, ficando na frente apenas do México (US$ 1,4 por hora).

As legislações que versam sobre o salário mínimo em sua maioria são recentes, sendo lançadas apenas durante o século XX. O primeiro país a implementar a legislação sobre o salário mínimo foi a Nova Zelândia, em 1894. Nos Estados Unidos, por exemplo, a lei foi aprovada apenas em 1938.

Nesse sentido, o valor justo para o salário mínimo no Brasil para um chefe de família que tenha quatro integrantes em sua composição, gira em torno de R$ 6.458,86, segundo apontou o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Assim, elaboramos uma lista com um ranking de 15 países com os maiores salários mínimos do mundo.

Países com os maiores salários mínimos do mundo

1 – Luxemburgo

Esse pequeno país europeu, localizado entre Bélgica, França e Alemanha está no segundo lugar do ranking com os maiores salários do mundo. Por lá, a hora trabalhada vale US$ 13,4 e equivale a seis vezes mais que o salário mínimo brasileiro. Ou seja, R$ 72,20 no cotação atual do real.

Todavia, o salário mínimo no país vale para trabalhadores com 18 anos ou mais e que tenham certificação profissional. Sem certificação, o trabalhador é considerado sem habilidades e seu salário pode ser 20% mais baixo.

2 – Austrália

O segundo país no ranking, tem salário mínimo fixado em US$ 12,8 por hora ou o equivalente a R$ 68,99 em moeda brasileira. A taxa de pagamento pode sofrer variações, de acordo com a experiência e a idade do candidato. Nesse sentido, quanto mais novo e menos experiente, menor o salário a ser pago.

3 – França

Na França, o salário mínimo por hora é de US$ 12,2 (R$ 65,75). Os valores são válidos para trabalhadores em tempo integral e para os em meio período. Entretanto, o salário mínimo diminui consideravelmente para jovens aprendizes e trainees.

4 – Alemanha

Na Alemanha, o salário mínimo por hora está fixado em US$ 11,9 ou algo em torno de R$ 64,14 em uma jornada semanal de 40 horas.

5 – Nova Zelândia

O quinto colocado do ranking paga US$ 13,18 (R$ 71,04) a hora para os seus trabalhadores com 18 anos ou mais. Por isso a Nova Zelândia é um país bastante procurado por imigrantes, que o escolhem devido ao baixo custo de vida o bom salário mínimo.

6 – Holanda

Na Holanda, a hora de serviço está fixada em US$ 11,5 (R$ 61,98). Por lá, entretanto, o salário mínimo se baseia não na hora, mas no salário mensal, semanal e até mesmo diário.

7 – Bélgica

Na Bélgica, o salário mínimo por hora é de US$ 11,3 (R$ 60,90). O país europeu tem taxa de desemprego em 5,36% e por lá o salário mínimo é baseado no mês inteiro, a exemplo da Holanda.

8 – Reino Unido

No Reino Unido, a hora trabalhada vale US$ 10,7 ou R$ 57,67. Entretanto, por lá o salário mínimo é baseado na idade e para receber esse valor, o cidadão deve ter 23 anos ou mais.

9 – Espanha

O nono país no ranking paga cerca de US$ 10,6 ou R$ 57,13. O sueldo mínimo, como é chamado por lá, também sofreu com os impactos da pandemia e teve aumento recentemente.

10 – Canadá

Fechando o top 10 dos países com os maiores salários mínimos do mundo está o Canadá, que paga o equivalente a US$ 10,1 ou R$ 54,43.

11 – Irlanda

Apesar da economia pequena dentro do continente europeu, a Irlanda é responsável por pagar US$ 9,2 (R$ 49,58) pela hora trabalhada. Vale lembrar também que os valores pagos sofrem variação de acordo com a idade e experiência do trabalhador.

12 – Eslovênia

A partir de 2022, o país mudou o preço do salário mínimo por hora, que atualmente está fixado em US$ 8,8 ou R$ 47,43.

13 – Coreia do Sul

No país asiático, o salário mínimo por hora é o equivalente a US$ 8,2 ou R$ 44,19. O mercado de trabalho por lá tem oportunidades para diversas áreas, como educação, saúde e advocacia.

14 – Polônia

Na Polônia, o salário mínimo por hora vale o equivalente a US$ 7,6 ou R$ 40,96. O último reajuste aconteceu neste ano, após uma proposta sugerida pelo Conselho de Ministros do país.

15 – Lituânia

O último país do ranking dos maiores salários mínimos do mundo paga cerca de US$ 7,3 ou o equivalente a cerca de R$ 39,35 por hora trabalhada.

Leia também

você pode gostar também

IPVA 2023: veja 29 carros que terão isenção do imposto

Milhões de condutores brasileiros poderão ser beneficiados com a isenção de IPVA para veículos. Confira quais são os modelos.

Para que serve o furo que fica ao lado da câmera do iPhone?

Há um pequeno buraco entre a câmera e o flash na parte traseira de alguns iPhones. Em outros modelos, pode estar em lugar diferente. Veja para que serve esse furo.

Confira 7 profissões perfeitas para quem gosta de ler e escrever

Tem uma enorme afinidade com a área de Humanas e sempre sonhou em trabalhar nela? Então, conheça sete profissões para quem gosta de ler e escrever.

Descubra para que realmente serve o furo que fica no cadeado

O furo no cadeado é um mistério para muita gente que desconhece as duas utilidades desse mecanismo e como ele auxilia o funcionamento do cadeado.

7 grandes filmes da Netflix que vão te deixar mais esperançoso

Está precisando de um pouco mais de inspiração nos estudos, concurseiro? Conheça sete grandes filmes da Netflix que podem te deixar mais otimista em relação ao futuro.

Vacina BCG: descubra para que serve e por que ela deixa marca no braço

A vacina BCG é uma das vacinas mais importantes do esquema vacinal. Entenda para que ela serve e por que deixa uma marca no braço.