Bombeiro

Prepare-se com questões de Bombeiro

01

(CAIPIMES - 2010 - SPTURIS/SP - Bombeiro) - Analise as frases abaixo quanto à concordância.

( ) Sobrou daquela caixa, vinte lâmpadas.
( ) O auxiliar de serviços e o pedreiro chegaram juntos.
( ) Mais de cinco frascos de detergentes foi usado.

Colocando (C) certo ou (E) errado nos parênteses, temos na ordem:

Código da questão
Q36127Ca
02

(CAIPIMES - 2010 - SPTURIS/SP - Bombeiro) - Leia com atenção as frases abaixo para pontuá-las corretamente, preenchendo os parênteses.

1 - Você já lavou as paredes ( )
2 - Que jardim bonito ( )
3 - Estava limpando a sala, escorreguei e ( )

A pontuação correta das frases 1, 2 e 3 é, respectivamente:

Código da questão
Q36126Ca
03

(IBFC - 2017 - CBM-BA - Soldado do Corpo de Bombeiro) - Considere as disposições da Declaração Universal dos Direitos Humanos/1948 sobre dignidade e assinale a alternativa correta.

Código da questão
Q54898Ca
04

(IBFC - 2018 - CBM-SE - Soldado do Corpo de Bombeiro) - 

Texto I

 

Após a guerra

(Lima Barreto)

 

Decididamente, os homens não tomam juízo e mesmo a Morte, que deve ser a soberana de todos nós, é impotente para nos pôr na cachola um pouco de bom senso elementar.

Há um ano que as hostilidades entre povos de diversos feitios e estágios de civilização foram suspensas, após uma carnificina nunca vista nos anais da história escrita.

As mais cruéis campanhas da antiguidade, com os seus massacres subsequentes, nada são comparadas com essa guerra que se desdobrou por todo o antigo continente.

Cidades, aldeias, monumentos insubstituíveis do passado foram destruídos, sem dó nem piedade, à bala de canhões descomunais e pelo fogo implacável.

Aquela região da Europa que, depois da Itália, é das mais interessantes sob o ponto de vista artístico, além de outros, foi calcada aos pés pelos exércitos alemães, arrasada, queimada. Quero falar da Flandres, tanto a belga como a francesa.

O espetáculo após a guerra é de uma tristeza sem limites. Não é daquela grandiosa tristeza do Oceano que nos leva a grandes pensamentos; é o de uma tristeza que nos arrasta a pensar na imensa maldade da espécie humana.

Não se sente isso só no que se vê ou se tem notícia por aqueles que viram; mas também na fome, na miséria que lavra nas populações dos países vencidos e vencedores.

Coisas mais invisíveis ainda enchem-nos dessa tristeza inqualificável que nos faz maldizer a espécie humana, a sua inteligência, a sua capacidade de aproveitar as forças naturais, de aprender um pouco do mistério das coisas, para fazer tanto mal.

Os nascimentos, se não diminuíram aqui e ali, a mortalidade infantil aumentou e as crianças defeituosas ou sem peso normal surgiram à luz em número maior que nos transatos anos de paz.

A atividade intelectual toda ela se orientou para os malefícios da guerra; e foi um nunca acabar de inventar engenhos mortíferos ou aumentar o poder dos já existentes. Os químicos, os maiores, trataram de combinar nos seus laboratórios corpos de modo a obter gases que fossem portadores da morte e misturas incendiárias que o mesmo fizessem. [...]

Embora não seja de uso corriqueiro, o significado da palavra destacada em “surgiram à luz em número maior que nos transatos anos de paz.”(9°§) deve ser entendido como sinônimo de:

Código da questão
Q54986Ca
05

(IDECAN - Soldado Bombeiro Militar (CBM RN)/2017) - 

Declaração da ilegalidade da pobreza ante a ONU

O aumento escandaloso dos níveis de pobreza no mundo tem suscitado movimentos pela erradicação desta chaga na humanidade.

No dia 9 de maio realizou-se um ato na Universidade Nacional de Rosário promovido pela Cátedra da Água, um departamento da Faculdade de Ciências Sociais, coordenado pelo Prof. Anibal Faccendi, em forma de uma Declaração sobre a ilegalidade da pobreza. Coube-me participar e fazer a fala de motivação. O sentido é conquistar apoios do congresso nacional, da sociedade e de pessoas de todo o continente para levar esta demanda às instâncias da ONU para conferir-lhe a mais alta validação.

Já antes no dia 17 de outubro de 1987 havia sido criado por Joseph Wresinski, o Movimento Internacional ATD (Atuar Todos para a Dignidade) que incluía o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza. Neste ano será celebrado em muitos países que aderiram ao movimento no dia 17 de setembro.

