Médico neurologista

Prepare-se com questões de Médico neurologista

01

(FCC - 2016 - Prefeitura de Campinas/SP - Médico neurologista) - Paciente de 32 anos é admitido no pronto-socorro devido a crise convulsiva, no momento está assintomático. A crise foi descrita como postura tônica em membro superior direito com generalização secundária. Refere diagnóstico de epilepsia desde 2009, sem crises há 4 anos, em uso de Fenobarbital. Foi realizada ressonância magnética de encéfalo que evidenciou: múltiplas formações císticas intraparenquimatosas com imagem nodular (escólex) em seu interior; algumas lesões apresentam realce linear periférico pelo contraste; apresenta lesão em giro subcentral esquerdo com realce periférico espesso e intenso edema no parênquima encefálico adjacente; observam-se ainda diminutos focos de intenso baixo sinal na sequência SWAN. Conduta mais apropriada neste caso:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
  5. e
Código da questão
Q12558Ca
02

(FAUEL - 2015 - Prefeitura de Mandaguari/PR - Médico neurologista) - Em relação à Miastenia Grave, considere:

I - É considerada uma doença auto-imune, caracterizada pela fraqueza e fadiga excessivas, principalmente da musculatura voluntária e dos músculos inervados pela função dos nervos cranianos.

II - Ocorre falha na transmissão dos impulsos nervosos para as células musculares devido ao aumento no número de receptores da acetilcolina.

III - Uma hipótese diagnóstica pode ser feita baseada na história e exame físico do paciente devido evidências, por vezes, apresentadas nos sinais e sintomas.

Está CORRETO o que se afirma em:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q32619Ca
03

(FAUEL - 2015 - Prefeitura de Mandaguari/PR - Médico neurologista) - Em se tratando de “toneladas”, é o produto agrícola mais colhido em Mandaguari:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q32610Ca
04

(IBC - 2015 - Prefeitura de  Carapicuíba/SP - Médico neurologista) - Na doença de Alzheimer, uma das alterações mais significativas é a perda de neurônios do tipo:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q32638Ca
05

(SMS/RJ - 2013 - Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Médico Neurologista) - A medida terapêutica mais imediata a ser tomada, frente a um paciente com delirium na unidade de terapia intensiva é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21483Ca
06

(SMS/RJ - 2013 - Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Médico Neurologista) - Considere o seguinte caso clínico para responder:

Um homem de 56 anos de idade, portador de hipertensão arterial, hiperlipidemia e fibrilação atrial crônica, apresenta quadro súbito de hemiplegia faciobraquiocrural esquerda, associada a disartria, disfagia e rebaixamento da consciência. O paciente é levado à emergência de um grande hospital após 120 minutos da instalação do quadro e a tomografia computadorizada do crânio, realizada imediatamente, mostra área hipodensa acometendo 2/3 do território da artéria cerebral média direita.

Considerando que o paciente evoluiu bem e recebeu alta hospitalar, a melhor conduta para prevenção secundária é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21462Ca
07

(SMS/RJ - 2013 - Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Médico Neurologista) - É alteração fisiológica do envelhecimento cerebral normal:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21482Ca
08

(FAUEL - 2015 - Prefeitura de Mandaguari/PR - Médico neurologista) - São diretrizes da Política Nacional de Humanização na Atenção Básica, EXCETO:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q32626Ca
09

(SMS/RJ - 2013 - Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Médico Neurologista) - O padrão eletroencefalográfico caracterizado por complexos periódicos a cada 4 a 15 segundos, de ondas delta de alta voltagem com 0,5 a 2 segundos de duração, é típico da seguinte doença:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21484Ca
10

(SMS/RJ - 2013 - Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Médico Neurologista) - Um paciente de 40 anos de idade, portador de SIDA, iniciou tratamento com coquetel antirretroviral há seis meses. Houve normalização dos níveis de linfócitos CD4 e negativação da carga viral do HIV. Evoluiu nas últimas duas semanas com paraparesia flácida inicialmente, tornando-se espástica e com sinal de Babinski bilateral. A ressonância magnética da coluna dorsal mostrou imagem hiperintensa em T2 na medula, estendendo-se de D6 a D8. Em T1, a imagem era hipointensa e captava contraste. O diagnóstico mais provável é:

  1. a
  2. b
  3. c
  4. d
Código da questão
Q21474Ca