A Declaração de Rosário vem reforçar este movimento pressionando os organismos mundiais da ONU para efetivamente declarar a fome como ilegal. A Declaração não pode quedar-se apenas no seu aspecto declaratório. O sentido dela é poder criar nas várias instituições, nos países, nos municípios, nos bairros, nas ruas das cidades, nas escolas, mobilizações para identificar as pessoas seja na linha da pobreza extrema (viver com menos de dois dólares e sem acesso aos serviços básicos) ou a pobreza simplesmente dos que sobrevivem com um pouco mais de dois dólares e com acesso limitado à infraestrutura, à moradia, à escola e outros serviços mínimos de humanização. E organizar ações solidárias que os tirem desta premência, com a participação deles.

Já em 2002 Kofi Annan, antigo secretário da ONU havia declarado duramente: “Não é possível que a comunidade internacional tolere que praticamente a metade da humanidade tenha que subsistir com dois dólares diários ou menos num mundo com uma riqueza sem precedentes. ”

Efetivamente, os dados são estarrecedores. [...] Neste ano em janeiro de 2017, revelaram que 8 pessoas (a maioria está lá em Davos, na Suíça) possuem riqueza equivalente àquela de 3,6 bilhões de pessoas. Quer dizer, cerca de metade da humanidade vive em situações de penúria seja como pobreza extrema, seja como pobreza simplesmente ao lado da mais aviltante riqueza.

Se lermos afetivamente, como deve ser, tais dados, damo-nos conta do oceano de sofrimento, de doenças, de morte de crianças ou de mortes de milhões de adultos, estritamente em consequência da fome. E aí nos perguntamos: onde foi parar a nossa solidariedade mínima? Não somos cruéis e sem misericórdia para com nossos semelhantes, face àqueles que são humanos como nós, que possuem desejos de um mínimo de alimentação saudável como nós? Removem-se-lhes as vísceras vendo os filhinhos e filhinhas não podendo dormir por fome e eles mesmos tendo que engolir em seco pedaços de comida, recolhidos nos grandes lixões das cidades, ou recebidos da caridade das pessoas e de algumas instituições (geralmente religiosas) que ainda lhes oferecem algo que lhes permite sobreviver.

A pobreza geradora de fome é assassina, uma das formas mais violentas de humilhar as pessoas, machucar-lhes o corpo e ferir-lhes a alma. A fome pode levar ao delírio, ao desespero e à violência. Aqui cabe recordar a doutrina antiga: a extrema necessidade não conhece lei e o roubo em função da sobrevivência não pode ser considerado crime, porque a vida vale mais que qualquer outro bem material.

Atualmente a fome é sistêmica. Thomas Piketty, famoso por seu estudo sobre o Capitalismo no século XXI mostrou como está presente e escondida nos USA: são 50 milhões de pobres. Nos últimos 30 anos, afirma Piketty, a renda dos mais pobres permaneceu inalterada, enquanto o 1% mais rico cresceu 300%. E conclui: “Se nada se fizer para superar esta desigualdade, ela poderá desintegrar toda a sociedade. Aumentará a criminalidade e a insegurança. As pessoas viverão com mais medo do que com esperança”.

No Brasil fizemos a abolição da escravatura, mas quando faremos a abolição da fome?

(Leonardo Boff, 14/05/2014. Disponível em: http: //www.jb.com.br/leonardo-boff/
noticias/2017/05/14/declaracao-da-ilegalidade-da-pobreza-ante-a-onu/. Adaptado.)

O emprego sugerido do pronome está correto de acordo com a norma padrão da língua, desde que feitas as alterações necessárias, em:

Código da questão
Q55163Ca
06

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(FUMARC - 2014 - Prefeitura de Sete Lagoas/ MG - Bombeiro) - Os termos destacados são pronomes, EXCETO em:

Código da questão
Q10354Ca
07

(Instituto Excelência - 2016 - Prefeitura de Matão/SP - Bombeiro) - Os Extintores de Incêndio são aparelhos metálicos, de utilização imediata, que contêm em seu interior um agente extintor para o combate a princípios de incêndio. Defina extintor de água pressurizada:

Código da questão
Q48262Ca
08

(INSTITUTO LUDUS - 2009 - Prefeitura de Cajazeiras do Piauí/PI - Bombeiro) - O sistema de distribuição que alimenta a rede predial de água diretamente da rede pública, é o sistema:

Código da questão
Q25344Ca
09

(CONSULPLAN - 2015 - Prefeiutra de Juatuba/MG - Bombeiro) - Com um desconto de 13% paguei R$ 870,00 por uma mercadoria. Sendo assim, o preço dessa mercadoria, sem desconto, seria de

Código da questão
Q36103Ca
10

(Instituto Excelência - 2016 - Prefeitura de Matão/SP - Bombeiro) - Os dois elementos fundamentais do Suporte Básico de Vida SBV são as compressões torácicas e as ventilações. Assinale a alternativa CORRETA referente a compressões torácicas num adulto:

Código da questão
Q48254Ca